Nosso Editorial: O Vale em Festa!

Publicado em Artigos

2 Marca do JornalO Vale do São Francisco vivenciou as festas juninas, de maneira bem cultural e com características bem peculiares de cada interior. Cidades como Juazeiro, Petrolina, Casa Nova, Uauá, entre outras ofereceram ao seu povo e aos visitantes de várias localidades do país, um São João muito animado, colorido, de vários ritmos e danças, mas sem esquecer as suas tradições. Em Uauá, por exemplo, onde o padroeiro é São João Batista, a festa é realizada principalmente por causa do padroeiro, que puxa toda a programação cultural, seguida de muito forró.

Mas além da tradição religiosa de Uauá, e de um povo festeiro e hospitaleiro, a cidade “respira” São João, e as ruas principais que dão acesso a Concha Acústica, (palco do forró), são ornamentadas dentro do espírito junino que contagia toda a população. E ainda tem cordel; show para as famílias; apresentações artísticas com banda de pífanos, e o I Festival Gastronômico valorizando a culinária regional e os Chefs da cidade formados em gastronomia.

Juazeiro que já teve “grandes festejos”, as famosas “Barraquinhas” e um calendário festivo que foi mudando ao longo das gestões, optou nos últimos anos por um São João mais cultural, valorizando os artistas locais, e mantendo o Concurso de Quadrilhas Juninas, que além de mostrar a criatividade artística dos moradores dos bairros e do interior, também premia e incentiva a produção cultural de grupos artísticos, que mostram nos “arraiás” por onde passam um show de teatralidade, cheio de cores e estilos, rico em cenários e figurinos.

Petrolina, já conhecida por realizar um grande São João, investe pesado em atrações nacionais, de vários gêneros musicais. Artistas de grande público fazem da festa popular uma apoteose de grandes shows, e os ritmos se misturam e vão do “axé” ao forró, do “arrocha” ao sertanejo ou “breganejo”, como muitos se referem. Um São João caro, que segundo os organizadores se supera a cada ano e movimenta a economia local, gerando emprego e renda para a população da cidade.

Casa Nova é outra cidade festeira, e aproveita o período junino para lançar a FESTA DO INTERIOR, realizada em julho. Na mesma oportunidade promove evento para a escolha da Rainha da Festa, que é realizada no período em que se comemora também o aniversário da cidade, dia 20 de junho. Para marcar os 138 anos de emancipação política e 41 anos de cidade nova, o município realizou o 1º Festival de Quadrilhas Juninas e diversas atividades, festiva e cultural, já entrando no clima da 28ª Festa do Interior. O evento é o maior de Casa Nova por reunir todos os seus distritos, suas culturas, tradições e potencial econômico, transformando o pátio de eventos da cidade numa grande feira de produtos da terra e grandes shows, atraindo, além da população local, milhares de visitantes de toda a parte do país.

PARABÉNS CASA NOVA!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar