Savana, pré-candidata a deputada...

Publicado em Casa Nova

SAVANA 1...estadual, foi agraciada com certificado 'Amiga do Proed.

Empresária, candidata a vice-prefeita nas eleições em 2016 e que pode sair para disputar ano que vem as eleições para deputada estadual na Bahia, a empresária Saney Savana, figura pública bastante conhecida em Casa Nova, no norte baiano, conquistou importante reconhecimento nesta quinta-feira, 31. A empresária foi agraciada com o certificado de 'Amiga do Proed' (Programa Educacional de Resistência às Drogas). A iniciativa visa a prevenção às drogas e é desenvolvida pela Polícia Militar em escolas da rede pública municipal. 

Savana tem empre apoiado ações sociais e de cidadania no município e o programa é um deles. Em Casa Nova, o Proerd tem à frente o primeiro Tenente Daniel Filho, instrutor do programa na cidade, e o Major Hilton Ferreira dos Reis, comandante do policiamento local. A solenidade de entrega dos certificados foi realizada na quadra de esportes da cidade e contou com a presença de convidados e das crianças e jovens que estiveram no programa este ano. Savana agradeceu a homenagem e fez muitos elogios ao programa.

"Fico grata pela homenagem. Parabenizo a todos pelo sucesso e importância do Proerd, ao professor Marcos e em nome dele parabenizo a todos que fazem à secretaria de Educação, diretores, professores das escolas envolvidas. Casa Nova está de parabéns. Vamos sempre lutar para manter nossas crianças longe das drogas", disse Savana em sua fala durante a homenagem recebida. Participaram do programa no município, as escolas Alano Viana, Irene Santos, Eulália Passos, Julia Borges e Joias de Cristo.

Ascom

Associativismo leva equipe a trabalhar de domingo a domingo em Casa Nova

Publicado em Casa Nova

thumbnail Parte da equipe em campoTemos muito tempo a recuperar” - diz Carlos do Tigre (Carlos Alves Costa – Secretário de Governo), comentando sobre a disposição da equipe de associativismo ir a campo de domingo a domingo - “O tempo que perdemos, o atraso em tudo que nossas comunidades poderiam ter ganho, a ausência de dialogo e do poder público e a falta de incentivo à colaboração e associação entre os moradores das comunidades. Casa Nova perdeu e cabe a nós recuperar estas perdas. Não temos mais tempo a perder”.

Neste domingo, como tem feito invariavelmente desde janeiro, Carlos do Tigre reuniu a equipe: Josimar Amorim (Coordenador da Sec. Educação); Maria José (Pedagoga – Ação Social); Rivelino Santos (Coordenador Pipas Exercito); Célio Roberto Bodão – Colaborador e Soledade – Liderança Comunitária e atendeu a um roteiro traçado durante a semana, depois de identificar as localidades que mais necessitam da presença do governo.

Da sede para o Mucambo, reunião com os moradores e agendamento de reunião com os associados da comunidade; atendimento da Unidade Móvel com médico, enfermeira, odontólogo e visita ao prédio da escola local.

Do Mucambo para Palmeira e São Bento, uma região inteira percorrendo estradas que foram patroladas e conferindo a qualidade dos serviços executados. A equipe esteve na Palmeira, 56, São Bento Salãozinho, Planta, Serra , São Bento e outras regiões próximas. “O melhor sempre é ouvir a opinião dos moradores” - comenta Carlos do Tigre - “ouvir de um morador: aqui só andava pessoal da prefeitura em tempo de eleição” ou de um garoto de 9 anos na localidade da Serra: agora dá gosto ir na escola”

A equipe domingueira reuniu-se com a Associação Moradores de Serra e Adjacências, presidida por Noel e com a Associação Produtores e Moradores da Santa Cruz, presidida por Geraldo.

Nestas associações ouvimos as reivindicações da população; sempre em busca de mais serviços públicos para a melhoria da qualidade de vida. É mais pipas, aguadas, saúde e educação. Em cada reunião agendamos ações nas áreas de saúde, educação e obras, com data certa de acontecer e insistimos na necessidade de fortalecer o associativismo”.

Por outro lado – completa Josimar Amorim - “Ouvir as declarações de reconhecimento da população é muito gratificante. Eles falam da melhoria nas estradas, na qualidade e quantidade da merenda escolar e na distribuição de medicamentos. Compensa esse esforço domingueiro.”

Debruçado sobre as demandas anotadas nas localidades, ordenando-as para que sejam levadas ao prefeito Wilker Torres e preparando novo roteiro a ser cumprido domingo, Carlos do Tigre sorri satisfeito quando repete o que um morador da Santa Cruz lhe disse: “A gente sabe que tem muita coisa para melhorar, mas já tem muita coisa boa feita, prefeito Wilker está trabalhando”.

thumbnail A equipe e a comunidade domingo tem mais

 

Realizada pesquisa histórica em Casa Nova...

Publicado em Casa Nova

barragemsobradinhochesf1...para levantamento da dívida dos atingidos por barragens.

Na memória dos moradores de Casa Nova e região sempre estará presente a construção da Barragem de Sobradinho, na década de 70. Famílias expulsas de suas casas sem ter pra onde ir, filhos e filhas indo embora, agricultores sem suas roças e criação, pescadores com um rio sem peixes e sem vida. Na época, 70 mil pessoas foram deslocadas de suas casas, estima-se que mais de 150 mil vidas tenham sido atingidas com a chegada da hidrelétrica. Esse cenário assombrou as sete cidades atingidas pela Barragem. E ainda assombra.

“Após 40 anos da construção da Barragem famílias ainda estão separadas, mulheres ainda sofrem de falta de sua comunidade, homens de suas terras. Essa é a realidade que encontramos conversando com os moradores de Casa Nova no nosso trabalho”, emociona-se Maíra Gomes, pesquisadora.

Junto com outros 35 companheiros, ela realiza uma pesquisa em toda a região atingida para fazer um levantamento dessa dívida que a Chesf e o Estado têm com os atingidos, dívida essa que é econômica, mas também social e cultural. “É inadmissível que os atingidos tenham sido retirados para a geração de energia e até agora o município de Casa Nova tenha grande parte de suas comunidades no escuro”, indigna-se.

Por meio de levantamento de dados, aplicação de questionários e realização de entrevistas em Casa Nova e nos outros municípios, o trabalho busca entender a realidade dos municípios e condições de vida e trabalho na região.

A pesquisa não é um "auditoria social", em que se busca identificar danos de cada uma das famílias atingidas, mas sim um estudo dos aspectos coletivos desta dívida social. O resultado será um Relatório que deve apontar as necessidades de políticas sociais no município, que garantam aos cidadãos o acesso a água, energia, saúde, transporte e educação.

O trabalho está sendo realizado pelo IPEA-Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, em parceria com o Movimento dos Atingidos por Barragens-MAB. O Diagnóstico Social Econômico e Cultural dos Atingidos por Barragens é resultado de muitos anos de mobilização de atingidos de todo o país organizados no MAB é a primeira vez que se houve falar em uma iniciativa desse tipo em todo o mundo.

Participação da população

A equipe de pesquisadores irá realizar visitas em cerca de mil domicílios de Casa Nova até o fim de novembro. A pesquisadora Maíra explica que é aplicado um questionário em cada casa, com perguntas parecidas com as realizadas pelo IBGE, sobre as características do domicílio, avaliação dos moradores da situação da saúde, educação e transporte e condições de trabalho, além de questões sobre a Barragem de Sobradinho.

“São perguntas simples que qualquer morador de Casa Nova pode responder. Nossa equipe é treinada para realizar o questionário com agilidade e descrição”, reforça a pesquisadora. Ela informa que a equipe vêm tendo dificuldade em ser recebida nos domicílios, principalmente na cidade, e pede o apoio dos casanovenses.“Sabemos dos riscos de segurança nos dias de hoje, que nós também andando pelas ruas estamos correndo. Por isso mesmo pedimos o apoio da população e a compreensão na importância da realização dessa pesquisa no município”, reafirma. 

Até o dia 30 de novembro a equipe visita as seguintes comunidades:

INTERIOR

Açude de Pedra, Barra dos Barnabés, Bem Bom, Junco, Lago, Lagoas Novas, Localidade de Jardim, Luiz Viana, Melancia de Baixo, Mosquito, Olho D´água, Palmeira, Pau a Pique, Recreio, Riacho do Sobrado, Riacho Grande, Santana do Sobrado, Sítio Umbuzeiro, Sítio Veredão, Tiririca.

BAIRROS

Borges, Zé Totonha, Gilson Viana, São José, Vila Azul, Vila Papelão e Vila São Jerônimo.      

A Barragem de Sobradinho

A Usina Hidrelétrica de Sobradinho está localizada no município de mesmo nome, a aproximadamente 50km da cidade de Juazeiro (BA), no rio São Francisco. Sua construção, no final da década de 1970, gerou o Lago de Sobradinho, um dos maiores lagos artificiais do mundo, com 4.214 Km².

Foram seis anos de obras e a inundação de terras em sete municípios: Casa Nova, Sento Sé, Pilão Arcado e Remanso, que tiveram as suas sedes transferidas e foram bastante afetados; e mais Juazeiro, Xique-Xique, Barra e Itaguassu, que sofreram menor impacto.

A construção da Barragem de Sobradinho é uma das maiores transposições de cidades e famílias da história do Brasil. Em sua inauguração, no ano de 1979, mais de 70 mil pessoas foram afetadas. Cerca de 80% dos atingidos eram camponeses que abasteciam o mercado regional. Assim, estima-se que os atingidos pela Barragem de Sobradinho são mais de 200 mil atualmente.

Ascom MAB

Policia Militar de Casa Nova em Ação

Publicado em Casa Nova

21077320 790877081091462 6040281741464689700 nPOLÍCIA EM AÇÃO

O Comandante da Caatinga e Comandante da 25ª CIPM em Casa Nova, se reúnem na manhã dessa quarta-feira com os policiais militares para traçar estratégias para o combate a criminalidade que assolam o município. Todos os combatentes do crime estiveram à postos para discutir as dificuldades encontradas no desempenho de suas ações, ouviram e conheceram as novas estratégia e estão prontos para colocá-las em prática. "Parabéns a PM pelo empenho na missão de combater a criminalidade e oferecer mais segurança à nossa população". Disse uma moreadora de Casa Nova.

20993000 790877141091456 8593409389774493063 n

Casa Nova busca certificação do selo UNICEF

Publicado em Casa Nova

thumbnail Cosme Coelho ao lado do prefeito e do vice encarando novo desafio com UNICEFIndicado pelo prefeito Wilker Torres para Articulador no município, Cosme Coelho, garantiu que “realizaremos todas as ações possíveis para conseguir a certificação de Município Aprovado. Já estamos encaminhando contatos com as secretarias que vamos envolver diretamente nas ações, com o Poder Legislativo e Judiciário. Vamos conversar com as associações e clubes de serviço. Encaramos esta tarefa que nos foi dada pelo prefeito Wilker Torres como um desafio que vamos vencer” .

Cosme Coelho foi designado articulador na data da assinatura do termo de adesão de Casa Nova à Articulação do Selo UNICEF, Edição 2017/2020. Assinaram o termo o prefeito Wilker Torres e a Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA. Na mesma data, Jaílson da Silva Santana foi designado Mobilizador de Adolescentes e Jovens.

“O Selo UNICEF Município Aprovado é um Reconhecimento Internacional que o Município pode conquistar, a partir de um diagnóstico e de dados levantados pelo UNICEF, os municípios que se inscrevem passam a conhecer melhor sua realidade e as politicas voltadas para infância e adolescência. Com dados concretos e participação popular, o município tem condições de rever suas politicas e repensar estratégias de forma a alcançar os objetivos buscados, que estão relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio” - explica Cosme Coelho, convocando a comunidade a participar das ações que serão divulgadas e promovidas na busca da certificação.

Pra o prefeito Wilker “esta é mais uma tarefa a que nos propomos: dar às crianças e adolescentes de Casa Nova, perspectiva de vida melhor. Vamos envolver as secretarias de Educação, Saúde, Assistência Social e todos os agentes políticos do município neste processo de conhecimento, diagnóstico e ação planejada. Casa Nova vai conquistar esse selo da UNICEF” - declara.  

Manoel Leão