Prefeito de Casa Nova assina termo de cooperação com DETRAN

Publicado em Casa Nova

thumbnail Prefeito Wilker Torres e Diretor do DETRAN Lucio GomesO prefeito Wilker Torres assinou na tarde desta quarta-feira termo de cooperação entre a Prefeitura de Casa Nova e o DETRAN, representado pelo seu Diretor Geral, Lucio Gomes, dando andamento ào projeto de municipalização do transito urbano da cidade de Casa Nova.

O prefeito Wilker destaca a disposição do DETRAN de contribuir com a municipalização: “Este termo de cooperação é o resultado das conversas que mantivemos e vai nos dar suporte para realizar as alterações que propomos. O transito da cidade de Casa Nova está um caos e é urgente esta regulamentação”.

 

 

Por Manoel Leão/Foto: Divulgação

Morre homem em Casa Nova que tinha quatro mulheres

Publicado em Casa Nova

thumbnail Alberto BragaAlberto Braga conseguiu fazer com que as suas companheiras fossem todas amigas, ao ponto de uma cuidar da outra.

Morreu no dia 19 de julho na cidade de Casa Nova o senhor Alberto Braga dos Santos, 77 anos, nascido na localidade de Riacho Grande, município de Casa Nova, o homem que convivia com quatro mulheres com quem deixou 15 filhos, sem falar nos que morreram. Alberto Braga conseguiu fazer com que as suas companheiras fossem todas amigas, ao ponto de uma cuidar da outra quando adoecia ou estava de resguardo.

Seu filho mais velho, Ivan dos Santos Braga, conversou com a reportagem do Jornal A Notícia do Vale e foi quem deu as informações. Segundo ele, seu pai era um homem muito brincalhão e contador de história, talvez fosse uma das razões de conquistar as mulheres. “Mesmo internado durante 40 dias no Memorial, em Petrolina, ele não deixava de contar suas histórias, a última que eu lembro foi a do Papagaio. Todos que estavam lá “morreram” de rir, foi muito engraçada”.

Ivan disse que uma das coisas mais importantes que ele conseguiu deixar para os filhos foi à educação. Dos 15 filhos, mesmos com mães diferentes. “Nem um de nós, em nenhum momento nos envolvemos com coisas que desabonassem a sua moral, “somos pobres, mas somos cidadãos de bem, graças a um pai que soube muito bem nos ensinar o bom caminho”, o que deve ter sido orgulho para ele”.

Ivan disse ainda que nas festas comemorativas, tipo natal e fim de ano, aniversários, seu Alberto juntava as quatro mulheres e os filhos na casa que fosse maior e comemoravam todos juntos.

Ana Laise, uma de suas netas, que disse estar triste por ter perdido a pessoa que gostava muito, reforçou as palavras de Ivan: “Meu vô era um brincalhão, ele fazia a gente rir muito e suas mulheres realmente eram muito amigas, ao ponto de uma cuidar da outra quando adoeciam”.

No dia que morreu, o velório aconteceu na casa de duas das suas companheiras. Não foi para as outras duas porque uma já tinha falecido de acidente nos anos 90 e a outra por questão de espaço.

As esposas

1ª esposa: Gildete dos Santos Braga;

2ª esposa: Cleonice F. Campos

3ª Socorro (falecida)

4ª Rosalina.

 

Da Redação/Foto: Divulgação

 

 

Casa Nova oficializa saída do Intermunicipal: FBF aceita justificativa

Publicado em Casa Nova

thumbnail Manoel Reis de Souza Presidente da Liga Desportiva de CAsa NovaNo final da tarde desta quinta-feira a Federação Bahiana de Futebol – FBF, em Resolução de Diretoria, de número RDI-07/17, resolveu “Art Iº - Aceitar o pedido de desistência acima mencionado, bem como acatar os motivos que levaram à formulação do mesmo, deixando assim de aplicar qualquer penalidade de natureza administrativa à referida Liga, inclusive por entender que as suas razões enquadram-se nas hipóteses de força maior”.

“Art. 2º - Declarar as equipes que atuariam contra a Seleção de Casanova vencedoras das respectivas partidas pelo placar de 1X0, dispensando-as do compareci mento ao local dos jogos”.

“Art. 3º - Determinar a remessa desta RDI, do documento encaminhado pela LIGA DESPORTIVA CASANOVENSE, do Regulamento e Tabela do Campeonato Intermunicipal de 2017 ao Egrégio TJD, para, se assim entender, instaurar a competente Ação Disciplinar Desportiva, haja vista que a matéria é de competência também da Justiça Desportiva”.

Manoel Reis e José Nildo, respectivamente Presidente e Tesoureiro da Liga Casanovense, comemoraram a resolução da Liga: “É uma vitória para Casa Nova a Federação não aplicar penalidade e reconhecer que encaminhamos a tempo um documento informando a desistência de participar da competição. Isso nos dá toda a disposição e tempo para montarmos uma seleção capaz de disputar de igual para igual o Intermunicipal de 2018”.

O fato da Federação não aplicar penalidade já é um indicativo para o Tribunal de Justiça Desportiva. Dificilmente haverá impossibilidade de participaçãothumbnail José Nildo de Souza Silva tesoureiro da Liga em 2018” - avalia Manoel Reis.

Ainda segundo a FBF, o Intermunicipal 2017 sai de 64 para 63 participantes. Sem prejuízo à competição, a FBF mantém a tabela do campeonato, sem a reprogramação dos jogos, e decreta a Seleção e Casa Nova como perdedor de 1 a 0 em todos os seus jogos. Os pontos da partida serão computados em favor das adversárias que compõe o Grupo 1.

 

 

 

 

Por Manoel Leão/Foto: Luiz Washington (A Noticia do Vale On-line)

Porque Casa Nova não irá participar do Intermunicipal 2017!

Publicado em Casa Nova

thumbnail Presidente da Liga Desportiva Casanovense Manoel Reis de SouzaNo inicio do ano a Liga Desportiva Casanovense, antes de confirmar com o prefeito, para não perder a gratuidade da inscrição, colocou a Seleção de Casa Nova no Campeonato Intermunicipal de 2017. Manoel Reis de Souza, Presidente da Liga, dedicado esportista, explica: “Desde o ano de 2016, quando participamos jogando em Sobradinho quando tínhamos mando de campo, sabíamos que nosso estádio não teria condições de sediar as competições do Intermunicipal. Mas, com a nova administração, que colocou uma equipe para fazer as reformas necessárias, já em março, consideramos que seria possível a participação. E assim foram iniciadas as reformas urgentes. Substituímos o portão de acesso principal, iniciamos a reforma dos vestuários e banheiros, reformamos a parte da administração e começamos a reconstruir o alambrado. Até as traves tinham sido levadas na administração anterior. Mandamos fazer outras”.

Porque não deu tempo? “De forma acertada o prefeito priorizou a reforma do hospital, que era muito mais urgente e necessária. As reformas atrasaram, mas ainda assim estão no prazo. Seria possível a realização dos jogos, se dependesse apenas dos vestiários e banheiros” - responde, explicando didaticamente o Presidente Manoel Reis - “Dois problemas não vamos conseguir superar: o alambrado foi inteiramente destruído na administração anterior, recuperamos parte, mas não há tempo e nem recursos para fazer todo o fechamento. Sem alambrado, ou seja sem segurança para as equipes, a Federação não autoriza o uso do estádio. O outro problema, esse mais difícil de ser resolvido a curto prazo, é o gramado. Da forma que está dificilmente passa na vistoria da Federação. Recebemos o gramado completamente destruído, com diferentes espécies de grama. Não há tempo hábil para entregar o gramado em condições razoáveis de jogo”.

thumbnail Tesoureiro da Liga José Nildo de Souza SIlvaA Federação foi comunicada? “Sim” -É a resposta imediata, desta vez dada por José Nildo de Souza Silva, o Negão do Esporte, tesoureiro da Liga e Coordenador de Esportes da Secretaria de Esportes - “Quando constatamos que não haveria condições de realizar os jogos no nosso estádio, e não teríamos a garantia de utilização do estádio mais próximo, que é o de Sobradinho, comunicamos à Federação” - diz, mostrando o ofício 001/2017, datado de 20 de julho, comunicando ao Presidente da FBF, Edinaldo Rodrigues Gomes, que “a Seleção de Casa Nova não irá participar mais do Campeonato Intermunicipal edição 2017”, explicando razões e desculpando-se por esta decisão, reafirmando a confiança que “ nossa praça de esportes estará pronta para disputar essa grande competição em 2018”.

Mas, a Federação hoje diz que não foi comunicada a tempo... “Havia tempo sim, pois o sorteio só foi realizado dia 24/25 de Julho, antes do congresso. O problema é que a Federação só tomou conhecimento do ofício, encaminhado por e-mail dia 20, no dia 26, depois de realizar o sorteio, confeccionar regulamento e tabela” - afirma José Nildo.

Para os dois dirigentes da Liga, “Iremos nos defender Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJD/FB), para demonstrar que estamos cobertos de razão e que iremos ao Intermunicipal de 2018. Já tem o caso de Coité, que em 2016 não participou e este ano está no campeonato”.

Quando as reformas estarão concluídas? E haverá algum certame no estádio? Manoel Reis e José Nildo não adiantam umathumbnail Portão substituido e área adminsitrativa recuperada data de conclusão, mas afirmam categoricamente: “haverá tempo para a realização do campeonato municipal, a ser realizado no estádio, envolvendo comunidades e motivando as torcidas”.

O lado da Prefeitura

Ouvimos o prefeito. A nova administração do município de Casa Nova assumiu em 1º de janeiro de 2017. Encontrou o caos administrativo e financeiro, servidores desmotivados; a educação penando por anos consecutivos sem alcançar resultados positivos; a saúde desacreditada, desorganizada, com um hospital caindo aos pedaços, sem médicos, sem equipamentos. O SAAE era exemplo da má administração, prestando péssimo serviço e distribuindo água irregularmente e sem qualidade.

Parece que nestes quatro anos o único propósito foi desmantelar o município” - constatou à época o prefeito eleito Wilker Torres - “O estrago é muito maior do que se pensava”.

Estabeleceu prioridades: saúde e educação; sem descuidar de todos os outros aspectos necessários à administração, porém com a consciência de que os recursos seriam insuficientes para todas as legítimas demandas da comunidade.

Além da saúde e da educação, o esporte e o lazer, as tradições, a religiosidade e as festividades do povo de Casa Nova passaram athumbnail Gramado praticaamente recuperado ainda sem condições de atender FBF ser respeitados, incentivados e apoiados, porém, nas palavras do prefeito, “estamos correndo para recuperar o tempo perdido”.

Lembra que a prefeitura está dando total apoio aos campeonatos dos distritos de Bem Bom, Santana do Sobrado e das localidades de Poço da Pedra, Melancia, Jardim, Recreio e Lagoa do Vicente, finalizados no mês passado; que apoia os vários torneios do interior do município e promove a 3ª Copa de Futsal.

Nem tudo que a gente quer e que o povo de Casa Nova merece, pode ser realizado de imediato” - Reafirma Wilker e mostra disposição: “Vamos honrar todos os compromissos e recolocar Casa Nova no rumo do desenvolvimento, resgatar a autoestima e promover esta cidade ao lugar que merece”.

 

Por Manoel Leão/Fotos de Luiz Washington

 

Casa Nova apresenta relatório dos jogos estudantis (JERP)

Publicado em Casa Nova

20429742 1416674265083323 6157519171101101352 nNos dias 28 E 29 de julho de 2017, foram realizados os jogos Estudantis da Rede Pública Polo Casa Nova. O evento teve a sua solenidade de abertura no dia 28 às 9:30 na quadra poliesportiva, onde ocorreu desfile das escolas e portas- bandeiras . Após , foi feita uma homenagem ao professor pioneiro nos jogos escolares da história da cidade, o professor Olímpio Evangelista Silva, onde o mesmo entrou conduzindo a tocha olímpica acesa até a pira olímpica.

Seguindo, as autoridades representativas dos setores : de educação o Sr. Marcos José, de Esportes o Sr. Sebastião Dias e o Sr. Gentil representante a diretora do Núcleo RNE-10, fizeram os seus pronunciamentos e declarando abertos os jogos estudantis.

Nessas competições contamos com equipes das cidades Casa Nova, Sobradinho-Ba Sento-Sé, inscritos nas modalidades futsal masculino e feminino e futebol de campo. Foram as seguintes equipes: Júlia Borges, José Dias da silva, Senador Luiz Viana Filho, Irene Campos, C.E.A.H, Mª José Lima , Agnaldo Almeida, Jayro, Dr. Juca e Sete de Setembro.

Saíram campeões : Júlia Borges no futebol de campo, Juca no futsal masculino e feminino. Os vices-campeões foram: Maria José Lima no futebol de campo, Jayro no futsal masculino e Agnaldo Almeida no futsal feminino.

Os jogos aconteceram nas quadras poliesportiva José Vicente de Oliveira e quadra da Praça da Bandeira, e o futebol de campo aconteceu no Campo da Borges.

A arbitragem era composta por árbitros da Federação Bahiana de Futebol, e apoio da coordenação de Educação Física local composta por Cícero Dias, Glauber Campos e Sirlei Marcelo e a coordenação do Jerps composta por Vânia Caipirá e Rosicleide Vieira.

Tivemos o apoio total da prefeitura municipal através da Secretarias de Educação e Cultura ,Secretaria de Esportes , Turismo e Lazer , Chefe de gabinete , Setor de Licitação , além da 25ª CIPM/BA de polícia militar.

Gostaríamos de agradecer também a direção e aos demais funcionários da Escola Senador Luiz Viana Filho pelo empenho e dedicação para que esses jogos tivessem sucesso.