SAAE vai fazer intervenções em Bem Bom

Publicado em Casa Nova

IMG 20150913 WA0108SAAE Casa Nova vai fazer intervenções no sistema de abastecimento de Bem Bom 

Nesta última sexta-feira o diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Casa Nova, SAAE, Fredson Costa, o popular Fred da Colônia, acompanhado pela a equipe técnica do órgão, esteve no distrito de Bem Bom visitando a região. De acordo com Fred a visita foi para avaliar a situação do local de captação de água, após a baixa do Lago de Sobradinho. “Estamos avaliando a melhor forma de continuar garantindo água de qualidade para o povo do distrito, pois esse é nosso compromisso. A visita técnica é impor ante para traçar ações”, comenta o gestor.

Segundo Fred, as melhorias no serviço de abastecimento de água no município tem sido constate, com a realização de manutenção nas redes e ampliação do serviço. “Trabalhamos com responsabilidade e planejamento. Não podemos deixar que a seca afete o povo. Passaremos por dificuldades, mas não estamos de braços cruzados”, afirma.

Com o resultado da visita, o SAAE vai trocar o local do flutuante de captação e os materiais do filtro da estação do tratamento. A equipe ainda coletou amostras da água para a realização de análises químicas de qualidade. Segundo Fred, a próxima visita técnica será no distrito de Pau a Pique.

Nativa

Casa Nova divulga cronograma da Unidade Móvel

Publicado em Casa Nova

saudeSecretaria de Saúde de Casa Nova divulga cronograma da Unidade Móvel de Saúdeno interior

Levando ainda mais saúde as pessoas do interior de Casa Nova, a prefeitura municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), segue oferecendo atendimento às pessoas que moram na zona rural do município com a Unidade Móvel de Saúde."Vamos levar atendimentos para todos os cantos de nossa cidade. Esse é m compromisso nosso", ressalta o gestor municipal, Wilson Cota.
 
No último final de semana, a unidade esteve em atendimento na comunidade de Cacimbinha. Durante a visita, os moradores foram atendidos por médicos, dentistas e técnicos de enfermagem em consultas, aferição de pressão arterial, dispensa de medicamentos e atendimento odontológico.
 
A secretaria de Saúde divulgou as próximas datas e localidades que a unidade vai prestar atendimento, gratuito, sempre a partir das 8h da manhã.  Dia 19/09, a comunidade atendida será a de Palmeira e 26/09 a localidade de Junco.
 
Nativa
 

Construtora é investigada por suspeita de fraudes

Publicado em Casa Nova

gaeco1Construtora é investigada por suspeita de fraudes em licitações. Vendedor é suspeito de emprestar seu nome para criação de empresa.
 
Pouco mais de um mês após a deflagração da Operação Papel Timbrado, que teve o objetivo de combater fraudes em licitações de obras em 83 cidades da Paraíba, o Ministério Público continua investigando a atuação de 15 empresas do ramo da construção civil. Os investigadores descobriram que um dos sócios de uma das construtoras investigadas é vendedor de uma loja de brinquedos de João Pessoa.
Nas imagens feitas com uma câmera escondida, Eric Guedes Marques, de 25 anos, aparece trabalhando no estabelecimento. Mas segundo o Ministério Público no nome dele está a construtora Safira Serviços e Construções LTDA. A empresa é responsável por obras em dezenas de prefeituras paraibanas, assim como na Bahia e em Pernambuco, e recebeu mais de R$ 5 milhões por obras contratadas na Paraíba.
A Safira Serviços e Construções LTDA tem como endereço a Rua Visconde de Pelotas, 39, no Centro da Capital. Segundo o Ministério Público, esse é o mesmo endereço de outras seis das construtoras investigadas na operação. De acordo com o Tribunal de Contas da Paraíba, elas receberam de 2011 a 2013 mais de R$ 16 milhões por serviços prestados a dezenas de prefeituras do Estado. Apesar do volume de dinheiro recebido, no local não há movimentação alguma de funcionários ou representantes das empresas.Um monitoramento feito com autorização da Justiça, mostrou que em 10 dias passaram cerca de R$ 500 mil na conta bancária do vendedor. O acusado receberia quantias que não passavam de R$ 1 mil por emprestar o nome ao grupo, conforme o MP, que fez a investigação. Em contato com a TV Cabo Branco, Eric preferiu não gravar entrevista, mas assumiu ser o dono da construtora.
Para o procurador geral de Justiça da Paraíba, Bertrand Asfora, o grupo de empresas formou uma “teia criminosa”. “A gente identificou um verdadeiro esquema de manipulação de licitações e as provas que nós temos são fortíssimas e contundentes. Isso não pode ser uma prática comum em nosso Estado”, assinalou Asfora.
Nas cidades em que a construtora executou serviços, inspeções do Tribunal de Contas encontraram irregularidades. Em Cruz do Espírito Santo, a 30 km de João Pessoa, os técnicos do TCE afirmam que a Safira recebeu mais de R$ 140 mil por obras que teriam sido contratadas com outra construtora, a Jada Construções e Incorporações LTDA, que não está na lista das 15 investigadas durante a Operação Papel Timbrado.
De acordo com o tribunal, o contrato com a Jada Construções previa a reforma de 28 casas e a construção de outras 12 moradias. Mas a prefeitura só apresentou 21 casas onde os serviços deveriam ter sido executados. As outras 19, quase a metade, não foram encontradas.
“Quando o tribunal identifica esse tipo de situação imputa o débito e responsabiliza o gestor e a empresa contratada solidariamente. E todo o procedimento é encaminhado à Justiça”, frisou o conselheiro do TCE-PB, André Carlo Torres.
A TV Cabo Branco procurou os donos da Jada Construções, mas não conseguiu localizá-los. A prefeitura de Cruz do Espírito Santo informou que os serviços foram contratados pela gestão anterior e, por isso, não comentaria o relatório feito pelo Tribunal de Contas do Estado. Por sua vez, o ex-prefeito da cidade, Rafael Fernandes, disse que a Jada Construções venceu a licitação para construção das casas, mas renunciou ao contrato.
Ele garantiu que foi realizada, sim, uma nova licitação na qual saiu vencedora a construtora Safira Construções e todas as residências previstas no contrato foram construídas ou reformadas.
No município de Casa Nova no Norte da Bahia, a empresa é responsável pela construção de uma UPA. Os vereadores do município Vanderlin Carvalho (PCdoB), João Honorato (PP), Leonardo Silva (PSD) e Gilmar da Silva (PT) denunciam suposto caso de desvio de recurso do Governo Federal que deveria ser aplicado na construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de 24 horas no Distrito de Santana do Sobrado. O Valor da obra está estimado em R$ 1.093.131,75.
“O Município fez convênio com o Governo Federal para construir a UPA em Santana do Sobrado, esse contrato foi firmado na administração do ex-prefeito Orlando Xavier no ano de 2012 , sendo o atual gestor recebeu todos os repasses, e o mais impressionante que ele já pagou mais de 100% da obra”, denúncia o vereador Vanderlin. Ele afirmou ainda que a obra está inacabada. “Foi feito apenas 60% da obra, ela se encontra abandonada, tomada pelo lixo, mato, servindo de chiqueiro para animais”.
João Paulo Medeiros
Do G1 PB, com TV Cabo Branco

Dagmar volta à cena em grande estilo

Publicado em Casa Nova

Dagmar no palco da convenção

DEM reconduz Dagmar à Presidência com festa e muitos apoios

A ex-prefeita de Casa Nova Dagmar Nogueira (DEM), assumiu a Executiva Municipal do Partido dos Democratas na Convenção realizada, com festa, dia 28 de agosto de 2015.

Com a presença do deputado federal Elmar Nascimento (DEM); do Deputado Estadual Sandro Régis (DEM), do atual vice-prefeito Maninho do Sindicato (PDT), dos vereadores Vanderlin (PC do B); João Honorato (PP) e Leonardo (PSD), de vários pré-candidatos a prefeito, entre eles Daniela e Dr. Carlos, a justificativa de ausência de mais quatro vereadores, a Convenção, iniciada às 10:00 horas, estendeu-se até o final da tarde, com os pronunciamentos, todos de elogios à Dagmar, dos políticos presentes.

Dos ex-adversários, dois discursos marcaram a Convenção: O do vereador João Honorato e o do Vice-Prefeito Maninho do Sindicato. Honorato lembrou que apoiou uma proposta que garantia atendimento nos Postos de Saúde e “as mulheres teriam seus filhos em Casa Nova”, educação de qualidade, com unidades escolares reformadas, respeito ao cidadão e transparência nos gastos públicos, oportunidade aos jovens. E ao final reconheceu: “Eu errei! ”.

E ao final: “Eu seria muito injusto em não reconhecer a força desta mulher”, “em não reconhecer que o Povo de Casa Nova quer Dagmar prefeita”.

DSC 0145O Vereador Leonardo, ao saudar Dagmar, falou da necessidade de unidade das oposições e de discutir soluções para a crise que se instalou no município e ao encerrar disse que “a oposição está procurando e vai encontrar a saída para promover a mudança”.

Candidato a vereador, João Domingos destacou a sua admiração por Dagmar, por sua ação política e a certeza “de que Dagmar prefeita, nós vamos reerguer Casa Nova”.

Bruno, candidato representando Pau a Pique, Bem Bom, Lagoa Fechada, Barra da Cruz e outras comunidades da região, reafirmou sua confiança em Dagmar, “uma mulher que tem a maior folha de serviços prestada à Casa Nova” e seu orgulho por se filiar a um partido que “tem os dois maiores prefeitos da Bahia; ACM Neto em Salvador e José Ronaldo em Feira de Santana”.

Maninho (PDT), atual vice-prefeito, disse que “podem achar estranho eu estar aqui. Mas, estou aqui por um motivo justo. O que está acontecendo em Casa Nova é diferente do que nós queríamos. Rompi porque não permito, porque não admito, o que está acontecendo. Infelizmente nos enganamos”.

O discurso de Daniela, a guerreira, pré-candidata a prefeita, fez uma profissão de fé: “Digo a vocês, Casa Nova, que temos tudo para tirar Casa Nova deste marasmo, deste buraco escuro, onde afundam nossos sonhos. Dizer a vocês que o mais importante agora é a nossa união, porque juntos venceremos”.

E arrematou: “Este governo que está aí não cuida das pessoas. Cuidas dos interesses de quem está governando”.

DSC 0159Sandro Régis, deputado estadual, líder da oposição na Assembléia Legislativa na Bahia, os presentes e os vereadores, “mesmo de partidos diferentes”, que estavam presentes “porque querem o bem de Casa Nova”, não mediu elogios à Dagmar: “Eu a conheci pelas mãos de Elmar. Dagmar é conhecida em Casa em Nova, mas seu nome é muito forte nos quatro cantos da Bahia. Todos sabem da sua correção, da sua honestidade e acima de tudo com o seu compromisso com a causa nobre que é a política. Fez de seus mandatos instrumento de ajudar, de servir e construir o desenvolvimento de Casa Nova”.

Reafirmou seu compromisso e orgulho de ter no seu partido, Dagmar que é “uma pessoa que pode sair nas ruas e apresentar um projeto, sem medo e com realizações” e exortou as oposições “à união” e finalizou, garantindo: “Eu estarei aqui, ao lado de Elmar, para fortalecer a pré-candidatura de Dagmar e ajudar na reconstrução de Casa Nova. Mas, se não for Dagmar a escolhida, estarei aqui para facilitar a reconstrução e ajudar no desenvolvimento desta terra! ”.

Membro do Diretório Nacional dos Democratas, do Diretório estadual, deputado federal, Elmar Nascimento, ao discursar disse que estava em Casa Nova “para prestigiar a Convenção em um dos municípios mais importantes da Bahia”.

Relembrou suas votações em Casa Nova e sua presença na campanha de Orlando, quando “o povo nitidamente apoiava o discurso da mudança, mas alertei do risco e o resultado nós vemos aqui hoje”.

Fez um paralelo entre os recursos recebidos pela atual administração e o que recebiam Dagmar e Orlando quando prefeitos. “Agora” – segundo ele – “é muito mais. E eu não compreendo porque naquela época as estradas eram impecáveis, as escolas reformadas, não se atrasou pagamento e hoje, com tanto dinheiro, nada é feito”.

“Dagmar pode andar em todos os distritos e povoados deste município de cabeça erguida” – afirmou – “Pode chegar e dizer o posto de saúde foi eu que fiz, a estrada fui eu que recuperei, a escola fui eu que reformei. E agora, onde está o dinheiro? Esse dinheiro está indo para algum lugar”.

DSC 0106Para Elmar “a união que estamos fazendo é impensável em outro lugar”, referindo-se à unidade entre o DEM, o PC do B, o PT, PP, PSD e outros partidos, “adversários na política estadual e na política federal”, e isso só é possível pela urgente necessidade de Casa Nova voltar “aos tempos em que a prefeitura tinha credibilidade, que as pessoas podiam vender, que o dinheiro circulava no comércio e que qualquer professora do municio, qualquer fornecedor podia comprar e planejar a sua vida, porque no dia iria receber o salário”.

Dizendo que o Diretório Estadual e Nacional “apoia o projeto que está sendo construído em Casa Nova”, “que o interesse de cada um não pode se submeter ao interesse comum”, ressaltou o fato que Dagmar já deu provas que é capaz de renunciar aos seus interesses quando o que está em jogo é o desenvolvimento de Casa Nova, lembrando que ela “adiou por quatro anos” o desastre atual ao apoiar Orlando quando poderia ter se candidato à reeleição.

Ao encerrar lembro que a regra básica de qualquer “homem público ou mulher que queira ser apoiado tem de ter a disposição de apoiar” e “que se em qualquer momento houver um nome que reúna melhores condições de derrotar este ditador que está aí, nós seremos os primeiros a garantir esta unidade”.

Dagmar Nogueira, a presidente do DEM, fez um discurso impecável: Falou de sua história, relembrou “o tempo das balas” e a resistência àDSC 0118 oligarquia, falou dos amigos, dos correligionários, da sua disposição ao voltar à arena política.

Saudada de pé pelas duas centenas de participantes, que desde a manhã lotavam o local da Convenção, falou da satisfação de ter entre os participantes representantes de todo o município, nomeando todos, falou dos presentes, dos vereadores presentes e dos que justificaram a ausência, agradeceu às representações das igrejas evangélicas e aos convencionais, que superaram em quatro vezes o número do quórum necessário à renovação do Diretório.

Saudou com entusiasmo Maninho, o vice-prefeito, “um homem de bem que não se deixou ficar com as promessas e na ilusão desse prefeito que aí está”.

Ao falar dos “dez pré-candidatos a prefeito”, “duas mulheres e oito homens”, ressaltou a sua vontade de que todos se mantenham unidos “para derrubar esse prefeito que aí está, perseguidor, incompetente e arrogante”.

Agradeceu ao Deputado Elmar e ao Deputado Sandro Régis, pedindo a eles “Casa Nova precisa do apoio deles, das emendas, mas se tiverem emendas, não mandem para a prefeitura. Enviem para a CODEVASF e outros órgãos, mas não para o atual prefeito, pois o dinheiro ninguém sabe onde vai parar”.

Dagmar votando DSC 0072Ao encerrar reforçou: “estou disposta a fazer o que for melhor para a minha terra! ”.

O Diretório reconduziu Dagmar Nogueira à Presidência, ficando assim formada a Executiva Municipal: Vice-Presidente: Antônio Marcos Correia; Secretário: Jorginaldo Borges da Cruz e Tesoureiro: Amauri Oliveira Lima.

 

 

 

 

 

 

Texto e fotos da Redação

Crianças do projeto AABB comunidade...

Publicado em Casa Nova

AABBcomunidadeCrianças do projeto AABB comunidade recebem atendimentos médicos e odontológicos
Nesta quinta-feira, 27, as crianças atendidas pelo projeto AABB Comunidade receberam acompanhamento médico e odontológico. A dentista Luiza Marins, o médico Eduardo Mejias Merino e o enfermeiro Iago Libório, desenvolveram atividades e fizeram atendimentos médicos.
Na programação, uma palestra sobre saúde bucal, assim como aplicação de flúor, escovação supervisionada e consultas com as crianças. O Programa AABB Comunidade é um projeto de complementação escolar á crianças e adolescentes de baixa renda realizado pela Fundação Banco do Brasil em parceria com a Federação das AABBs (FENABB) e a Prefeitura Municipal de Casa Nova.
 
O programa AABB Comunidade tem como objetivo geral contribuir para a inclusão e o desenvolvimento educacional de crianças e adolescentes de baixa renda, por meio de atividades socioeducativas, culturais, artísticas, esportivas e de saúde, integrando as famílias, a escola e a comunidade. "Estamos inovando a cada dia e proporcionando melhoria da qualidade de vida dos nossos educandos. Cuidar da saúde é cuidar da vida", comenta Paloma Moraes,, coordenadora do projeto.
 
Nativa