Operação ‘Tapa Buraco’ chega ao Alto do Cruzeiro.

Publicado em Juazeiro

IMG 20170718 WA0018A operação ‘Tapa Buraco’ desenvolvida pela Prefeitura de Juazeiro através da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) beneficia essa semana, mais um bairro com os serviços de recuperação de pavimentação em paralelepípedo granítico: o Alto do Cruzeiro.

Os serviços foram iniciados na Rua Santa Luzia, popularmente conhecida como Rua 5, e também uma das principais vias de acesso do bairro. “Nosso planejamento é corrigir os pontos mais críticos nas principais vias do bairro com pavimentação em paralelepípedo granítico”, explica o secretário de Obras e Desenvolvimento Urbano, Anderson Alves.

De acordo com Anderson Alves, esse já é o terceiro bairro atendido este ano pela operação Tapa Buraco. “Começamos pelo bairro Maria Gorete, depois seguimos para o bairro Itaberaba, onde a secretaria recuperou pontos críticos na Rua 11 e agora estamos no Alto do Cruzeiro”, acrescentou o secretário.

Para João Carlos, morador do bairro há mais de 20 anos, a intervenção chega em boa hora pois as ruas do Alto do Cruzeiro estavam precisando de manutenção. “O bairro foi beneficiado com pavimentação há mais de 30 anos, é uma obra muito antiga e realmente precisa de manutenção, a ação do tempo fez surgir vários buracos e os motoristas para desviar acabam colocando em risco a segurança dos pedestres e dos moradores”, declarou o morador.

A Operação Tapa Buraco tem como objetivo corrigir trechos de ruas e avenidas que foram danificados com a ação do tempo e das chuvas a fim de garantir a fluidez do trânsito, um deslocamento seguro e confortável aos moradores e condutores de veículos que transitam pelas vias, que é o principal acesso do bairro.

Por Gardennia Garibalde/SEDUR

Roberto Carlos apresenta Projeto autorizando o governo a criar e implantar o Hospital do Homem em Salvador

Publicado em Juazeiro

roberto49Com o objetivo de combater o câncer de próstata na Bahia, o deputado Roberto Carlos (PDT) apresentou o Projeto de Lei autorizando o Poder Executivo a criar e implantar o Hospital do Homem em Salvador, um centro de referência especializado em saúde do homem, que já está em tramitação na Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA.

Para o pedetista, a unidade deve reunir especialidades médicas como Andrologia e Urologia, além dos núcleos de alta resultabilidade (check-up) e de ensino e pesquisa, incluindo o Departamento de Patologias da Próstata dividido em dois setores: diagnóstico e tratamento das DSTs, prostatites (infecções da próstata causadas por bactérias e vírus) e prevenção do HIV e HPV; e tumores (câncer e hiperplasia benigna da próstata).

“O Hospital contará ainda com uma área de Urologia, com profissionais de Nefrologia (hipertensão renovascular e transplante renal), Endocrinologia, Neurologia (disfunções da vesícula, uretrais e incontinência urinária) e urologias geriátrica e plástica)”, declara.

O objetivo da implantação deste hospital, é também o de desenvolver uma política estadual de saúde do homem, facilitando e ampliando o acesso da população masculina aos serviços de saúde. “Grandes capitais do país já implantaram esse hospital, como é o caso de São Paulo, que se tornou um dos maiores e melhores centros internacionais de atendimento urológico”, diz Roberto Carlos.

Ascom Dep. Roberto Carlos

Atletas disputam prova de 4 mil metros em Juazeiro

Publicado em Juazeiro

MARATONA 2016 JUAZEIRO DIVULGAÇÃO FBDA 5As águas do Rio São Francisco vão receber no próximo dia 22 a 4ª etapa do Campeonato Baiano de Maratonas Aquáticas – Troféu Cidade de Juazeiro, a 504 quilômetros de Salvador. Cerca de 200 atletas da Bahia disputam a prova de aproximadamente 4 mil metros da única competição de rio do calendário baiano de maratonas aquáticas.

Devido às condições do Velho Chico, a largada e o trajeto da prova serão definidos no dia da competição, com a chegada na ponte Presidente Dutra, que liga Juazeiro a Petrolina. Por ser no rio, a prova será no sentido da correnteza, o que torna a disputa mais rápida, favorecendo o nado.

Tradicional competição do interior, o campeonato celebra a cidade de Juazeiro, no norte do estado, berço de talentos da maratona aquática da Bahia. A disputa também faz um alerta para a questão ambiental, já que a cada ano há uma maior dificuldade na execução da prova, devida à baixa do rio.

Na última edição, em 2016, os atletas Izaac Júnior e Victor Simões, ambos da capital baiana, chegaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente. No feminino, Márcia Santos, também de Salvador, levou o ouro.

O campeonato é promovido pela prefeitura de Juazeiro e realizado pela Federação Bahiana de Desportos Aquáticos (FBDA), que vê a necessidade de ações constantes de preservação do meio ambiente.

Ascom FBDA

Prefeitura de Juazeiro dá inicio a operação contra poluição visual

Publicado em Juazeiro

limpezavisualNesta terça-feira (18), a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) e a Guarda Civil Municipal (GCM) iniciaram uma fiscalização ostensiva na cidade para combater a poluição visual ocasionada por publicidades e propagandas espalhadas pela área central. De acordo com a Lei Complementar 018/2016 que rege sobre o Código de Polícia Administrativa no Art. 155 nenhuma publicidade será realizada sem alvará de autorização e pagamento da taxa de poder de polícia correspondente.

A autorização para colocar letreiros ou anúncios somente será concedida quando suas formas e dimensões não prejudiquem os aspectos paisagísticos, históricos, de segurança e estéticos da cidade, bem como seus panoramas naturais e monumentos. Não devem ainda, serem ofensivos à moral e aos bons costumes nem conter dizeres atentatórios a pessoas, crenças ou instituições. É importante que não contenha incorreções de linguagem nem expressões ridículas ou grosseiras e por fim não representem coação subjetiva por processo subliminar ou outro que possa conduzir ao mesmo objetivo.

O material em placa e banner foi recolhido e direcionado para o pátio de apreensão da SEMAURB. A publicidade em papel colado apresentou dificuldade de remoção, mas a fiscalização está entrando em contato com os responsáveis para que os mesmos arquem com os prejuízos na cidade. Além disso, foram autuados em valores que podem variar de 0,1 a 1 VRF por instalação ou veiculação de publicidade, afixação de cartazes, pinturas, pichações e atos assemelhados podem variar de 2 VRF a 5 VRF por unidade. A Lei ainda deixa claro que o descumprimento implicará em responsabilização pela peça: ao produtor ou responsável por eventos; às empresas apoiadoras ou patrocinadoras de eventos; aos proprietários, arrendatários, possuidores ou locatários de estabelecimentos comerciais ou residenciais; à empresa que confeccionou as peças publicitárias.

“Estamos iniciando esse trabalho com o recolhimento das peças e buscando a identificação dos responsáveis para autua-los, vamos trabalhar para limpar a cidade, a Lei diz que é permitido implantar publicidade por um determinado prazo e com a devida autorização do município, sem isso não é possível, pedimos aos moradores que ao verem alguém colando cartaz, banner ou placas denuncie a SEMAURB”, explicou Agenor Souza. As denúncias e reclamações podem ser realizadas através do telefone (74) 3612 3581, pelo 153 da Guarda Civil Municipal ou pessoalmente na sede da Secretaria que fica na Rua Oscar Ribeiro, s/n Centro.

Débora Sousa / SEMAURB

90 casas em situação de risco serão demolidas até agosto em Juazeiro,

Publicado em Juazeiro

Demolição casas Poligonal 1Uma força tarefa da prefeitura de Juazeiro, iniciou nesta terça-feira (18) o processo de demolição de diversas casas em situação de risco no município. Até agosto, 90 casas serão demolidas por equipes da prefeitura.

Equipes da das secretarias de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR), Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB), e da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), iniciaram o cronograma de demolição de casas construídas em áreas impróprias ou em situação de risco (casas de taipa), no bairro Nova Esperança.

De acordo com a diretora de habitação da SEDES, Gilnágila Machado, esse já é o segundo cronograma de demolição que está em desenvolvimento na área da Poligonal Urbana.

“Cada família, dessas casas que estão sendo demolidas foram contempladas com uma casa nova no Residencial Mairí, sem nenhum custo, e já se mudaram. Esse é um trabalho que a equipe social, do setor de habitação, vem desenvolvendo há mais de um ano, onde foi feito todo o reconhecimento da área da poligonal. Todas as famílias em situação de risco foram cadastradas e beneficiadas com moradias novas e dignas”, explica a diretora.

Segundo o gestor das obras na Poligonal Urbana, Anderson Fonseca, foi montado um cronograma de demolição das casas que segue de 18/07 até 10/08/2017. “Além do bairro Nova Esperança, temos casas que devem ser demolidas em mais 7 bairros: Piranga, Argemiro, Antônio Conselheiro, Pe. Vicente, Malhada da Areia, Jardim das Acácias e Alto da Aliança, totalizando aproximadamente 90 casas”, observou Anderson Fonseca.