Alto do Alencar recebe “São João dos Bairros”

Publicado em Juazeiro

Marca São João nos BairrosDesde o dia 18 de maio acontece em Juazeiro o projeto São João dos Bairros, uma parceria da Prefeitura Municipal e TV São Francisco. Nesta quinta-feira, 25, a festa será no Bairro Alto do Alencar, a partir das 19h. O Arraiá será animado pelas atrações Juaquinos, Mário Santos e Nelsinho e Raimundinho do Acordeon.

São JoãoJá em sua quarta edição o evento, segundo o Coordenador de Eventos da Prefeitura, Samuel Morais, “é uma parceria que vem dando certo. A TV entra com divulgação,  produção e artistas, a Prefeitura entra com estrutura de palco, som, iluminação,  banheiros, ordenamento, limpeza. São quatro polos que contemplam diversos Bairros”.

 

 

 

 

Confira a programação do São João dos Bairros para os próximos dias:

  

25/05 – Alto do Alencar

Atrações: Juaquinos, Mário Santos e Nelsinho, Raimundinho do Acordeon.

 

01/06 – Avenida Flaviano Guimarães

Atrações: Mateus do Acordeon, Keu Dantas, André Mendes.

 

08/06 – Lagoa de Calu (Alto da Maravilha)

Atrações: Rennan Mendes, Ivan Grego, Trio Grannah.

 

Fonte: Ascom/SECULTE

Servidores de Juazeiro cruzam os braços...

Publicado em Juazeiro

...e realizam manifesto ao lado do Paço Municipal

paralisaçãosinserpassogestran

 

Conforme prometeram servidores da Prefeitura de Juazeiro paralisaram suas atividades nesta quinta-feira (25) numa greve de advertência por 48 horas, em razão da falta de consenso com a administração municipal em relação ao reajuste salarial. 

Segundo Rosinaldo Alves, diretor da Assogestran (Associação dos Agentes de Trânsito) “a paralisação acontece pelo fato de que há três meses foi aberta a negociação com o governo e até hoje nada. Nós estamos há três anos sem reajuste e pelos cálculos feitos repondo apenas a inflação o percentual de reajuste deveria ser de 13% para assegurar um ganho real, mas a categoria entendeu que até 10%, o limite máximo, seria aceitável, menos disso, não tem conversa” declarou.

Robério Vieira, diretor do Sinserp (Sindicato dos Servidores), alegou que o governo está demorando demais para decidir. “Eu como Fiscal da Vigilância Sanitária estou com três anos sem reajuste. Nós pedimos 25%, baixamos pra 20%, 15% até 12,5% e o governo só quer dar 5%. Esse percentual não dá, é muita perda”.

Para o diretor financeiro do Sinserp Cícero José a morosidade é que está irritando a cagetoria. “Desde o ano passado a gente discute a campanha salarial, mas não é só salário tem a questão da gratificação, condições de trabalho, valorização dentro do PCCR, dentre outras questões. Como houve enorme perda ao longo dos últimos anos o governo deve promover essas correções” Argumentou Cícero Sales.

A categoria está concentrada ao lado do Paço Municipal onde acontece a assinatura do projeto de lei que cria o “Programa Transformar”. A ação irá beneficiar pessoas com deficiência através da reforma de sua casa, com adequações de acessibilidade nos imóveis.

Fazem parte do movimento paredista: Os Agentes de Segurança Escolar; Agentes de Trânsito, Transporte, Fiscais de Postura, Obras e Vigilância Sanitária; Agentes Administrativos e Mecânicos de Viatura Leve e Pesada. A categoria volta a se concentrar no mesmo local nesta sexta-feira, dia 26.

 

Fonte: Blog do Geraldo José

Vereador critica atendimento em unidade de saúde

Publicado em Juazeiro

Domingão

 

Na sessão ordinária de segunda-feira (22), o vereador Domingão (PRTB) usou a tribuna e cobrou melhorias na infraestrutura da Unidade de Saúde do bairro Alto da Aliança em Juazeiro. Segundo o vereador, os comunitários informaram que madrugam para conseguir fichas de atendimento que não são suficientes.

“Um grupo me procurou e solicitou ingerência nessa situação. Eles afirmam que além de madrugarem na fila para conseguir uma ficha, o Posto de Saúde abre tarde reduzindo o tempo de atendimento. Outra reclamação é com relação aos números de fichas que de acordo com a população é insuficiente”, declarou, Domingão.

O vereador informou que procurou a superintendente de Atenção Básica da Secretaria de Saúde, Rosa Miguelino informando a situação. “Ela nos recebeu e informou que duas equipes de saúde da família atendem mensalmente 12 mil pessoas. Na oportunidade deixamos agendado uma reunião com o secretário de Saúde Plinio Amorim, e as equipes da unidade saúde para esclarecer essas queixas”. 

Domingos afirmou que entende a alta demanda já que a unidade atende outras comunidades no entorno e com isso solicita ao prefeito Paulo Bonfim a construção de mais uma unidade na área.  

 

Fonte: ASCOM/Domingão da Aliança

Foto: Joselito Tavares

 

 

Vereadores de todos os partidos condenam...

Publicado em Juazeiro

Câmara unida em defesa de Isaac

...críticas de José Carlos Araújo a Isaac Carvalho

De Agnaldo Meira (PCdoB) a Neguinha da Santa Casa (PMDB), os vereadores de Juazeiro foram unânimes e duros nas críticas às declarações do Deputado Federal José Carlos Araújo (PR), que na última sexta-feira questionou a atuação do ex-prefeito Isaac Carvalho.

Vereador Agnaldo MeiraAgnaldo Meira deu início às críticas, lembrando que há parlamentares que “vem a nossa cidade com um discurso de apoio e ajuda, “mas, no Congresso Nacional votam contra o trabalhador, votam contra o povo brasileiro, votam contra os direitos previdenciários”, lembrando que “Juazeiro nos últimos anos vive em crescimento”, principalmente pela capacidade do prefeito Isaac Carvalho de ampliar as alianças políticas em favor de Juazeiro. Agnaldo Meira foi aparteado pelo Vereador Fabinho de Pinhões (PRB), que endossou o pronunciamento e acrescentou estar “magoado”, “quando candidatos de fora vem tentar judiar o prefeito Isaac Trabalho”; concedeu aparte ao Vereador Hélio (PC do B), que ressaltou o empenho de Isaac na recuperação da BR 235 e sua intensa atuação em todo interior do município e ao vereador Aníbal (PTC) que destacou: “Votei nos candidatos de fora e nenhum voltou aqui nem para agradecer... Está na hora de Juazeiro repensar... Esse deputado foi muito infeliz”.

A sequência de apoio a Isaac e críticas a Araújo veio do vereador Joseilson Marcelino (PTB), falando do desenvolvimento que presenciou, “mesmo estando em outros palanques” e registrou sua declaração a Isaac: “Me arrependi de não ter vindo para seu palanque a mais tempo”, criticando vereadores que deixam os votos “migrarem para candidatos que não tem compromisso com Juazeiro”. Quem aparteou Joseilson foi a Vereadora Tia Célia (PTC): “Vi e assisti a valorização dos bairros de Juazeiro, resultado do trabalho de Isaac. Quero parabenizar Isaac”.

Charles Leal (PDT), foi enfático ao falar “sobre um candidato de fora, que veio questionar as pretensões de um candidato que trabalhou”: “só não reconhece o trabalho feito em Juazeiro feito pelo ex-prefeito Isaac quem não quer! ”   

Vereador Tiano FelixTiano Felix (PT) voltou às colocações de Agnaldo: “Precisamos compreender que existem dois tipos de apoio na política: apoio momentâneo a um governo e apoio a um projeto político”, destacando que apoia Isaac “a maior liderança política no Norte da Bahia”, por consolidar um projeto político “compromissado com o Povo”, diferente de deputado que “na visita diz uma coisa e no Congresso faz outra”. Jean Gomes, companheiro de PT, referendou em aparte o trabalho realizado por Isaac e cobrou: “Precisamos reconhecer o que foi feito”.

Alex Tanuri (PSL), deixou a Presidência e foi á tribuna e começou duro: “É muita pretensão um deputado vir aqui e tentar desmerecer o trabalho realizado pelo ex-prefeito Isaac Carvalho! ”. E manteve o tom, comparando deputados, “que ora estão com um, ora estão com outro” na defesa de seus próprios interesses e exigiu: “Não queiram vir a Juazeiro tirar proveito no período eleitoral. Tenham um pouco de coerência! ”.

Veradores repudiam críticas a IsaacAlex Tanuri concedeu aparte a Neguinha da Santa Casa, uma crítica ferrenha de Isaac Carvalho enquanto prefeito: “Temos de reconhecer que Isaac trabalhou pela Educação e trabalhou muito bem! ”, criticando deputados “de fora” que veem a Juazeiro discorrer sobre o que não conhecem. Ouviu o aparte de Reinaldo Sabino (PCdoB): “É muito deselegante um deputado federal, que até então estava na nossa base, vir dizer somente agora que Juazeiro deixou de receber emendas depois que o prefeito Isaac já concluiu o seu mandato”.

Também em aparte à Alex Tanuri o vereador Anastácio (PC do B) comparou a política de Juazeiro antes e depois de Isaac; que “sempre abriu espaço na base” e “soube respeitar as posições de cada um”, diferente dos “antigos” que condenam apenas “por estar em lados diferentes”: “Temos de tomar cuidado! ”, advertiu, para não voltar ao passado que Isaac derrotou.

Amadeus (PSD) registrou em aparte a Alex: “O prefeito Isaac Carvalho está de parabéns pelo serviço prestado à nossa região. Tem credibilidade para ser deputado federal”.

O vereador Gleidson Medrado (PSD), não se pronunciou.

 

Fonte: Ascom/CMJ

Fotos: Ascom/CMJ

 

Uneb será sede do 2° Encontro...

Publicado em Juazeiro

IMG 20170330 WA0049

...de estudantes indígenas

O Departamento de Ciências Humanas (DCH), campus III em Juazeiro, da Universidade do Estado da Bahia, sediará nos próximos dias 26, 27 e 28 de maio, o 2º Encontro dos Estudantes Indígenas da Uneb. Com o tema “A presença indígena na Universidade: acesso e permanência ainda é um desafio”, o evento busca discutir  as dificuldades enfrentadas pelos estudantes indígenas juntamente com o Núcleo indígena da Uneb (NIU), formado por estudantes.  

Além da temática central outras discussões serão promovidas por convidados como, lideranças indígenas, representantes da Fundação Nacional do Índio, Funai, além de estudantes indígenas de Salvador, Paulo Afonso e Jacobina. Também participarão do evento os diretores dos departamentos do campus III da UNEB e o Reitor José Bites de Carvalho.

Na programação estão previstas rodas de conversas, com o coordenador do Movimento Unido dos Povos Indígenas da Bahia, Kãhu Pataxó; a Coordenadora de Educação Escolar Indígena de Minas Gerais Célia Xacriabá e o Coordenador de Educação Indígena da Bahia, Rafael Truká. 

Os debates ao longo dos três dias de evento tratarão da realidade atual dos povos indígenas: conflitos, perseguições, ameaças e violação de direitos; direito à comunicação; importância das mulheres no movimento indígena; educação escolar e superior indígena no Brasil. A programação também inclui  grupos de discussão e trabalho, mini-cursos de pintura e  rituais como Toré.

O evento tem parceria com o Diretório Central dos Estudantes da UNEB (DCE), Centro de Pesquisa em Etnocidades, Opará e Funai.

 

Fonte: ASCOM/ DCH III