Codevasf investe cerca de R$ 4,3 milhões...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

34925051671 bf9a2b2e61 z...em melhorias para os produtores do projeto público de irrigação Formoso, localizado em Bom Jesus da Lapa, no Médio São Francisco baiano.

Cerca de R$ 4,3 milhões estão sendo investido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em melhorias para os produtores do projeto público de irrigação Formoso, localizado em Bom Jesus da Lapa, no Médio São Francisco baiano. A aplicação dos recursos é para recuperação de estradas internas e aquisição de equipamentos agrícolas. Nesta sexta-feira (02), a presidente da empresa, Kênia Marcelino, esteve no projeto para assinar ordem de serviço para iniciar as obras e entregar o maquinário. Na oportunidade, ela lançou cartilha para os irrigantes sobre descontos na quitação de débitos do K1 (tarifa d'água) e titulação de lotes. Participaram do evento o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, Harley Nascimento, o deputado federal, Arthur Maia, mais de 400 produtores do Projeto Formoso, o presidente da Associação Frutas Oeste Bahia, Ady Santos Oliveira, e o presidente do Grupo Banana da Bahia, Ervino Kogler.

"Se o Brasil está crescendo é porque vocês, produtores, estão trabalhando de forma honesta, de forma íntegra, de forma correta – então, parabéns mais uma vez. Cabe a nós gestores públicos dotar vocês das infraestruturas necessárias, que vocês tanto precisam", disse Kênia Marcelino no evento. "É com grande satisfação que estamos aqui hoje entregando itens como caminhão, caçamba, patrol, retroescavadeira e trator, e anunciando melhorias. Parte dos recursos são oriundos do orçamento da Codevasf, outra parte é oriunda de emenda parlamentar. O apoio parlamentar é sempre muito importante", afirmou. 

Na recuperação das estradas internas do projeto Formoso, a Codevasf está investindo R$ 2,8 milhões, recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Serão recuperados mais de 76 quilômetros de estradas vicinais internas do perímetro. A medida vai facilitar o deslocamento dos irrigantes e o escoamento da produção. "O perímetro irrigado tem uma malha enorme de estradas e a manutenção tem que ser feita no decorrer de todos os anos", avalia Enderson Souza, gerente-executivo do Distrito Irrigado Formoso.

Além da recuperação das vias de circulação no perímetro, os produtores estarão melhor estruturados com equipamentos que somam cerca de R$ 1,5 milhão. Foram entregues retroescavadeira hidráulica, caminhão basculante, trator agrícola, caminhonete, motoniveladora e roçadeira hidráulica. Os recursos aplicados na aquisição do maquinário são oriundos de emendas parlamentares e do orçamento próprio da Companhia. 

"Isso é muito bom. Quanto mais máquinas boas o distrito tiver, mais condições vai ter para melhorar ou manter a estrutura comum do projeto. Dá para fazer uns reparos e também vamos ter estrada boa para passar e para escoar a nossa produção, que vai ficar cada vez melhor. Aqui é um paraíso para quem quer trabalhar. É uma benção para todo mundo que procura e que quer trabalhar", diz o produtor do Formoso José Rinaldo. "São equipamentos que vêm somar de forma bastante expressiva na manutenção de adutoras, escavação, carga e transporte", complementa Enderson Souza.

Também prestigiaram o evento o prefeito de Sítio do Mato, Alfredo Magalhães, o prefeito de Igaporã, José Suly Fagundes Netto, o presidente do Conselho de Administração do Distrito de Irrigação do Formoso, Antônio Márcio, técnicos da Codevasf e autoridades locais.

Orientações para quitação de dívidas 

A cartilha lançada pela presidente da Codevaf visa tirar dúvidas dos irrigantes a respeito da renegociação de dívidas em relação a titulação e K1. Cerca de 200 lotes somente do Projeto Formoso já tiveram seus débitos liquidados desde fevereiro quando começou a campanha para liquidar as dívidas. Outros cerca de 100 produtores do perímetro já solicitaram o cálculo de débitos e descontos aplicáveis.
Os descontos previstos em lei variam de 10% a 95% e beneficiam irrigantes pessoa física que optarem pela quitação ainda neste ano. A negociação do cálculo de débitos e descontos pode ser feita até o dia 29 de novembro de 2017. Ao todo, nos perímetros irrigados do Médio São Francisco baiano, área de atuação da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Bom Jesus da Lapa, aproximadamente 300 produtores já iniciaram os processos de negociação de dívidas, chegando a cerca de 700 o número de irrigantes que já realizaram os cálculos. Cerca de R$ 85 mil já foram arrecadados com a ação no Médio São Francisco baiano até o final de abril, já que o levantamento de maio ainda não foi finalizado. 

"Regularizar a situação dos lotes traz alívio demais. Eu já vinha pagando as contas atrasadas do antigo proprietário e agora veio essa oportunidade. É uma benção poder quitar o que é seu. Quem é que não gosta? É bom demais não dever nada para ninguém. E nos dá a oportunidade de investir cada vez mais na nossa produção com o dinheiro que sobra dessas dívidas que não existem mais", diz o irrigante José Rinaldo, que já quitou seu débito.

 "Eu não esperava por essa chance. Vinha procurando pagar as dívidas antigas e agora surgiu essa oportunidade de acabar com esse débito. Acho que os outros irrigantes também deveriam correr atrás porque outra oportunidade como essa deve demorar para acontecer. Vale a pena fazer um esforço agora para poder resolver logo essa situação", diz o irrigante Sarapião Costa, que também quitou as suas dívidas.
O Distrito Irrigado Formoso disponibilizou um canal de atendimento para orientação dos produtores. "Buscamos informar ainda mais os produtores que todos os dias passam por aqui para se informar sobre essa renegociação que é muito importante para todos os irrigantes", diz Enderson Souza.

Outras ações

Como parte da agenda da presidente da Codevasf na Bahia, foi assinado, na quinta-feira (01), o edital de licitação para recuperação e modernização da infraestrutura do projeto público de irrigação Ceraíma, em Guanambi (BA), com a aplicação de investimentos de R$ 6 milhões. O ato aconteceu na abertura da XXIX Exposição Agropecuária de Guanambi. 

"É fundamental a fruticultura desse perímetro para a região. Acreditamos que em meados de 2018 a área voltará a produzir cerca de quatro mil toneladas de frutas por ano, beneficiando toda a região – Guanambi e cidades circunvizinhas", avalia o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, Harley Nascimento.

A presidente da Codevasf também assinou termo de doação de maquinário agrícola à Prefeitura Municipal de Urandi (BA), que beneficiará produtores rurais da região. Foram repassados ao município veículo, trator, carreta agrícola, grade aradora e arado fixo – o investimento é de R$ 114 mil, oriundos de emenda parlamentar.

Ascom Codevasf Foto Divulgação