Governo cria Centro de Operações de Emergências

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

rui costa microfone gilbertoJr bocaonews 240413 9Governo do Estado cria Centro de Operações de Emergências em Saúde
 
Na próxima semana entra em funcionamento o Centro de Operações de Emergências em Saúde do Governo da Bahia. O objetivo é atender às necessidades de produção e atualização de informações sobre o quadro epidemiológico baiano e estabelecimento das medidas de vigilância, controle e atenção. A iniciava é coordenada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e conta com participação de outros órgão do governo, Ministério da Saúde, além de especialistas. Serão produzidos boletins semanais, divulgados sempre às segundas, a partir das 15h.
 
O Centro de Operações também será responsável pelo envio de equipes para auxiliar os municípios na investigação em campo, clínica e laboratorial, bem como o estabelecimento de um plano para controle das microcefalias e redução dos agravos. “Caso necessário, o envio de recursos adicionais será realizado”, afirma o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, ao complementar que está em produção uma campanha de mobilização envolvendo a população e os gestores municipais. 
 
Até o dia 1º de dezembro de 2015 foram notificados 112 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 34 municípios, dos quais, 26 foram confirmados. Este número segue o padrão estabelecido até ontem (2) pelo Ministério da Saúde, no qual considera microcéfalos os bebês que tenham perímetro cefálico igual ou inferior a 33 centímetros. Desse total, foram notificados seis óbitos nos municípios de Salvador (1), Itapetinga (1), Olindina (1), Tanhaçú (1), Camaçari (1) e Itabuna (1). 
 
As cidades com o maior número de casos notificados são, respectivamente, Salvador (69), Feira de Santana (4) e Lauro de Freitas (4). Ressalta-se que todos os casos notificados como suspeitos são investigados e classificados, sempre seguindo a orientação da Secretaria de Vigilância em Saúde, órgão ligado ao Ministério da Saúde. Serão divulgados boletins semanais, todas as segundas, a partir das 15h.
 
Cabe ressaltar que a suspeita, notificação e registro oportuno de casos de microcefalia são fundamentais para desencadear o processo de investigação, visando à identificação das prováveis causas, assim como o acompanhamento da evolução destes casos. Dessa forma, todos os casos identificados de microcefalia que se enquadram na definição do Ministério da Saúde, devem ser comunicados imediatamente (até 24 h) pela equipe do estabelecimento de saúde onde foi realizado diagnóstico, por meio do formulário de notificação de ocorrência de microcefalia disponível no endereço www.resp.saude.gov.br.
 
Considerando o quadro epidemiológico atual, a Sesab recomenda aos Núcleos Regionais de Saúde, Bases Regionais de Saúde e às secretarias municipais de saúde as seguintes ações: 
 
a) Divulgar aos profissionais de saúde, definição padronizada de casos suspeitos de microcefalia; 
 
b) Notificar imediatamente os casos suspeitos, por meio do formulário de Registro de Eventos de Saúde Pública referente às microcefalias (RESP – Microcefalias), no endereço www.resp.saude.gov.br e no Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (Sinasc) conforme orientação; 
 
c) Divulgar para a população, em especial mulheres em idade fértil e as gestantes, medidas de proteção individual, mesmo sem evidências até o momento de relação causal de qualquer enfermidade e agravo prévio;
 
d) Reforçar as ações de prevenção e controle vetorial (a exemplo da eliminação dos criadouros do mosquito Aedes aegypti) nas áreas urbanas e periféricas.
 
e) Reforçar a importância do registro no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) dos casos de notificação compulsósia ocorridos durante a gestação, especialmente sífilis, toxoplasmose, HIV, dengue, chikungunya e zika.
 
Considerando a possibilidade de associação da microcefalia com doenças infecciosas, ou outras causas, recomenda-se aos serviços e profissionais de saúde que informem a todas as gestantes e mulheres em idade fértil, com possibilidade de engravidar, que: 
 
1) Devem ter a sua gestação acompanhada em consultas pré-natal, realizando todos os exames recomendados pelo seu médico;
2) É importante a atualização das vacinas de acordo com o calendário vacinal do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde: 
3) Não devem consumir bebidas alcoólicas ou quaisquer tipos de drogas;
4) Não utilizar medicamentos sem a orientação médica;
5) Evitar contato com pessoas com febre, exantemas ou infecções;
6) Adoção de medidas que possam reduzir a presença de mosquitos transmissores de doenças, com a eliminação de criadouros (retirar recipientes que tenham água parada e cobrir adequadamente locais de armazenamento de água);
7) Proteger-se de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida;
8) Consultar o médico sobre o uso de repelentes e verificar atentamente no rótulo a concentração e definição da freqüência do uso para gestantes; 
9) Se houver qualquer alteração no estado de saúde, principalmente no período até o 4º mês de gestação, ou na persistência de doença pré-existente nessa fase, comunicar o fato aos profissionais de saúde (médicos obstetras, médico ultrassonografista e demais componentes da equipe de saúde) para que tomem as devidas providências para acompanhamento da gestação.
 
 

Secom 

Rui antecipa ICMS e quita dívidas com 417 municípios

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

Rui antecipa ICMSRui antecipa ICMS e quita dívidas com 417 municípios baianos

“Vamos fazer todos os esforços para que as prefeituras baianas equilibrem suas contas públicas, antecipando, para este mês, o pagamento da última parcela do ICMS de 2015, que seria paga em janeiro. Esse montante representa R$ 100 milhões que serão distribuídos para as 417 cidades baianas”. A afirmação do governador Rui Costa foi feita na quarta-feira (2), na Governadoria, em Salvador, durante reunião com representantes de 13 prefeituras que integram a Entidade Metropolitana.
 
Além da antecipação do repasse para os municípios, Rui também assegurou o pagamento, até o final desse ano, de todos os valores referentes às contrapartidas de 2015 do Estado para municípios na área da saúde, como o Samu e o Programa de Saúde da Família, que somam R$ 33 milhões.
 
O montante do Estado que será destinado às prefeituras é proveniente de remanejamento interno do orçamento. Já os débitos de gestões anteriores a 2015 serão pagos até o final de 2016.
 
Os novos recursos que serão injetados pelo Estado ajudarão a reverter a situação dos cofres municipais, que foi prejudicada pela queda no recebimento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).



Fotos: Amanda Oliveira/GOVBA

Acidente deixa duas pessoas mortas em Jucati

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

12313753 845073672271923 6388846285807288893 nAcidente deixa duas pessoas mortas e criança com fratura 

Duas pessoas morreram e pelo menos sete ficaram feridas neste domingo (29) em um acidente na BR-423, em Jucati, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dois carros colidiram de frente no km 80. Um homem de 35 anos e uma mulher de 37 anos ficaram presos às ferragens, não resistiram aos ferimentos e morreram no local, conforme o Corpo de Bombeiros.


A PRF disse ao que três pessoas ficaram feridas gravemente e foram levadas a um hospital no Recife. O Corpo de Bombeiros informou ainda que quatro feridos foram encaminhados ao Hospital Dom Moura, em Garanhuns, no Agreste. Entre os feridos está uma criança de onze anos - que teve fraturas nas pernas, de acordo com a assessoria da polícia.

A colisão foi registrada no domingo (29), no km 80, na BR-423, em Jucati/PE

 

Fonte G1/Foto: Divulgação

Curso orienta vender para órgãos públicos

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

SebraeCurso orienta empreendedores a vender para órgãos públicos. Capacitação acontece nos dias 1º e 2 de dezembro, no Sebrae local

Os empreendedores que querem expandir os negócios e vender seus produtos ou serviços para a união, estados ou municípios podem buscar orientações no curso Compras Governamentais PAA/PNAE, que será realizado gratuitamente no Sebrae, em Paulo Afonso, nos dias 1º e 2 de dezembro, das 8h às 17h.

O curso é direcionando para microempreendedores individuais (MEI), além de proprietários de micro e pequenas empresas que já participam de licitações do governo e aqueles com potencial de venda. As vagas são limitadas e os interessados podem se inscrever na sede do Sebrae Paulo Afonso, na Rua São Francisco, nº 233, Centro, ou pelo telefone (75) 3281 4333.

O técnico do Sebrae no município, Fábio Alves, explica que o curso integra uma das ações da instituição para garantir a inserção de pequenos negócios do Estado da Bahia nas Compras Públicas. “A grande vantagem de vender para o governo é a oportunidade de fazer vendas mais significativas e o maior desenvolvimento da empresa, já que o governo tem um grande potencial de compra”, explica. De acordo com Alves, também podem ser capacitados agricultores familiares, extrativistas, quilombolas, trabalhadores rurais, sem terra acampados, grupos indígenas e ribeirinhos organizados por cooperativas, associações ou ainda informais que podem se tornar fornecedores do governo por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

PAA/PNAE

A aprovação da Lei n.º 10.696/03 criou o Programa de Aquisição de Alimentação (PAA), cujo objetivo é promover o acesso de alimentos às populações em situação de insegurança alimentar, além da inclusão social e econômica no campo, por meio do fortalecimento da agricultura familiar. Já o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), criado pela Lei 11.947/09, tem o objetivo oferecer alimentação saudável aos estudantes das escolas públicas de todo Brasil.

Serviço
O que: Curso Compras Governamentais PAA/PNAE
Quando: 1º e 2 de dezembro, das 8h às 17h
Onde: Sebrae Paulo Afonso (Rua São Francisco, nº 233, Centro)
Investimento: Gratuito

Por Lucilene Santos/Agência Sebrae de Notícias Bahia

Campo Alegre de Lourdes recebe nova viatura

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

IMG 20151127 WA0059Campo Alegre de Lourdes recebe nova viatura da Polícia Civil

A prefeitura de Campo Alegre de Lourdes entregou aos cidadãos campoalegrenses, na última quinta-feira (26), uma nova viatura para execução das atividades da Polícia Civil. A conquista do veículo é fruto de uma audiência entre a prefeita Delaneide Borges Dias e representantes da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o secretário Maurício Barbosa, e o subsecretário Ari Pereira. Na oportunidade, foram discutidas as providências para a reabertura da agência do Banco do Brasil (BB), fechada após o assalto ocorrido no dia 23 de fevereiro deste ano.

Durante o encontro, a gestora do município cobrou ao secretário medidas para melhoria da segurança na cidade. As principais reivindicações foram: a reabertura do posto policial do Distrito de Santo Antônio do Peixe; novas viaturas policiais; e aumento do contingente policial no município.

O primeiro pedido foi prontamente atendido pela autoridade de segurança. O posto de Santo Antônio do Peixe já está em funcionamento com a presença de três policiais militares. A segunda reivindicação também já teve o processo de contemplação aos munícipes iniciado. Sobre o aumento na frota do policiamento, a prefeitura foi informada que novas turmas estão recebendo formação e, em breve, Campo Alegre de Lourdes poderá receber três novos agentes civis.

Fonte: Ascom da Prefeitura de Campo Alegre de Lourdes