Pinheiro na luta pelo pagamento de indenização pela CHESF

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

sobradinho barragemBarragem de Sobradinho: Pinheiro quer STF no impasse sobre pagamento de indenização pela CHESF

O senador Walter Pinheiro (PT/BA) vai apelar ao Supremo Tribunal Federal (STF) para resolver o impasse envolvendo o pagamento de indenizações pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) nas desapropriações ocorridas no ano de 1976 pela construção da Barragem de Sobradinho, na Bahia.

A decisão foi anunciada após audiência realizada, na manhã desta quarta-feira (26), na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado, que debateu a questão para auxiliar as famílias vítimas do processo de desapropriação.

Pinheiro disse ainda que busca posicionamento da Secretaria Geral da Presidência da República: "Esse é um processo que se arrasta há muitos anos e afeta pelo menos 240 famílias. Nossa reclamação é que o Estado Brasileiro não pode aguardar 'ad aeternum' uma decisão judicial. Precisamos de um posicionamento para essas famílias sobre os encaminhamentos".

Ausência – A ausência do Advogado Geral da União, Luís Inácio Lucena Adams, na audiência foi criticada. O presidente da Comissão, senador Wellington Fagundes (PR-MT), defendeu que o colegiado aprove requerimento dando a Adams prazo de 60 dias para se manifestar sobre o processo, podendo incorrer em crime de responsabilidade, caso não se manifeste.

Pinheiro lembrou que sequer foi apresentada proposta de intervenção em benefício das famílias, como a execução de políticas de irrigação e de desenvolvimento rural, "técnicas que poderiam ser discutidas para essas famílias, já utilizadas na região em benefício de GRANDES indústrias, como as de beneficiamento de vinhos e produção de frutas".

Os convidados relataram o descaso com as famílias, a desorganização da produção local e a falta de perspectivas para os trabalhadores rurais. O advogado Mário Moreira, representante OAB/BA, lembrou que as famílias vítimas deixaram seus sucessores como herdeiros desse direito (indenização).

Cláudio Bastos, presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado da Bahia- FETAG/BA, revelou que, "apesar do êxodo, muitas famílias ainda permanecem na área e poderiam estar contribuindo para o desenvolvimento da região".

O presidente da Associação dos Moradores dos Povoados Atingidos pela Barragem de Sobradinho (AMOPOABS), José Gomes de Souza, leu uma carta em que relata o sumiço dos documentos das vítimas nos fóruns locais. "Só receberam do Estado brasileiro a tristeza de ver tirar o direito de suas terras. Não podemos esperar mais 30 anos para resolver esse problema social!", apelou José Gomes.

O representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), David Wylkerson, disse que não entende a falta de entendimento pelos representantes da União, mesmo reconhecendo toda a legalidade da tramitação processual. "Já há uma sinalização dos representantes das vítimas da possibilidade de se fazer um acordo", afirmou.

Os municipios que devem ser beneficiados: Casa Nova, Remanso, Pilão Arcado, Sento-Sé

Ascom/Senador Walter Pinheiro

Vinhuva Fest é destaque em encontro ....

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

Dhoni e o presidente da AsturVinhuva Fest é destaque em encontro da Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco

A estrutura e o novo formato da Vinhuva Fest 2015 chamaram a atenção de gestores e secretários de turismo de vários municípios pernambucanos durante o 3º Encontro da Astur (Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco). O evento aconteceu nesta terça (25) e quarta-feira (26) em Caruaru, no Agreste do Estado.

Participaram do encontro o prefeito de Lagoa Grande, Dhoni Amorim, e o secretário municipal de Governo e organizador da feira, Williams Bartolomeu. Eles apresentaram o projeto da Vinhuva Fest, destacando que o novo formato prioriza o turismo, os negócios e o desenvolvimento regional. O prefeito ainda ressaltou os potenciais turísticos da região, incluindo as vinícolas, os passeios no Rio São Francisco e a produção do artesanato local.

“Durante a Vinhuva Fest, além dos shows com atrações locais e nacionais, iremos oferecer várias opções aos nossos turistas, como o passeio de catamarã e visitas às vinícolas, onde eles poderão conhecer todo o processo de produção de vinhos, sucos e espumantes”, destacou Dhoni Amorim.

O presidente da Astur, André Quirino, e muitos secretários garantiram apoio ao evento, inclusive com divulgação maciça em seus municípios. A Vinhuva Fest acontecerá entre os dias 8 e 11 de outubro no Parque da Uva e do Vinho, na região central de Lagoa Grande. Durante o evento, serão realizadas também a 1ª Feira Internacional de Agronegócios e Vitivinicultura e a 1ª Feira de Caprinos, Ovinos e Equinos.  

 
1º Feira Internacional da Uva e do Vinho
8ª VinhuvaFest - 2015

Vinhuva Fest é destaque em encontro ....

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

Dhoni e o presidente da AsturVinhuva Fest é destaque em encontro da Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco

A estrutura e o novo formato da Vinhuva Fest 2015 chamaram a atenção de gestores e secretários de turismo de vários municípios pernambucanos durante o 3º Encontro da Astur (Associação das Secretarias de Turismo de Pernambuco). O evento aconteceu nesta terça (25) e quarta-feira (26) em Caruaru, no Agreste do Estado.

Participaram do encontro o prefeito de Lagoa Grande, Dhoni Amorim, e o secretário municipal de Governo e organizador da feira, Williams Bartolomeu. Eles apresentaram o projeto da Vinhuva Fest, destacando que o novo formato prioriza o turismo, os negócios e o desenvolvimento regional. O prefeito ainda ressaltou os potenciais turísticos da região, incluindo as vinícolas, os passeios no Rio São Francisco e a produção do artesanato local.

“Durante a Vinhuva Fest, além dos shows com atrações locais e nacionais, iremos oferecer várias opções aos nossos turistas, como o passeio de catamarã e visitas às vinícolas, onde eles poderão conhecer todo o processo de produção de vinhos, sucos e espumantes”, destacou Dhoni Amorim.

O presidente da Astur, André Quirino, e muitos secretários garantiram apoio ao evento, inclusive com divulgação maciça em seus municípios. A Vinhuva Fest acontecerá entre os dias 8 e 11 de outubro no Parque da Uva e do Vinho, na região central de Lagoa Grande. Durante o evento, serão realizadas também a 1ª Feira Internacional de Agronegócios e Vitivinicultura e a 1ª Feira de Caprinos, Ovinos e Equinos.  

 
1º Feira Internacional da Uva e do Vinho
8ª VinhuvaFest - 2015

Uauá reconhece pauta da integração regional

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

IMG 0869Lideranças de Uauá reconhecem a pauta da integração regional sugerida pelo prefeito Isaac

O prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, participou, no último sábado, 22, de um encontro com lideranças políticas e entidades de classe do município de Uauá, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Ele foi convidado a apresentar informações de gestão e como tem buscado pautar a ideia de integração regional. O deputado Estadual Zó esteve no evento e também proferiu algumas palavras.

Para um dos coordenadores do evento, Pedro Peixinho, presidente do Diretório local do PCdoB, este é um momento especial, não somente para Uauá, mas para todos os municípios da Região Norte. Ressaltou o destaque que Juazeiro vem ganhando devido à gestão Isaac Carvalho e que as outras cidades podem seguir junto, tomando o município ribeirinho como referência. “Nós temos pensado a nossa cidade com o objetivo de inseri-la nessa discussão regional. É projetar Uauá para o futuro e integrar com os demais municípios”, declarou.

Lindomar Dantas, ex-candidato a prefeito e militante dos movimentos sociais, fez uma avaliação muito positiva, pois mostra o desejo de se discutir a cidade e como as lideranças podem atuar, além do amparo político que deve-se obter, principalmente com o prefeito Isaac que tem feito um discurso de desenvolvimento regional integrado. “O que nós queremos é buscar estas referências positivas da gestão e que tem tido resultado, mas sempre lembrando que não podemos viver em Uauá como um município isolado. É um encontro suprapartidário que pretende esclarecer as pessoas que precisamos criar um encadeamento de colaboração entre os municípios. E Uauá não pode ficar fora disso”, avaliou.

O deputado Zó se colocou à disposição para sempre colaborar com as cidades do território, independente de questões partidárias e eleitorais. “Quando preparamos a gestão em Juazeiro, conversamos com todos para que a cidade hoje seja destaque nacional na geração de emprego, na educação. Tudo o que foi planejado, por pessoas que queriam o bem da cidade, que ela se desenvolvesse agora está sendo executado, com urbanização de vários bairros, construção de equipamentos públicos como creches, quadras cobertas, escolas com ar-condicionado. E Isaac foi o condutor desse processo e se tornou uma liderança regional naturalmente”, disse.

O prefeito ressaltou a importância do desenvolvimento regional integrado em simples palavras. “Se em Uauá houver um problema, Juazeiro, certamente, será afetada. Se em Juazeiro tiver um problema, Uauá também será afetada. Vejamos o exemplo da saúde: nosso município tem que atender a mais de 50 outras cidades. Então temos que nos juntar, procurar resolver demandas locais, mas pensando regionalmente,  pois se o crescimento for maior para um, a outra que tem maior estrutura acabará ficando sobrecarregada. Então, não há mais como evitar esse debate”.

Por Raphael Leal/PMJ

Processamento de fibras de coco

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

IMG 2612Nova fábrica de processamento de fibras de coco no Conde

A Unidade de Processamento de Fibras – UPF da Fibraztech, do Grupo Aurantiaca, está iniciando as operações. A fábrica integra o complexo industrial Frysk, localizado no município do Conde, Litoral Norte da Bahia. A nova unidade gera atualmente dois produtos: pó de coco e fibra de coco, ambos provenientes do coco seco. A matéria-prima é originária das fazendas próprias da Obrigado® e também de outras propriedades rurais da Bahia, a maioria da região do Conde.

Na nova fábrica foram investidos cerca de cinco milhões de dólares, entre prédio, maquinário e infraestrutura. A nova unidade vai processar cerca de 3 milhões e 168 mil cascas de coco, por mês. Serão produzidas mensalmente 308 toneladas de fibras.

O Vice-presidente da Aurantiaca, Roberto Lessa, explica que o pó do coco é um produto ainda pouco conhecido no Brasil, mas que possui uma grande importância para a aplicação na agricultura de alta tecnologia, sendo utilizado como substrato para plantas. “Esse pó é aplicado com o intuito de fortalecer e favorecer o crescimento da vegetação, melhorando o desempenho da agricultura”, afirma Lessa.

Lauro Finizola, engenheiro de projetos e desenvolvimento de equipamentos da UPF, afirma que na Unidade há, no momento, um estoque de 6 milhões e 800 mil cascas de coco. Essa matéria-prima é levada por uma carregadeira e depositada no transportador, onde posteriormente é conduzida para um batedor de fibras. Na etapa seguinte, a casca é processada, resultando em uma fibra ainda em estágio bruto.

Do transportador, o passo posterior consiste em leva-la para o pátio de maceração. “A fibra passará alguns dias sendo molhada para absorver a resina. Depois disso é levada para o desfibrador e para as peneiras classificatórias, que têm a finalidade de separar o pó da fibra. Depois será lavado, secado e enfardado por uma prensa. Tornando as fibras em fardos de 180 à 200 quilos, cada um”, explica.

Os fardos das fibras são transportados para a unidade têxtil da Frysk, também no Conde. Lá as fibras são utilizadas na confecção de mantas e de biorrolos. De acordo com o gerente da Fibraztech, Isomar Martins, esses produtos que saem da unidade têxtil são muitos usados na engenharia para várias aplicações, inclusive para o reflorestamento de encostas, durante obras de construção de estradas. “Dois exemplos de utilização desses produtos na Bahia são a duplicação da Linha Verde, entre Praia do Forte e Itacimirim, além das obras do Complexo de Viadutos do Imbuí, em Salvador, afirma.

Assessoria de Imprensa: Cibermídia Comunicação Marketing

Jornalista responsável: Tássia Catarina - MTb. 1804 /MTb. 2627