Uauá reconhece pauta da integração regional

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

IMG 0869Lideranças de Uauá reconhecem a pauta da integração regional sugerida pelo prefeito Isaac

O prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho, participou, no último sábado, 22, de um encontro com lideranças políticas e entidades de classe do município de Uauá, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Ele foi convidado a apresentar informações de gestão e como tem buscado pautar a ideia de integração regional. O deputado Estadual Zó esteve no evento e também proferiu algumas palavras.

Para um dos coordenadores do evento, Pedro Peixinho, presidente do Diretório local do PCdoB, este é um momento especial, não somente para Uauá, mas para todos os municípios da Região Norte. Ressaltou o destaque que Juazeiro vem ganhando devido à gestão Isaac Carvalho e que as outras cidades podem seguir junto, tomando o município ribeirinho como referência. “Nós temos pensado a nossa cidade com o objetivo de inseri-la nessa discussão regional. É projetar Uauá para o futuro e integrar com os demais municípios”, declarou.

Lindomar Dantas, ex-candidato a prefeito e militante dos movimentos sociais, fez uma avaliação muito positiva, pois mostra o desejo de se discutir a cidade e como as lideranças podem atuar, além do amparo político que deve-se obter, principalmente com o prefeito Isaac que tem feito um discurso de desenvolvimento regional integrado. “O que nós queremos é buscar estas referências positivas da gestão e que tem tido resultado, mas sempre lembrando que não podemos viver em Uauá como um município isolado. É um encontro suprapartidário que pretende esclarecer as pessoas que precisamos criar um encadeamento de colaboração entre os municípios. E Uauá não pode ficar fora disso”, avaliou.

O deputado Zó se colocou à disposição para sempre colaborar com as cidades do território, independente de questões partidárias e eleitorais. “Quando preparamos a gestão em Juazeiro, conversamos com todos para que a cidade hoje seja destaque nacional na geração de emprego, na educação. Tudo o que foi planejado, por pessoas que queriam o bem da cidade, que ela se desenvolvesse agora está sendo executado, com urbanização de vários bairros, construção de equipamentos públicos como creches, quadras cobertas, escolas com ar-condicionado. E Isaac foi o condutor desse processo e se tornou uma liderança regional naturalmente”, disse.

O prefeito ressaltou a importância do desenvolvimento regional integrado em simples palavras. “Se em Uauá houver um problema, Juazeiro, certamente, será afetada. Se em Juazeiro tiver um problema, Uauá também será afetada. Vejamos o exemplo da saúde: nosso município tem que atender a mais de 50 outras cidades. Então temos que nos juntar, procurar resolver demandas locais, mas pensando regionalmente,  pois se o crescimento for maior para um, a outra que tem maior estrutura acabará ficando sobrecarregada. Então, não há mais como evitar esse debate”.

Por Raphael Leal/PMJ

Processamento de fibras de coco

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

IMG 2612Nova fábrica de processamento de fibras de coco no Conde

A Unidade de Processamento de Fibras – UPF da Fibraztech, do Grupo Aurantiaca, está iniciando as operações. A fábrica integra o complexo industrial Frysk, localizado no município do Conde, Litoral Norte da Bahia. A nova unidade gera atualmente dois produtos: pó de coco e fibra de coco, ambos provenientes do coco seco. A matéria-prima é originária das fazendas próprias da Obrigado® e também de outras propriedades rurais da Bahia, a maioria da região do Conde.

Na nova fábrica foram investidos cerca de cinco milhões de dólares, entre prédio, maquinário e infraestrutura. A nova unidade vai processar cerca de 3 milhões e 168 mil cascas de coco, por mês. Serão produzidas mensalmente 308 toneladas de fibras.

O Vice-presidente da Aurantiaca, Roberto Lessa, explica que o pó do coco é um produto ainda pouco conhecido no Brasil, mas que possui uma grande importância para a aplicação na agricultura de alta tecnologia, sendo utilizado como substrato para plantas. “Esse pó é aplicado com o intuito de fortalecer e favorecer o crescimento da vegetação, melhorando o desempenho da agricultura”, afirma Lessa.

Lauro Finizola, engenheiro de projetos e desenvolvimento de equipamentos da UPF, afirma que na Unidade há, no momento, um estoque de 6 milhões e 800 mil cascas de coco. Essa matéria-prima é levada por uma carregadeira e depositada no transportador, onde posteriormente é conduzida para um batedor de fibras. Na etapa seguinte, a casca é processada, resultando em uma fibra ainda em estágio bruto.

Do transportador, o passo posterior consiste em leva-la para o pátio de maceração. “A fibra passará alguns dias sendo molhada para absorver a resina. Depois disso é levada para o desfibrador e para as peneiras classificatórias, que têm a finalidade de separar o pó da fibra. Depois será lavado, secado e enfardado por uma prensa. Tornando as fibras em fardos de 180 à 200 quilos, cada um”, explica.

Os fardos das fibras são transportados para a unidade têxtil da Frysk, também no Conde. Lá as fibras são utilizadas na confecção de mantas e de biorrolos. De acordo com o gerente da Fibraztech, Isomar Martins, esses produtos que saem da unidade têxtil são muitos usados na engenharia para várias aplicações, inclusive para o reflorestamento de encostas, durante obras de construção de estradas. “Dois exemplos de utilização desses produtos na Bahia são a duplicação da Linha Verde, entre Praia do Forte e Itacimirim, além das obras do Complexo de Viadutos do Imbuí, em Salvador, afirma.

Assessoria de Imprensa: Cibermídia Comunicação Marketing

Jornalista responsável: Tássia Catarina - MTb. 1804 /MTb. 2627

Colisão na Dutra deixa vítima fatal

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

11902249 10203262649686079 8506206999207389581 nColisão na ponte Presidente Dutra deixa uma vítima fatal

Um grave acidente ocorreu na noite deste sábado (22)  na Ponte Presidente Dutra, quando um veículo da marca ´gol` que estava no sentido Petrolina/Juazeiro, perdeu o controle e bateu na mureta lateral da Ponte.

O carro perdeu o controle e deu  um giro com o impacto e em seguida colidiu com  um caminhão da marca Mercedes, de cor azul que vinha sentido Juazeiro/Petrolina. A batida foi de frente, resultando na morte de um homem ainda não identificado que estava no GOLA Policia Rodoviária e o SAMU foram acionados e fizeram os devidos encaminhamentos.11933393 10203262651286119 3617504786281510368 n

 

(Por Neya Gonçalves Fotos: Whatsap)

Jaguarari vai começar pagar o Garantia Safra

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

garantiaa safraJaguarari vai começar a pagar o Garantia Safra em outubro

2.776 agricultores do município de Jaguarari, inscritos no programa Garantia-Safra, desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), e executado em Jaguarari pela Secretaria Municipal de Agricultura, vão receber, a partir do mês de outubro, a primeira parcela do pagamento referente à safra 2014/2015, no valor de R$850 reais, que será dividido em cinco parcelas, no valor de R$170 reais cada.

O Garantia Safra é um benefício social, que tem por objetivo garantir renda mínima a agricultores de localidades atingidas sistematicamente por situação de emergência ou calamidade. Tem direito ao Garantia-Safra agricultores que tiveram perdas de, pelo menos, 50% da produção. A indenização é paga por meio de cartões eletrônicos da Caixa Econômica Federal, já repassados para os beneficiários do município.

As inscrições do programa para a safra 2015/2016 já estão abertas. O agricultor deve procurar a Secretaria municipal de Agricultura, onde será realizado um recadastramento. Este ano, o agricultor deverá apresentar uma declaração da associação da qual faz parte, para ser colocada em anexo à sua documentação. Só assim será possível receber o benefício. 

Durante a inscrição, o agricultor receberá um boleto, no valor de R$ 17,00, para fazer a adesão ao Garantia-Safra. O pagamento deve ser feito em uma agência da Caixa Econômica Federal ou correspondente bancário. “Os agricultores devem ficar atentos aos prazos de inscrição e de pagamento do boleto. A adesão deve ser feita antes do plantio para que o agricultor tenha sua produção segurada”, alerta o Secretário de Agricultura, Zé de Souza.

Ascom Jaguarari

 

Atendimento Especializado em Lagoa Grande

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

IMG 20150803 WA0012Atendimento Educacional Especializado em Lagoa Grande é referência na região
 
Pensando em melhor atender as crianças com deficiências, a secretaria de educação resolveu montar em 2013 uma sala de Atendimento Especializado, seguindo a Constituição Brasileira de 88 no artigo 208, e o artigo 58 da Lei de Diretrizes e Bases (LDB) preferencialmente matriculadas na rede regular de ensino.
De acordo com a coordenadora da escola Hélio Ferreira Maia, Márcia Alves, o município de Lagoa Grande não atendia a essas leis “O prédio da escola é novo, só tem 15 anos, agora existia essa sala, mas não era funcional, por quê? Acredito eu que não sentiam a necessidade de incluir essas crianças com deficiências em sociedade, mas logo que a atual gestão assumiu, e o secretário Daniel Torres assumiu a pasta da educação, foi realizada uma adaptação para estarmos recebendo essas crianças. Hoje temos mais de 15 alunos, sabemos que é um número pequeno, mas diariamente eles aprendem coisas novas”, explicou Márcia.
O Atendimento Especializado acontece na Unidade do Hélio Ferreira Maia na Sede e à Escola Arco Iris. Creche saberes, creche Nilza Ramos e com os alunos do Nossa Senhora Auxiliadora e Palmira de Sousa. A Síndrome Down, esquizofrenia, autismo, paralisia cerebral, transtorno global de desenvolvimento, deficiência intelectual, cegueira congênita, são algumas das deficiências que os alunos especiais apresentam.
O atendimento segundo Maria Medianeira, Professora da Sala de Educação Especial são atividades distintas aplicadas nas crianças “O nosso atendimento prestado à essas crianças não funciona como um reforço escolar, mas trabalhamos em parceria com as educadoras das unidades regulares onde estas crianças estão matriculadas, assim podemos traçar novos métodos de ensino para serem aplicadas na sala de aula e aqui na Sala Especial trabalhamos diversas outras atividades, como: diferenciação de cores, linguagem de sinais, coordenação motora, dentre outras, mas cada atividade é desenvolvida e aplicada segundo a necessidade do aluno”, explicou.
Para a dona de casa Silvana Souza, mãe do aluno João Pedro, portador de Down e Autismo, encontrou na escola Hélio Ferreira o atendimento educacional que nenhuma unidade particular ensino oferece “Sou de Petrolina, e lá meu filho não tinha o atendimento que há 1 ano está recebendo aqui em Lagoa Grande. Mudei a minha vida para ver o João inserido em uma escola regular, não pretendo voltar à Petrolina enquanto meu filho estiver sendo tão bem tratado como está, aqui as professoras lecionam porque amam e não só pelo financeiro, a gestão está de parabéns Lagoa Grande tem o melhor ensino Educacional Especializado da região”, finalizou.
O atendimento acontece no horário oposto ao das aulas regulares, e por lei o autista tem direito a uma acompanhante na sala regular, mas, a secretaria de educação foi além e quando estas crianças faltam estas acompanhantes frequentam normalmente as aulas para acompanhar outras crianças. Os professores são capacitados através do Ministério da Educação anualmente, mas sempre acontecem congressos na região e esses professores participam para adquirir mais experiência.
A Secretaria de Educação informa à sociedade que ainda não conhece o trabalho e necessita do atendimento especial pode estar procurando tanto na secretaria quanto na escola Hélio Ferreira Maia para mais informações sobre como realizar as matriculas desses alunos. 
Texto e Foto: Núcleo de Comunicações, Relações Institucionais e Ouvidoria da Prefeitura de Lagoa Grande. 0800 081 9066 - (87) 3869.9157.