Padrasto que estuprou criança de 2 anos confessa o crime

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

a6861b13 43b3 4fde bf39 5e0522189211Nesta segunda-feira (19) o padrasto, que já estava preso por suspeita de estupro, confessou à polícia ter cometido o abuso, a criança morreu depois do crime. O suspeito disse que, além de ter estuprado as crianças, já abusou animais, como ovelha, galinha e cachorro.

A delegada Juliana Fontes, responsável pela Delegacia da Mulher (Deam), disse que o suspeito foi ouvido novamente nesta segunda-feira, antes de ser conduzido da unidade policial para o Conjunto Penal de Paulo Afonso. A polícia já tinha provas de que o crime tinha sido cometido pelo homem, após exame feito pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).

O padrasto morava com a mãe da criança, que estendia roupas no varal quando ocorreu o crime. Ele pegou a criança e levou para o banheiro, alegando que iria dar banho nela. Um menino de oito anos e uma menina de cinco anos, filhos da mulher, também estavam na casa quando ocorreu o estupro. A mãe só entrou em casa ao ouvir os gritos da criança, depois do crime.

O homem contou à polícia que estuprou a menina e resolveu dar banho nela com sabão, quando a criança desmaiou e bateu com a cabeça no vaso sanitário. “Ela teve traumatismo craniano com a queda após a relação sexual. Ele disse que [o estupro]já tinha acontecido no dia anterior. Ele confessou ter pego na região genital da irmã dela, de cinco anos, e negou [ter abusado]o menino ”, diz a delegada Juliana Fontes.

Segundo a delegada, o suspeito disse que, além de ter estuprado as crianças, já abusou animais, como ovelha, galinha e cachorro. A prisão preventiva dele já foi cumprida e ele continuará preso, à disposição da Justiça. Ele não chegou a apresentar advogado durante a prisão na delegacia.

A polícia pediu exame de sanidade mental da mãe da criança. A polícia acredita que ela não teve participação no abuso sexual da menina. O suspeito é de Paulo Afonso, mas de acordo com a polícia, morou em Sergipe por dois anos e retornou para a Bahia há pouco tempo.

O corpo de Maria Eduarda foi liberado do Instituto Médico legal (IML) de Paulo Afonso no sábado (17), quando ocorreu o velório. A criança foi enterrada no cemitério da cidade no domingo (18)

Cinco presos fogem da cadeia de Pilão Arcado

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

delegaciapilãoarcadoCinco presos fugiram da delegacia de Pilão Arcado, cidado que fica norte da Bahia, na madrugada desta quarta-feira (14). De acordo com a polícia, os homens aproveitaram a distração dos festejos do padroeiro da cidade, Santo Antonio, na hora do show sw Amado Batista, e serraram as grades da cela e do pátio e escaparam. As polícias Civil e Militar realizam buscas na região para tentar capturar os fugitivos, mas ninguém foi presto até a publicação desta reportagem.

Fugiram: 

Adailton José Alves - Art 121
Paulino Borges de Santana - Art 217
Elielton Soares da Silva - Art 33
João José de Souza Júnior - Art 157 e 121
Carlos Antunes dos Santos - Art 129

 

 

Fonte: G1 Bahia/Foto: Divulgação

Carretas com pás eólicas são flagradas...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

foto P.eólicas...na contramão de rodovia em Salgueiro.
 
Veículos possuem mais de 60 metros de comprimento e haviam saído do Cabo de Santo Agostinho em direção à cidade de Paulino Neves, no Maranhão
 
Três carretas que transportavam pás eólicas foram flagradas na terça-feira (13) realizando uma manobra pela contramão do cruzamento das BRs 232 e 116, em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. As infrações foram cometidas para tentar fugir de uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a veículos transportadores de componentes para usinas eólicas.
 
Durante o comando, os agentes verificaram que três comboios estavam efetuando a manobra ilegal e abordaram os motoristas. Ao todo, foram emitidas 22 autuações para os veículos de escolta por diversas irregularidades, como a falta da documentação e de equipamentos obrigatórios.
 
Os comboios haviam saído do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, em direção à cidade de Paulino Neves, no Maranhão. Por possuírem mais de 60 metros, os veículos precisam de uma Autorização Especial de Trânsito (AET) e devem respeitar a uma série de exigências para realizar o transporte dos componentes em segurança.
 
 
Fonte PRF/Foto: Divulgação

Codevasf investe cerca de R$ 4,3 milhões...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

34925051671 bf9a2b2e61 z...em melhorias para os produtores do projeto público de irrigação Formoso, localizado em Bom Jesus da Lapa, no Médio São Francisco baiano.

Cerca de R$ 4,3 milhões estão sendo investido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em melhorias para os produtores do projeto público de irrigação Formoso, localizado em Bom Jesus da Lapa, no Médio São Francisco baiano. A aplicação dos recursos é para recuperação de estradas internas e aquisição de equipamentos agrícolas. Nesta sexta-feira (02), a presidente da empresa, Kênia Marcelino, esteve no projeto para assinar ordem de serviço para iniciar as obras e entregar o maquinário. Na oportunidade, ela lançou cartilha para os irrigantes sobre descontos na quitação de débitos do K1 (tarifa d'água) e titulação de lotes. Participaram do evento o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, Harley Nascimento, o deputado federal, Arthur Maia, mais de 400 produtores do Projeto Formoso, o presidente da Associação Frutas Oeste Bahia, Ady Santos Oliveira, e o presidente do Grupo Banana da Bahia, Ervino Kogler.

"Se o Brasil está crescendo é porque vocês, produtores, estão trabalhando de forma honesta, de forma íntegra, de forma correta – então, parabéns mais uma vez. Cabe a nós gestores públicos dotar vocês das infraestruturas necessárias, que vocês tanto precisam", disse Kênia Marcelino no evento. "É com grande satisfação que estamos aqui hoje entregando itens como caminhão, caçamba, patrol, retroescavadeira e trator, e anunciando melhorias. Parte dos recursos são oriundos do orçamento da Codevasf, outra parte é oriunda de emenda parlamentar. O apoio parlamentar é sempre muito importante", afirmou. 

Na recuperação das estradas internas do projeto Formoso, a Codevasf está investindo R$ 2,8 milhões, recursos oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Serão recuperados mais de 76 quilômetros de estradas vicinais internas do perímetro. A medida vai facilitar o deslocamento dos irrigantes e o escoamento da produção. "O perímetro irrigado tem uma malha enorme de estradas e a manutenção tem que ser feita no decorrer de todos os anos", avalia Enderson Souza, gerente-executivo do Distrito Irrigado Formoso.

Além da recuperação das vias de circulação no perímetro, os produtores estarão melhor estruturados com equipamentos que somam cerca de R$ 1,5 milhão. Foram entregues retroescavadeira hidráulica, caminhão basculante, trator agrícola, caminhonete, motoniveladora e roçadeira hidráulica. Os recursos aplicados na aquisição do maquinário são oriundos de emendas parlamentares e do orçamento próprio da Companhia. 

"Isso é muito bom. Quanto mais máquinas boas o distrito tiver, mais condições vai ter para melhorar ou manter a estrutura comum do projeto. Dá para fazer uns reparos e também vamos ter estrada boa para passar e para escoar a nossa produção, que vai ficar cada vez melhor. Aqui é um paraíso para quem quer trabalhar. É uma benção para todo mundo que procura e que quer trabalhar", diz o produtor do Formoso José Rinaldo. "São equipamentos que vêm somar de forma bastante expressiva na manutenção de adutoras, escavação, carga e transporte", complementa Enderson Souza.

Também prestigiaram o evento o prefeito de Sítio do Mato, Alfredo Magalhães, o prefeito de Igaporã, José Suly Fagundes Netto, o presidente do Conselho de Administração do Distrito de Irrigação do Formoso, Antônio Márcio, técnicos da Codevasf e autoridades locais.

Orientações para quitação de dívidas 

A cartilha lançada pela presidente da Codevaf visa tirar dúvidas dos irrigantes a respeito da renegociação de dívidas em relação a titulação e K1. Cerca de 200 lotes somente do Projeto Formoso já tiveram seus débitos liquidados desde fevereiro quando começou a campanha para liquidar as dívidas. Outros cerca de 100 produtores do perímetro já solicitaram o cálculo de débitos e descontos aplicáveis.
Os descontos previstos em lei variam de 10% a 95% e beneficiam irrigantes pessoa física que optarem pela quitação ainda neste ano. A negociação do cálculo de débitos e descontos pode ser feita até o dia 29 de novembro de 2017. Ao todo, nos perímetros irrigados do Médio São Francisco baiano, área de atuação da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Bom Jesus da Lapa, aproximadamente 300 produtores já iniciaram os processos de negociação de dívidas, chegando a cerca de 700 o número de irrigantes que já realizaram os cálculos. Cerca de R$ 85 mil já foram arrecadados com a ação no Médio São Francisco baiano até o final de abril, já que o levantamento de maio ainda não foi finalizado. 

"Regularizar a situação dos lotes traz alívio demais. Eu já vinha pagando as contas atrasadas do antigo proprietário e agora veio essa oportunidade. É uma benção poder quitar o que é seu. Quem é que não gosta? É bom demais não dever nada para ninguém. E nos dá a oportunidade de investir cada vez mais na nossa produção com o dinheiro que sobra dessas dívidas que não existem mais", diz o irrigante José Rinaldo, que já quitou seu débito.

 "Eu não esperava por essa chance. Vinha procurando pagar as dívidas antigas e agora surgiu essa oportunidade de acabar com esse débito. Acho que os outros irrigantes também deveriam correr atrás porque outra oportunidade como essa deve demorar para acontecer. Vale a pena fazer um esforço agora para poder resolver logo essa situação", diz o irrigante Sarapião Costa, que também quitou as suas dívidas.
O Distrito Irrigado Formoso disponibilizou um canal de atendimento para orientação dos produtores. "Buscamos informar ainda mais os produtores que todos os dias passam por aqui para se informar sobre essa renegociação que é muito importante para todos os irrigantes", diz Enderson Souza.

Outras ações

Como parte da agenda da presidente da Codevasf na Bahia, foi assinado, na quinta-feira (01), o edital de licitação para recuperação e modernização da infraestrutura do projeto público de irrigação Ceraíma, em Guanambi (BA), com a aplicação de investimentos de R$ 6 milhões. O ato aconteceu na abertura da XXIX Exposição Agropecuária de Guanambi. 

"É fundamental a fruticultura desse perímetro para a região. Acreditamos que em meados de 2018 a área voltará a produzir cerca de quatro mil toneladas de frutas por ano, beneficiando toda a região – Guanambi e cidades circunvizinhas", avalia o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa, Harley Nascimento.

A presidente da Codevasf também assinou termo de doação de maquinário agrícola à Prefeitura Municipal de Urandi (BA), que beneficiará produtores rurais da região. Foram repassados ao município veículo, trator, carreta agrícola, grade aradora e arado fixo – o investimento é de R$ 114 mil, oriundos de emenda parlamentar.

Ascom Codevasf Foto Divulgação

Rui Costa continua inaugurando obras

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Outras cidades

MateusPereiraGOVBA4O turismo no baixo sul, o escoamento da produção, especialmente da pesca e da piaçava, e a locomoção entre os municípios está muito mais fácil pela BA-884, nos 21 quilômetros que ligam Cairú a Nilo Peçanha. O trecho de curvas perigosas que cortam manguezais e remanescentes de Mata Atlântica foi completamente recuperado, com investimentos de R$ 8,5 milhões, e entregue pelo governador Rui Costa, na manhã deste sábado (3). Participaram da solenidade o senador Otto Alencar, o prefeito de Cairu, Fernando Brito, e outras autoridades, entre prefeitos da região e deputados.

O governador destacou que, com a crise financeira, a arrecadação do Estado cai, e também a dos municípios. "O Estado deixou de receber R$ 1,8 bilhão nesses últimos dois anos. Essa estrada custou 8,5 milhões. Imaginem quantas estradas daria para fazer. Mas a gente vai organizando as finanças, estabelecendo prioridades e, por isso, eu trago hoje essa obra, que proporciona conforto e qualidade de vida para o povo. Semana que vem estaremos em Banzaê, inaugurando mais estradas".

O trecho beneficia uma população de 117 mil pessoas e dá acesso ao terceiro polo turístico da Bahia, com localidades como Morro de São Paulo e Boipeba. André Magalhães é comerciante em Cairú e falou das facilidades que a estrada trouxe para que mantém negócios no município. "Antigamente, as empresas de grande porte se negavam a fazer entregas aqui por causa das estradas da região. Hoje a gente escolhe a empresa que quer comprar. Acabou aquela dificuldade. Temos empresas e mais empresas entrando aqui, coisa que não tinha há dois anos'.

O superintendente de Infraestrutura e Transportes da Bahia, Saulo Pontes, informou que a obra faz parte de um programa para, que até o final do governo, todos os 417 municípios baianos estejam interligados à malha rodoviária do estado por rodovias pavimentadas. "Hoje, completamos exatos 680 quilômetros de rodovias restauradas e construídas nos últimos dois anos. Somados aos 441 em andamento e em torno de 400 quilômetros em licitação, alcançamos a casa dos 1.500 quilômetros. Isso é um feito importante neste momento em que o País passar por uma grande crise financeira".

São João

Rui orientou o prefeito Fernando a procurar a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) e a Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento (Cerb), vinculadas à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado (Sihs), para resolver os problemas de abastecimento em várias localidades de Cairu. "Aqui, beleza sobra, mas é preciso reforçar a infraestrutura de abastecimento e solucionar o esgotamento sanitário. Também é necessário melhorar o atracamento para facilitar o tráfego entre as ilhas. O desafio é grande, mas na parceria com os prefeitos, nós vamos melhorar a infraestrutura do baixo sul, que eu considero o lugar mais bonito do Brasil, gerando emprego e renda e reforçando a economia da região".

O governador disse ainda que o Governo do Estado vai ajudar também a financiar o São João de Cairu, este ano. "O São João é um elemento cultural que movimenta a economia das cidades. Se estamos atravessando uma crise econômica, não fazer o São João é aumentar a crise. Com a festa, as pessoas vêm fazer turismo, alugam casas, vão aos restaurantes, aos bares, movimentam a economia. É uma atividade turística e econômica importante".

Secom Bahia Foto: Mateus Pereira/GOVBA