Curso ensina como lidar com as Normas...

Publicado em Petrolina

thumbnail IMG 6090...Regulamentadoras de Segurança (NRs) que mais impactam a indústria

Empresários, técnicos, gestores de Recursos Humanos e líderes sindicais de Petrolina e região, participaram nesta quarta-feira (30), na unidade regional da Federação das Indústrias de Pernambuco (FIEPE), do curso ‘Como lidar com as Normas Regulamentadoras de Segurança (NRs) que mais impactam a indústria’.

Durante a capacitação gratuita, os participantes conheceram as maneiras de lidar com as normas regulamentadoras que geram mais autuações às indústrias e como implantá-las. Ministrado pelo engenheiro mecânico e consultor em Segurança e Saúde do Trabalho, Hércules Romualdo Dias, o curso começou esclarecendo como são formuladas as NRs e o funcionamento do sistema de representação da indústria.

Depois de esclarecer os itens sobre o cumprimento das Normas Regulamentadoras referentes à segurança e saúde do trabalhador, Hércules Romualdo Dias, orientou sobre ações coletivas a partir do fortalecimento da representação empresarial. ”O conjunto de NRs é muito grande e complexo o que prejudica a competitividade da indústria brasileira. Procuramos também neste curso advertir sobre os cuidados a serem adotados pelas empresas para o seu adequado cumprimento”, pontuou o consultor, que exemplificou ainda algumas questões de vivências práticas de implantação na indústria. O curso faz parte do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA) e foi promovido pela CNI – Confederação Nacional da Indústria juntamente com a FIEPE e Sebrae.

 
CLAS Comunicação & Marketing

Projeto leva educação para o trânsito às escolas de Petrolina

Publicado em Petrolina

Ação educativa 01Com o intuito de reduzir o número de acidentes e de óbitos com transportes terrestres, a Secretaria de Saúde de Petrolina, em parceria com a Autarquia Municipal de Mobilidade (AMMPLA), realizou nesta terça-feira (29), uma ação educativa sobre a prevenção desses acidentes de trânsito na escola Francisco Rodrigues de Santana, na localidade de Pedrinhas, Zona Rural do município.

A atividade, que atendeu cerca de 130 crianças, faz parte do projeto Vida no Trânsito que foi lançado em julho deste ano com o slogan ‘Uma vida perdida- Toda família destruída’ e está sendo desenvolvido em escolas, empresas, vias públicas e associações, atingindo as áreas urbana e rural.

A diretora de vigilância epidemiológica, Aline Coelho, ressalta a importância dessas ações educativas nas escolas.”Vamos intensificar essas atividades no interior para tentar conscientizar a população sobre a importância do cumprimento das leis de trânsito. Esse trabalho de prevenção de acidentes é contínuo e precisa ser feito para todos os públicos. As crianças precisam crescer com essa consciência”, explicou.

Ascom

PEIEX realiza terceira oficina de Plano de Negócios

Publicado em Petrolina

thumbnail DSC 2620Com o objetivo de incrementar a produtividade em empresas especializadas na cultura exportadora, que atuam no Vale do São Francisco, a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina - Facape juntamente com o Projeto de Extensão Industrial Exportador (PEIEX) vêm realizando séries de oficinas com temáticas que abordam desde o planejamento estratégico até plano de negocio para exportação.

A terceira oficina temática do projeto aconteceu nesta terça-feira  (29) abordando o “Plano de Negócios para Exportação”. A palestra foi ministrada pelo Professor da Escola Superior de Engenharia e Gestão de São Paulo (ESEG), Antonio Tonini. A PEIEX já planeja para o mês de outubro uma rodada de negócios.

Para o Coordenador de Competitividade da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), Ulisses Medeiros, as oficinas têm o objetivo de preparar as empresas para que participem das ações de promoção comercial.

“O planejamento é uma questão fundamental para qualquer empresa, seja para atuar no mercado nacional ou internacional, é uma forma de preparar ela para aquilo que vai encontrar pela frente. Assim organizamos a parte administrativa da empresa, definindo as questões como os objetivos e qual a missão, visão, valores e definimos algumas metas para que ela consiga seus objetivos”, salientou Ulisses.

Ulisses acrescentou a importância do convênio que a Facape tem com a ApexBrasil e os ganhos que os alunos da instituição podem ter com essa aproximação junto as empresas participantes. “A ideia sempre foi essa, de juntar o ambiente acadêmico com as empresas participantes do projeto, assim eles participam das atividades e conseguem entender todo o mecanismo dentro de uma empresa que está pretendendo aprimorar as suas estratégias”, finalizou.

UPAE e HDM na luta contra o tabagismo

Publicado em Petrolina

thumbnail combate ao fumoNo Dia Nacional de Combate ao Fumo (29 de agosto), a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada e o Hospital Dom Malan, ambos geridos pelo IMIP em Petrolina, chamam a atenção da população sobre a data, instituída em 1986 com o objetivo de promover uma conscientização sobre os riscos decorrentes do uso do cigarro.
 
Na UPAE, por exemplo, a temática tem sido trabalhada desde o início do mês com o público interno, funcionários e colaboradores, pelo Núcleo de Educação Permanente (NEP) e Serviço Social. Algumas palestras foram realizadas, a equipe distribuiu folders informativos e se reuniu com a equipe do CAPS AD com o objetivo de melhorar o fluxo dos pacientes tabagistas dentro da Rede SUS.
 
“Tivemos hoje o nosso Dia D, realizando uma abordagem socioassistencial sobre o tema. Enquanto profissional da saúde abordei as doenças decorrentes do uso do cigarro, os malefícios da nicotina e o perigo oferecido aos fumantes passivos. O social teve como foco a apresentação da política nacional de controle do tabagismo. O evento foi bem bacana e participativo”, ressalta a gerente do NEP, Martapolyana Torres.
 
“Ao mesmo tempo em que mostramos os malefícios do cigarro, deixamos claro que há tratamento na rede pública de saúde. O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas III [CAPS AD 24 horas] é um serviço específico para o cuidado, atenção integral e continuada às pessoas com necessidades em decorrência do uso de álcool, cigarro e outras drogas, e os tabagistas podem procurar esse serviço em Petrolina para um acompanhamento. É importante ressaltar que o fumante não está sozinho nesta luta”, esclarece a supervisora do Serviço Social, Nazaré Cunha.
 
Fumo x gestação
 
Já no HDM, as ações foram voltadas às gestantes pelo perigo do uso do cigarro nesta etapa. O tabagismo na gravidez pode levar a: hemorragias, aborto espontâneo, hipoglicemia, aumento do colesterol, dores de cabeça, trombose, embolia pulmonar e desnutrição. Isso sem falar dos riscos ao feto, que estão relacionados à prematuridade, imaturidade dos pulmões, baixo peso, mutações genéticas, risco de depressão, autismo e morte súbita.
 
“Os danos do fumo passivo são tão prejudiciais quanto do ativo na gravidez, e não existe uma quantidade segura do uso de cigarros em nenhuma situação. Portanto, é recomendado que a gestante desenvolva o desejo de parar de fumar, busque orientação e um acompanhamento. Um bom momento para a troca de informações é durante o pré-natal”, orienta a diretora de atenção à saúde do HDM, Tatiana Cerqueira.
 
No pós-parto o fumo também deve ser evitado, pois durante o aleitamento materno, a criança recebe nicotina através do leite, podendo ocorrer intoxicação (agitação, vômitos, diarreia e taquicardia). “O ideal é que a mamãe não volte mais a fumar, pelo seu próprio bem e do bebê”, ratifica a pediatra.
 
Dados do Tabagismo
 
O consumo de derivados do tabaco podem causar quase 50 tipos de doenças diferentes. De acordo com o Ministério da Saúde está comprovado que o tabagismo é responsável por 25% das mortes por angina e infarto do miocárdio, 90% dos casos de câncer no pulmão, 25% das doenças vasculares (entre elas, derrame cerebral) e 30% das mortes decorrentes de outros tipos de câncer (de boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero, leucemia).
 
Segundo o INCA o Brasil tem prejuízo anual de R$ 56,9 bilhões com o tabagismo. Desse total, R$ 39,4 bilhões são gastos com despesas médicas e R$ 17,5 bilhões com custos indiretos ligados à perda de produtividade, causada por incapacitação de trabalhadores ou morte prematura.
Anna Monteiro

Câmara de Vereadores vota projeto de lei que...

Publicado em Petrolina

 thumbnail O1...institui o Dia Municipal da Leitura e Literatura de Petrolina

A Câmara de Vereadores de Petrolina – Casa Plínio Amorim vai votar nesta quinta-feira (31), às 9h30, a lei que institui a data de 5 de setembro como o Dia Municipal do Livro, da Leitura e Literatura de Petrolina. A iniciativa de promulgação dessa lei é do Colegiado de Letras da UPE – Universidade de Pernambuco em homenagem ao escritor petrolinense Antonio de Santana Padilha, autor de, entre outras obras, do romance épico ‘Pedro e Lina’ e a cronologia histórica e cultural ‘Petrolina no tempo, no espaço, na vez’.

A ideia da criação da data, segundo o professor Genivaldo Nascimento, surgiu durante a realização do Clisertão – Congresso Internacional do Livro, Leitura e Literatura no Sertão, realizado em Petrolina no período de 9 a 12 de maio último. “Convidamos a todos, especialmente escritores, professores, estudantes e gestores culturais para a votação desse importante projeto. Mais uma ação em defesa da leitura e da formação do pensamento crítico das nossas novas gerações”, concluiu o escritor lembrando ainda que foi no dia 5 de setembro de 1904 que nascia em Petrolina Antonio Padilha.

 
 
CLAS Comunicação & Marketing