IML reformado será entregue no fim do ano em Petrolina, PE

Publicado em Petrolina

Investimento em estrutura e equipamentos chega a R$ 2,8 milhões.

thumbnail IMG 8275Situado na avenida 7 de Setembro, o Instituto de Medicina Legal (IML) de Petrolina será o primeiro do interior de Pernambuco a dispor de uma estrutura completa e modernizada, onde estarão incluídos sala especial para reconhecimento de corpos pelas famílias, clínica de exames de corpo de delito, área de custódia, setor de necropsia, brinquedoteca, alojamentos, além de novas geladeiras. A obra deve ser entregue em dezembro.

Após 26 anos de funcionamento, é a primeira vez que o prédio do IML passa por uma grande reforma e ampliação, cujos valores chegam a R$ 2,8 milhões de investimentos em estrutura e equipamentos. Segundo o supervisor do instituto, Álvaro de Miranda, existe ainda a expectativa para a chegada de seis novos médicos legistas para a cidade. “Em todo Pernambuco devem ser formados 40 [legistas], e nós receberemos inicialmente esses seis, mas ainda há a previsão que cheguem mais técnicos, peritos e auxiliares de médicos legistas”, indica ele.

As novas estruturas do prédio de 800m2 vão ajudar no atendimento a 40 municípios, como Cabrobó, Ouricuri e Araripina. Para isso, o Governo do Estado também vai entregar mais um carro de recolhimento de corpos.  “Será nosso terceiro rabecão, o governador Paulo Câmara e o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, asseguraram que o receberemos até o fim do ano”, diz Álvaro.

O Chefe do Executivo estadual esteve em Petrolina para assinar a ordem de serviço do IML em julho deste ano, desde então as obras saíram do papel e já se encontram em nível avançado. Segundo Câmara, o principal objetivo do empreendimento é humanizar o atendimento à população.

“No modelo antigo do IML, chegava à recepção, por exemplo, o autor de estupro e a vítima. Eles no mesmo ambiente, perto um do outro. Com o novo modelo, queremos acabar com esse constrangimento para a vítima. Teremos rampas e banheiros para cadeirantes, brinquedoteca para cuidar das crianças, alojamentos específicos para os servidores, que até então não tinha, e uma nova sala de reconhecimento de corpos”. E continua. “Antes, a família ia direto à sala para reconhecer seu ente querido, uma situação realmente constrangedora. Agora teremos um local específico, vidrado, com privacidade para a família olhar o corpo no setor de necropsia, sem estar diretamente dentro da sala”, afirma o médico legista.

Com a reinauguração do prédio, o supervisor do IML acredita que serão firmadas parcerias com o Curso de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) campus Petrolina. “Está existindo um diálogo com o pessoal das cadeiras de Farmácia, Morfologia, Necropsia e Anatomia, e o objetivo é formalizar uma parceria de cooperação para criarmos um centro de atendimento à intoxicação, cujo serviço seja franquiado à população”. “É um processo que envolve o Governo Federal, mas creio que logo teremos tudo definido”, explica Álvaro de Miranda.

Ainda de acordo com o Instituto de Medicina Legal de Petrolina, no último mês de setembro foram registrados 70 corpos nos 40 municípios de seu alcance. Com a entrega do prédio repaginado, em dezembro, haverá mais agilidade no atendimento a essas regiões.

 
CLAS Comunicação & Marketing

ACARI lança campanha “Proteger as crianças é um dever de todos!”

Publicado em Petrolina

Panfleto Campanha APROVADO Há 12 anos em atividade na cidade de Petrolina/PE, a Associação Civil de Articulação para a Cidadania (ACARI) lança, neste mês de outubro, a campanha “Proteger as crianças é um dever de todos!”, que visa sensibilizar a sociedade, principalmente o público adulto, quanto ao cuidado e proteção que as crianças necessitam para se desenvolverem sem violência.

A campanha, que será desenvolvida em duas instituições que atuam com crianças carentes na região: a Fundação “Lar Feliz”, localizada no bairro Malhada da Areia em Juazeiro/BA e o Projeto “Vida Nova”, no bairro José e Maria em Petrolina/PE, tem por base o Projeto “Construindo Laços”, que já é executado pela equipe da ACARI. “O principal objetivo da campanha é sensibilizar os adultos para que respeitem os direitos das crianças, contribuindo assim para o enfrentamento da violência doméstica, tão crescente em nossa região”, informou Ilze Braga, coordenadora do projeto.

De acordo com Art. 4º do Estatuto da Criança e do Adolescente, “É dever da família, da comunidade, sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, saúde, alimentação, educação, esporte, lazer, profissionalização, cultura, dignidade, respeito, liberdade e à convivência familiar e comunitária”. E, acompanhando o fundamento destacado neste artigo, a ACARI promoverá palestras nas instituições mencionadas, bem como fará campanha na mídia regional, na rede de Proteção à infância de Petrolina e Juazeiro, distribuição de material informativo impresso e em redes sociais.

Para dar apoio às famílias no que se refere aos cuidados das crianças, a ACARI apresentará algumas formas de se garantir os direitos das crianças, que são: “Direito a família que forneça segurança e tranquilidade; Direito à alimentação saudável e nutritiva; Direito a educação com qualidade e respeito; Direito ao lazer e atividades culturais; Direito a dignidade e respeito; Direito a viver sem violência”.

A efetivação articulada desses direitos promoverá, não somente um maior conhecimento do público, mas também, um maior preparo para respeitar cada vez mais as crianças, fortalecendo as peculiaridades diferentes modelos familiares e a realidade de cada comunidade.

Quem quiser obter mais informações sobre a campanha, pode entrar em contato com a ACARI, através do telefone: (87) 3861.6963 ou pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Fonte: Asscom/ACARI

Vamos cuidar do coração?

Publicado em Petrolina

thumbnail Dia do coração 8Com esse convite, a Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) provoca a reflexão dos seus funcionários, colaboradores e usuários sobre os cuidados com a saúde cardíaca nesse Dia Mundial do Coração (29 de setembro).
 
O coração é a bomba que faz o sangue circular pelo corpo, levando oxigênio e nutrientes para todas as células, ao mesmo tempo em que faz a limpeza dos resíduos metabólicos, ou seja, do que restou das reações químicas que ocorrem em cada célula. Esse órgão pequeno, ao qual se atribuem tantos sentimentos nobres, é também o que comporta as doenças mais temidas.
 
Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), as doenças cardíacas são as principais causas de morte no Brasil. A boa notícia é que esse quadro poderia ser diferente se alguns hábitos de vida fossem mudados e se visitas mais frequentes fossem feitas ao cardiologista.
 
São fatores de risco à boa saúde do coração o colesterol elevado, vida sedentária, hipertensão arterial, tabagismo, diabetes, obesidade e a resposta agressiva ao estresse em geral.
 
Então, para cuidar bem do coração, além de nutrir sentimentos e ações positivas, é preciso alguns cuidados. “Pratique atividades físicas regularmente, mantenha uma alimentação variada e rica em nutrientes, faça exames periódicos, durma bem, descanse, preserve os momentos de lazer, controle o peso, faça os tratamentos corretos quando indicados pelo médico e procure um serviço de saúde sempre que julgar necessário”, recomenda o coordenador médico da Unidade, Elson Marques.
A máxima popular de que prevenir é sempre melhor do que remediar vale ser lembrada nessa data tão importante.
 
Anna Monteiro

Divulgada lista dos artistas selecionados...

Publicado em Petrolina

...para 1º Bode Parede de Petrolina - PE.

thumbnail logoA coordenação da primeira edição do ‘Bode Parede’, projeto de intervenção artística e urbanística que vai colorir vários muros de Petrolina – PE, divulgou na manhã desta quarta-feira (27) a lista com o nome dos artistas que vão participar do evento.

Foram selecionados para o 1º Bode Parede de Petrolina, que vai acontecer no próximo mês de outubro, os artistas Lys Valentim, Rafael Sisant, Felipe Rhein, Jocélio Belo de Carvalho, Netão Ribeiro, Tacylla Kaline e Euri Mania. Segundo a produtora responsável pelo projeto e uma das curadoras, Luciana Carvalho, a produção entrará em contato com os participantes para acertar os detalhes.

“Vamos conversar com os artistas o modelo de participação de cada um, as técnicas propostas e uma ajuda de custo no valor de R$ 800,00 para cada uma das intervenções. Em breve estaremos divulgando também os locais dos muros e as datas para as pinturas”, adiantou.

O 1º Bode Parede de Petrolina reúne artistas selecionados por uma equipe de Curadoria formada pela própria Luciana Carvalho, além de Celso de Carvalho, Júnior Rocha e Cassio Lucena. DJs, rappers e artistas locais estarão animando as datas das pinturas do projeto, que tem apoio do Fundo Estadual de Incentivo à Cultura (Funcultura), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e do Governo Pernambuco em Ação. 

 


CLAS 

Fórum promove debate sobre as secas entre palestrante americano e produtores agrícolas

Publicado em Petrolina

Em rara oportunidade, evento evidenciou avanços e demandas tecnológicas para o convívio com as secas

posaqwUsar os recursos hídricos disponíveis de maneira produtiva e sustentável. A palestra ‘Eficiência do uso da água nas áreas de agricultura irrigada do Texas’, evento que reuniu lideranças do setor agropecuário em Petrolina, no interior de Pernambuco, evidenciou em uma rara oportunidade os avanços e demandas tecnológicas para o convívio com as secas no Sertão do estado. A conferência, que ocorreu na noite desta terça-feira (26), no Hotel Nobile Suítes Del Rio, trouxe o professor norte-americano, Glen Lorin Ritchie, da Texas Tech University, e já é considerada a maior reunião voltada para o tema, em 2017.

De acordo com dados do IBGE, cerca de 1,2 milhão de pessoas são atingidas pela seca no Sertão pernambucano.    Durante o evento, o presidente da Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Faepe), Pio Guerra, chamou a atenção para esses números e afirmou que as três esferas de poder do país precisam estar atentas e realmente dispostas a efetivar políticas públicas eficientes. “A seca é regra aqui no Sertão, chuva é exceção.  Os poderes públicos não têm dado relevância nem apresentado propostas para o assunto, então temos que transformar essa inação política numa cobrança nossa, dos sertanejos e produtores”, salientou Guerra.

De passagem por Petrolina, onde foi o principal palestrante da noite, Glen Ritchie apresentou os tipos de irrigação praticados nos Estados Unidos, destacou o uso de aquíferos como provedores de água para a plantação e a necessidade de contar com métodos que visem o uso eficiente e econômico dos recursos hídricos disponíveis. O professor texano ainda explicou que um dos erros identificados pelos cientistas e produtores agrícolas americanos foi a forma similar de produção em solos totalmente diferentes. “É importante conhecer o solo que você está plantando de maneira a ter resultados produtivos”, ressaltou ele ao público.

Produtor de manga, coco e banana num lote de 7 hectares do Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho, na zona rural de Petrolina, Romildo Gonçalves, 50 anos, foi um dos que participou do diálogo gerado entre Ritchie e os produtores agrícolas. Segundo Romildo, sua participação na palestra se deu devido à atual situação do Rio São Francisco e à oportunidade de poder reciclar seus conhecimentos agrícolas. “Por causa da diminuição de volume do rio, fizemos mudanças no nosso sistema de irrigação e procuramos não ter vazamentos, desperdício nenhum de água”.

Produtores

A palestra desta terça é uma ação do Fórum Permanente de Convivência Produtiva com as Secas, promovido numa parceria entre a Faepe e Sebrae/PE com o apoio do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina. O fórum tem o objetivo de servir como um espaço de debates sobre o assunto por instituições empresariais de modo a apresentar aos formuladores de políticas, governos e à sociedade, soluções para a convivência produtiva com as estiagens. 

O diretor superintendente do Sebrae/PE, Osvaldo Ramos, afirmou que a entidade considera importante trazer o fórum para Petrolina e disse que a presença ativa dos produtores lhe chamou a atenção. “Houve uma participação muito representativa deles, um alto grau de interesse em compreender o assunto e a realidade debatida, certamente que isso vai contribuir para a melhoria da produção local”, analisou.

Durante o dia, Osvaldo Ramos, o presidente da Faepe, Pio Guerra, e o presidente do Sindicato Rural, Jailson Lira, levaram Glen Ritchie para conhecer os sistemas de irrigação nos plantios de uva e manga das fazendas Vale das Uvas, no Serrote do Urubu, e Aracê, no Núcleo 4 do projeto Nilo Coelho. “O que vi lá me deixou impressionado, baseado no fato de que esta região também é bastante árida”, declarou o americano no fim da palestra.

 

CLAS