Prefeito de Remanso reforma Unidade da Saúde

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

unidadeEm evento realizado nesta terça-feira (13), o prefeito Zé Filho, acompanhado do vice-prefeito João Neto, do secretário de Saúde Dr. Pedro Paulo Rosal, inaugurou as novas instalações da Unidade de Saúde da Família na comunidade do Desterro.

O prédio que foi totalmente reformado e equipado com gabinete odontológico e mobiliário em geral vai oferecer a população atendimento qualificado para aquela região, contando com os seguintes profissionais: médico, dentista, enfermeira, técnico em enfermagem, entre outros.

O evento contou ainda com a presença dos vereadores, secretários municipais, equipe da secretaria de Saúde e de um elevado número de moradores da comunidade e região. O prefeito, ao encerrar a solenidade, ressaltou a importância do investimento na saúde, “por isso fico muito feliz em poder entregar hoje, esta unidade de saúde com estrutura para atender bem a toda comunidade do Desterro e região“, frisou o prefeito

O secretário municipal de Saúde, Dr. Pedro Paulo afirmou que o empenho é para que a população de Remanso consiga sempre amparo na saúde. “Estamos imensamente felizes em entregar esta unidade, pois representa um atendimento mais perto da população, estamos cumprindo com o compromisso assumido de garantir saúde pública com dignidade para a população e bem perto de suas casas”, frisou Dr. Pedro Paulo.

O posto de Saúde do Desterro contará com uma equipe da Estratégia de Saúde da Família e atendimento odontológico. O trabalho será realizado em um espaço amplo, distribuídos em consultórios, salas de vacinas, de procedimentos, de esterilização, almoxarifado, depósito e banheiro.
A obra tem recursos da parceria entre o Governo Federal e Prefeitura de Remanso.

remansonoticias

Zé Filho começa a ser questionado na Justiça Eleitoral

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

Marcos Palmeira indignado com caluniasAusente da primeira audiência de instrução por abuso de poder econômico e compra de votos, o prefeito de Remanso, norte da Bahia, José Clementino de Carvalho Filho, o Zé Filho, instruiu seus advogados para desqualificar o depoimento das testemunhas de acusação.

Dois senhores do Povoado do Tamboril, que fizeram declaração pública em cartório narrando o oferecimento de dinheiro e poços artesianos por parte da atual Secretária de Ação Social e esposa do prefeito, Telma Castelo Branco, foram tachados pelos advogados de “mentirosos”.

Em várias localidades a Hidromax, que atualmente detém a concessão de recolhimento do lixo urbano, sem nunca anteriormente ter prestado esse tipo de serviço, ofereceu poços artesianos durante a campanha. Mesmo com provas as testemunhas de acusação foram desqualificadas pelos advogados do prefeito.

A AIME – Ação de Impugnação de Mandato Eletivo é uma das onze propostas pelo PC do B e PRTB contra Zé Filho e seus vereadores, com farta documentação provando a compra de votos e abuso de poder econômico. Quem resume a forma de fazer campanha do atual prefeito é Marcos José, morador de uma comunidade do interior: “O derrame do grupo do Zé Filho foi grande na região da beira do rio, esse Dé Construções distribuiu foi muito poço, para o povo votar no Zé Filho”.

A audiência, realizada na última quinta-feira (08/06), foi presidida pelo Juiz João Celso Targino Filho e contou com a presença dos advogados do PC do B. Marcos Palmeira, que disputou com Zé Filho, comentou: “O que já dizíamos na campanha está aí. Zé Filho está pagando com contratos milionários o apoio que recebeu para fraudar as eleições”

Além das AIMEs, Zé Filho responde por processos no Tribunal de Justiça da Bahia pela reprovação de suas contas eleitorais. Entre os doadores há pessoas beneficiárias do Bolsa Família “doando” à sua campanha valores entre 10 e 20 mil reais.

O espaço está aberto para os esclarecimentos do prefeito Zé Filho, caso tenha interesse.

Por Manoel Leão/Foto: Divulgação

Prefeitura de Remanso realiza pavimentação

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

Obras Remanso

A Prefeitura de Remanso, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), está trabalhando na nova pavimentação asfáltica da cidade, na Avenida Manoel Amâncio Coelho (Prainha) e no entorno da Praça Manoel Firmo Ribeiro. Avenida Manoel Amâncio Coelho importante via que dá acesso a Prainha de Amaralina, local de lazer, onde um grande fluxo de pedestres, ciclistas, motociclistas e veículos circulam diariamente, as equipes estão fazendo a nova pavimentação Asfáltica, facilitando assim, a mobilidade dos motoristas e pedestres que transitam pela região.

A ação será desenvolvida em toda a extensão da Avenida e entorno da Praça Manoel Firmo Ribeiro. Os trabalhos iniciados incluem serviços de limpeza, nivelamento e compactação. Homens e máquinas trabalham para fazer a nova pavimentação asfáltica na cidade, Os serviços estão sendo executados desde o início desta semana.

Barracas PrainhaA Prefeitura Municipal de Remanso  recuperou também treze barracas na Prainha de Amaralina. Ao todo Treze barracas foram recuperadas e revitalizadas, foi utilizado madeira de reflorestamento (eucalipto) com telhas de cerâmica. Substituindo assim todas as Barracas que era antes de lona e estrutura metálica. 

Essas e outras melhorias darão um novo visual na visita dos remansenses e turistas ao local, melhorando assim a estrutura da Prainha que é um dos pontos turísticos e de lazer mais importantes do município, proporcionando mais conforto aos visitantes e frequentadores.

 

Segundo o prefeito Zé Filho, “A pavimentação de Ruas e Avenidas e Recuperação dos pontos turísticos e de lazer do município, é uma das prioridades do Governo da Reconstrução”, finalizou o prefeito.

 

 

Fonte: Ascom/PMR

Depois do assalto, os bancos de Remanso continuam fechados

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

IMG 20170308 102131156O Presidente municipal do Partido Verde da cidade de Remanso – BA, Dr. Alessandro Nunes protocolou no Procon em Juazeiro Bahia, uma reclamação contra os bancos do Brasil e Bradesco da cidade de Remanso. As instituições estão fechadas a mais de um mês, onde em 07 de fevereiro um grupo fortemente armado, invadiu as duas agencias e com o uso de artefatos explosivos (dinamite) explodiram os bancos deixando parte dos caixas eletrônicos danificados:

“A cidade está totalmente parada, as agências não têm condições de fazer o atendimento dos clientes com isso causando prejuízos a comerciantes e a população em geral, em especial aos aposentados e pensionistas que precisam receber seus benefícios. Muitos se arriscam a enfrentar filas de até 3 horas debaixo de um sol quente nas portas dos comércios conveniados com as agências bancárias para honrar com seus compromissos financeiros ou então se deslocam para as cidades vizinhas distantes, no minimo 70 km só de ida, para fazer suas transações financeiras, correndo riscos de assaltos.

No Código de Defesa do Consumidor é claro e nele diz, existe a relação de consumo entre banco e cliente e não se pode fechar uma agência que tem serviços indispensáveis à população sem dar opções para o povo. Entramos oficialmente com a reclamação no Procon onde fomos atendidos pelo coordenador Carlos Túlio que nos recebeu muito bem e o próximo passo será entrar na justiça garantindo assim o direito do povo.”

Com tudo, a indignação é muito grande por parte da população remansense e a falta de respeito com o cidadão é tremenda. Os bancos não deram nenhuma previsão de reabertura.

Ascom