Homem é preso em Remanso...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

...após matar mulher gravida de 2 meses e depois se enforca na cadeia.

76c3ecd2 8adc 45d4 80db 045f37b4962dInformações dão conta que nesta quarta-feira 24 de agosto, houve um homicídio na localidade da Estacada, interior de Remanso/BA, sendo que o autor identificado por Liomar dos Santos Ferreira teria desferido golpes de faca em sua esposa, identificada por Matilde Alves de Jesusque estava grávida de dois meses.

De imediato, as guarnições deslocaram ao local e conseguiram prender em flagrante o autor do crime, que foi encaminhado à Depol para a adoção das medidas pertinentes.

No dia seguinte, depois de preso, não resiste a loucura prtaticada e se enforca.

 

 

 

 

 

Fonte da Informações + foto: GILLIANDERSON RIBEIRO DOS SANTOS – TEN PM

Confirmada a candidatura de marcos Palmeira

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

Comprovante de Registro Marcos PalmeiraA incerteza que durou três dias foi dissipada na noite de ontem quando o sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais do TSE –DivulgaCandContas voltou à normalidade e o nome do candidato a prefeito pela Coligação “Chegou a Hora de Mudar”, Marcos Palmeira apareceu.

A euforia que já tomava conta dos seus correligionários, depois que em redes sociais da cidade, divulgou-se uma pesquisa com números extremamente favoráveis à sua candidatura, multiplicou-se em centenas de manifestações pelas páginas do Facebook e em outros aplicativos de comunicação social.

Palmeira, comedido, sem comentar as pesquisas, voltou a pedir empenho aos remansenses: “Não tenho dúvidas da vitória de Remanso. Estou certo que nossa cidade não quer e não vai voltar atrás, ao tempo do coronelismo. Fizemos as melhores alianças, contamos com a UNIFAN, cinco vereadores, lideranças expressivas e vamos encerrar a semana com mais adesões de peso, mas nem por isso devemos descuidar. O atraso está aí, vivo, não vai querer largar o poder”.

Nas ruas o sentimento é de euforia, uma reação natural diante dos inúmeros boatos plantados por funcionários a serviço da chapa Zé Filho/Celso, que estão em uma crescente angústia pela indefinição do julgamento do pedido de sua candidatura, já que a decisão do STF continua sendo questionada por juristas e associações.

Questionamentos

O Presidente da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil, Valdecir Pascoal,disse, nessa quinta-feira, após se reunir no Palácio do Planalto com o presidente da República em exercício, Michel Temer, que "A associação consolidou os dados, e cerca de 6 mil prefeitos [e ex-prefeitos] serão imunizados com a decisão [do STF]. E aproximadamente R$ 4 bilhões não retornarão aos cofres públicos como ressarcimento. Nós respeitamos a decisão, mas somos contra".

Em Remanso, Zé Filho, ficha-suja imunizado, é responsabilizado pelo desvio de mais de 5 milhões.

Associações de magistrados, seccionais da OAB e a OAB Brasil, além de renomados juristas também criticam a decisão do STF e há movimentos que se formam para levar ao Senado uma proposta de PEC – Proposta de Emenda à Constituição que reverta a decisão do Supremo.

Se proposta e aprovada uma PEC nesse sentido candidatos “fichas-sujas imunizados” que viessem a se eleger, correriam o risco de cassação.

 

Ascom

Lideranças declaram apoio a Marcos Palmeira

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

Renatinho Marcos Marechal e FlavioNa noite desta quarta-feira (17/08) a formalização do apoio do ex-vereador Renatinho, Renato Oliveira de Souza, à candidatura de Marcos Palmeira (PC do B), programada inicialmente como uma visita à sua casa, localizada na quadra 12, transformou-se, com a presença de centenas de pessoas, em um ato público ocupando boa parte da rua, com música e muita alegria.

“Não foi nada programado” – disse Renatinho – “Só tenho a agradecer a presença de todos os meus amigos, que trouxeram apoio à esta decisão. Ficar ao lado de Marcos Palmeira foi a decisão mais acertada”.

Abraçado, festejado e rodeado de pessoas da Vila Aparecida, onde tem sua base política, Renatinho, foi saudado por Marcos Palmeira “como uma liderança que vai contribuir para mudarmos a política de Remanso. Nosso povo já está cansado destes que se utilizam da prefeitura em benefício próprio, que estão há mais de dez anos no poder, que enganam e mentem, que se sentem donos de Remanso” e arrematou: “Eles não são donos de nossa cidade, quem manda é o Povo e é com o Povo que vamos governar. Bem-vindo Renatinho, aqui você será tratado com o respeito que merece”.

Ascom

Associações levam propostas paraa Marcos Palmeira

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

Plenária rural com MarcosPela primeira vez em Remanso, associações do interior do município se reuniram e, em conjunto, apresentaram reivindicações a um candidato a prefeito.

Divididas em Saúde, Educação, Infraestrutura e Segurança, a lista abrange reivindicações gerais, como a melhoria das estradas “completamente abandonadas e esquecidas”, passando pela reabertura das escolas fechadas, fim de obras iniciadas em governos anteriores, apoio à produção, instalação de poços, até a retirada de um lixão, que é queimado provocando fumaça tóxica nos moradores.

“Diferente de tudo que já vimos” – Diz o Presidente do PC do B, Vavá Costa, entusiasta da participação popular na gestão municipal – “Marcos mostra a sua disposição ao diálogo, porque esta é uma política do PC do B”.

Presidentes e dirigentes de associações, como APRUJATAR, Vila Aparecida, Lagoa dos Camilos, Lages e Arredores, Pé de Juá, Maravilha, Assentamento Canaã, Lagoa D’Água e Arredores, Tubarão e Arredores, Sítio Aroeira, Vazante do Polaco e Roça Nova, além de mais duas dezenas de associações, seguiram atentamente os pronunciamentos.

Flávio da UNIFAN, vice-prefeito na chapa de Marcos, reforçou o compromisso de, junto com a Universidade, trabalhar para a melhoria da qualidade de ensino em todo o interior, comprometeu-se com a busca de recursos para novas obras e atendimento especial ao homem do campo.

Marcos Palmeira, reforçou o compromisso com o interior: “Dizem que só faço campanha no interior, faço também na cidade, mas o comércio de Remanso é pujante na segunda, quarta e sexta, quando o homem do interior está na cidade; nossa economia anda quando o homem do campo produz. Tudo depende do interior”.

Na plenária, com mais de 100 representantes, vereador Manoel Oliveira e duas dezenas de candidatos a vereador, foi aprovado o documento inicial, acrescido de novas demandas e que passa a fazer parte “não apenas do programa de governo, mas como roteiro de nossa ação à frente da prefeitura” – diz Marcos Palmeira.

Ascom

Zé Filho zomba da Lei e começa campanha

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Remanso

A turma do Ze1Nem bem o prazo para registro das candidaturas começa a correr e Zé Filho, que pretende ser candidato a prefeito em Remanso pelo PSD, DEM e PT, confiado na impunidade, afronta a Lei e coloca três carros de som nas ruas em campanha antecipada.

Com um texto agressivo e desafiador (“disposição de luta”, “guerreiro”), a propaganda eleitoral antecipada do candidato, objetiva, como fez nas campanhas anteriores, “demonstrar aos adversários que pode tudo e nada lhe acontece” – anota Valnei Oliveira Costa (Vavá Costa – presidente do PC do B em Remanso) e adverte – “Mas, desta vez ele vai encontrar de nosso lado disposição para levar à Justiça todos seus malfeitos e pedir punição”.

A representação, protocolada na tarde desta quarta-feira (10/08), “a primeira de muitas, porque ele é useiro e vezeiro no desrespeito à Lei”, invoca a Lei 9504/97, a Lei das Eleições e a Resolução 23.457/2015, que proíbe a pré-candidatos e candidatos veicular propaganda antes dos prazos determinados. 

“Zé Filho conta com o beneplácito de alguns órgãos locais de comunicação, mas não satisfeito, colocou três carros de som nas ruas, em um feriado, rodando por horas a fio em todos os bairros da cidade” – Explica Vavá Costa – “A Lei é clara: propaganda eleitoral antecipada é proibida. Ele sabe disso, ele tem um corpo de advogados que sabem disso, tem a estrutura jurídica da prefeitura, mas fez isso de caso pensado para mostrar aos seus que pode tudo”.

Um analista da política de Remanso resume a situação de Zé Filho: “Durante quase um mês ele conheceu uma realidade diferente. Foi a ameaça, concreta, de não ser candidato por suas ilegalidades nas prestações de contas; foi a disputa interna entre seus seguidores para assumirem a candidatura em seu lugar, que chegou às vias de fato e o fiasco de sua convenção. Ele tinha de mostrar força. Colocou os carros de som na rua de caso pensado. Mostra que é forte e atinge dois objetivos ao mesmo tempo: faz propaganda, proibida à Marcos Palmeira e reagrupa os seguidores.”.

Vavá Costa concorda com a análise: “Zé está acostumado a coagir, impor sob ameaça. Percebeu que tudo estava fugindo ao seu controle e como mostrar força? Contra a Lei, para mostrar que nada lhe acontece”.

ASCOM PC do B 
Remanso