Riacho dos Paes prestigia campeonato...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sento-sé

compeonato sentoseTeve início sábado (23), o campeonato Riachense de futebol edição 2016. A competição organizada pelo Departamento de Esportes da Prefeitura de Sento-Sé, conta com a participação de oito equipes e jogos aos sábados e domingos. De acordo com a tabela, a final da competição acontecerá no dia 21/05, durante as comemorações da festa da padroeira da comunidade, Santa Rita de Cássia. Os organizadores trabalham firme para não haver adiamento de partidas, só assim o cronograma dos jogos será cumprido na sua totalidade.

A rodada de abertura foi marcada por uma expressiva participação dos torcedores, que lotaram o campo de futebol e viram a equipe do Vila Real de Riacho dos Paes, derrotar o Grêmio da Fazenda Bebedouro por 2×0, no primeiro jogo. A segunda partida envolveu um clássico rival local, Cruzeiro x Vila Nova. Depois de um primeiro tempo sem gols, no segundo tempo o Cruzeiro resolveu abrir o marcador e terminou a partida com 2×0, sobre o seu adversário. Moradores e comerciantes confirmaram que o campeonato está movimentando a economia local. A proprietária de um estabelecimento, Neia Almeida afirma que “ além dos visitantes, agora os moradores tem motivos para saírem de casa e consequentemente acabam gastando mais”, detalhou a comerciante.

Está sendo formada em Sento-Sé, a 3ª Via Politica.

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sento-sé

psldesento séA pouco mais de três meses das convenções partidárias que vão homologar os nomes para o pleito municipal de outubro, os pré-candidatos se articulam para viabilizar seus projetos. Em Sento-Sé, tudo indica que nas eleições municipais deste ano o eleitorado local vai contar com uma terceira via que começa a se apresentar como uma alternativa aos grupos políticos que se alternam no poder há cerca de vinte anos.  

Essa terceira via deverá ser encabeçada pelo Partido Social Liberal (PSL). A chapa, puro sangue, com dois integrantes do partido, já estaria inclusive composta: o vice-prefeito Manoel da Paixão, como candidato a prefeito, e o ex-vereador, Rosalvo de Almeida Silva, como vice.

Na semana passada, os pré-candidatos e correligionários se encontraram com o Deputado Estadual do PSL, Euclides Fernandes, para discutir o projeto da legenda municipal para as eleições em Sento-Sé. O encontro ocorreu na sala da liderança do partido. Além dos dois pré-candidatos, participaram do encontro com o Deputado, o advogado e empresário Aroldo Fernandes, que pode assumir o diretório municipal, o ex-secretário municipal de meio ambiente de Sento-Sé, José Valcir e o ex-chefe de gabinete da prefeitura de Sento-Sé, Nei Freire, todos do PSL.

Para o deputado Euclides Fernandes, que representou a executiva estadual do partido na reunião, uma chapa com candidatos próprios em Sento-Sé, fortalece a legenda não só no município, como também no estado.  Manoel da Paixão afirma que o projeto do PSL é forte e consistente.  “A Terceira via chega com totais condições de vencer as eleições em Sento-Sé, na medida em que se constitui em uma alternativa forte, independente, e que se propõe a quebrar essa alternância de poder histórica e que não já não atende mais aos anseios da população” concluiu.

Ascom PSL de Sento-Sé

Prefeito de Sento-Sé explica notificação do TCM

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sento-sé

SENTO SÉ: PREFEITO EDNALDO BARROS EXPLICA NOTIFICAÇÃO DO TCM-BA

barrosEm resposta a matéria veiculada nesse importante veiculo de comunicação, sob o titulo: “ TCM obriga Prefeito de Sento Sé a devolver 818,2  aos cofres”. O Prefeito do município de Sento Sé, localizado na região norte do estado, Ednaldo dos Santos Barros,  esclarecendo sobre notificação que recebeu do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) - tratando da condenação imposta pelo mesmo a devolver R$ 818,2 mil aos cofres municipais e a desembolsar multa de R$ 8 mil por pagar a 14 servidores com vencimentos acima dos seus salários, em desacordo com o teto constitucional.

Ednaldo Barros explica, que os recursos realmente foram pagos, referentes aos pagamentos de 14 médicos plantonistas que prestam serviços no Hospital e Maternidade Dr. Heitor Sento Sé. Segundo o prefeito: “... Qual é o profissional médico plantonista que queira vir a Sento Sé para ganhar igual ou menor que o gestor? Não tem um. Cidade isolada, sem estrada, com duzentos quilômetros e não tem ninguém que venha nessa circunstancia. A não ser que o Tribunal arrume alguns, que queiram vir para Sento Sé para ganhar R$ 10 mil ou 12 mil reais, menor que o prefeito. Um médico plantonista desses em qualquer parte dos pais é da ordem de R$ 3,5 mil reais cada plantão. São trinta dias por mês, 14  médicos plantonistas  que se reversam trabalhando e, ao final de cada mês,  totaliza de oito a 10 plantões cada.

O Prefeito Ednaldo, deixa claro que não houve desvio de recursos e muito menos má fé na gestão dos mesmos e que a decisão do TCM atingiu a Bahia inteira. Disse ainda que: “... Foi apresentada defesa, mas considera que os Conselheiros do TCM não entenderam as justificativas apresentadas, bem como acha que o recurso impetrado não foi à altura dos fatos".

Finalmente, que, apresentará novo recurso, para tentar alterar a decisão do TCM e enfatiza: “... Os recursos foram usados para pagamentos de médicos plantonistas e que não faltam aos plantões”. Finalizou!

 

Osiel Amaral Assis Batista /DRT/BA5086/JOR

ASCOM/PMSS 

Ednaldo deve restituir R$ 818 mil...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sento-sé

aos cofres municipais

barrosNa sessão desta quarta-feira (20/04), o prefeito de Sento Sé, Ednaldo dos Santos Barros, foi multado em R$8 mil pelo Tribunal de Contas dos Municípios e deverá ressarcir o montante de R$818.230,00 aos cofres municipais, com recursos pessoais, em razão do pagamento a 14 servidores de remuneração em valor superior ao seu subsídio, em desacordo com o teto constitucional. A irregularidade foi identificada durante a análise das contas do exercício de 2013, sendo determinada a lavratura de Termo de Ocorrência para melhor apuração do fato.

Em sua defesa, o gestor não apresentou qualquer documento, apenas afirmou que se trata de profissionais da área da saúde que estariam contratados em regime de plantões por meio de “contratos administrativos”. Destacou ainda as dificuldades de contratação de médicos para as cidades do interior, como suposta justificativa para os elevados valores pagos – alguns receberam valores superiores a R$ 45 mil por mês.

O conselheiro José Alfredo Dias, relator do processo, sustentou que, em entendimento pacífico e unânime do pleno do TCM, a retribuição a qualquer servidor público municipal, mesmo os médicos, não pode ser maior que a dos prefeitos, como prevê o art. 37, inciso XI da Constituição Federal. Trata-se do chamado subteto, limite estabelecido de maneira insofismável em sede constitucional e que deve ser rigorosamente observado por todos os gestores públicos. Neste sentido, a ausência de documentos corrobora no sentido de que se considere a irregularidade dos pagamentos operados.


Cabe recurso da decisão.

Assessoria de Comunicação
Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia

Projeto de lei beneficia Agentes Comunitários...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sento-sé

Agentes Comunitariosde Saúde e de Combate às Endemias em Sento-Sé

Em sessão extraordinária realizada na manhã do dia 11, o plenário da Câmara de vereadores de Sento-Sé aprovou por unanimidade, o Projeto de Lei n° 352/2016, de autoria do Poder Executivo, que trata da criação de 93 (noventa e três), cargos de Agentes Comunitários de Saúde e 30 (trinta) de Agentes de Combate às Endemias, todos lotados na estrutura da Secretaria Municipal de Saúde, todos submetidos ao regime Jurídico Administrativo Estatutário. De acordo com o projeto, os ocupantes dos empregos públicos de Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combate às Endemias, que tenham ingressado no emprego mediante processo seletivo público ou na forma da emenda Constitucional n° 51/2006, tem assegurado o direito a serem providos e efetivados nos cargos criados.

No caso especifico dos ocupantes dos cargos de Agentes de Combate às Endemias, que ingressaram nos empregos mediante o processo seletivo público n° 01/2014, também tem direito a serem providos e efetivados nos novos cargos, uma vez que submetidos a regular processo de seleção pública, conforme Lei Municipal n° 172/2008.

Além do presidente da casa vereador Moacir Martins dos Santos, defenderam e votaram pela aprovação do projeto, os seguintes vereadores: Rudival Caetano, Hilton Muniz, Darles dos Santos, Denis Almeida, Cida Pesqueira, Zé do Rufino e João Borges. Os demais parlamentares não compareceram à sessão, más justificaram as ausências.

Depois da votação os agentes agradeceram a iniciativa do Poder Executivo Municipal e festejaram a vitória com os parlamentares. Os nossos representantes na câmara municipal corresponderam à nossa confiança, por isso reconhecemos o esforço de cada um que veio nos proporcionar esse triunfo, agradeceu um dos manifestos.

 

Ascom