Ano letivo em Sobradinho começa com Jornada Pedagógica

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sobradinho

BlackMais de 200 professores da rede municipal participaram de três dias de jornada.

Professores da rede municipal de ensino de Sobradinho participaram durante os dias 01, 02 e 03 de fevereiro da Jornada Pedagógica 2017. Numa realização da Prefeitura Municipal de Sobradinho, através da Secretaria Municipal da Educação (SME) a Jornada trouxe como tema principal “Planejamento: Articulando Saberes para uma Educação de Qualidade Social”. Cerca de 250 professores presentes ao evento, que também contou com a presença do vice-prefeito, Paulo Lima; secretários e assessores do governo; vereadores; coordenadores e gestores da rede municipal.

O prefeito de Sobradinho Luiz Vicente Berti não compareceu a abertura da Jornada Pedagógica no dia 1º, por está cumprindo agenda de trabalho em Salvador, mas enviou mensagem aos docentes desejando um excelente início de ano letivo, fazendo uma breve avaliação de como está a Educação hoje no município, e destacando os índices de desenvolvimento da Educação Básica na Terra da Barragem.

O Auditório do Memorial da CHESF esteve lotado durante toda a manhã. Uma vasta programação desenvolvida pela gestão da SME se estendeu até às 13 horas. Na programação, apresentação cultural/folclórica onde se destacou o rico folclore brasileiro numa comparação simbólica com a valorização do trabalho do educador.

DSC 0002O grupo cultural trouxe também o “Boi Bumbá” e canções populares, apresentações que tiveram a participação dos professores. Também se apresentou na Jornada o grupo de Capoeira Arte & Ginga, que trabalha a capoeira com crianças, projeto voltado para a educação. “Ao invés de cantar a luta nós vamos cantar o desenvolvimento da Educação”, lembrou um dos instrutores. Nos intervalos, um coffe break acompanhado de apresentação musical.

Temas como: “Plano Municipal de Educação e Desenvolvimento Sustentável; Planejamento e Execução de Políticas Públicas de Educação Ambiental Permanente” foram expostos e discutidos pelos palestrantes da jornada. Os educadores também puderam participar e interagir com as “palestras mágicas” de Jardel Beck, que envolveu a todos com a maneira leve e divertida de expor seus conhecimentos sobre Educação. 

A segunda palestra ficou por conta da mãe do prefeito Luiz Vicente, a engenheira agrônoma, Dona Maysa Sajuan,  substituta do convidado que por motivo superior, não compareceu.

Motivação inicial

Para a professora de ensino fundamental I, da Escola Geraldo Silva, Givanice Fonte, a Jornada Pedagógica é sempre um encontro deDSC 0081 motivação inicial para o ano letivo. “É de uma importância fundamental, é o ponta-pé inicial. A gente se sente bem acolhido pela gestão, para o trabalho que começa”, afirmou. A docente está em sala de aula desde 2012 e se sente realizada com o seu trabalho na rede municipal de ensino.

O palestrante Jardel Beck, que animou a Jornada Pedagógica no seu primeiro dia com as suas palestras mágicas, disse da satisfação de está pela primeira vez no município de Sobradinho, e ainda realizando a sua tarefa preferida, que é proferir palestras de uma maneira surpreendente e divertida, e por que não dizer “mágica”.

Para Jardel, é importante que os professores da cidade comecem o ano letivo refletindo sobre o processo educacional, sobre aprender e também empreender, e Sobradinho está de parabéns por esta iniciativa, de buscar a interação com os docentes e de motivá-los para o ano letivo.

“Primeiro é uma alegria está aqui a convite da secretaria de Educação, e quando se tem uma plateia de professores eu acho muito bacana, professores que assumem também uma postura de aprender, que entendem que não podem às vezes chegar o momento e parar de estudar; num mercado extremamente competitivo e acelerado como é o atual, quem decide ficar parado começa pra trás”, pontuou Beck.

DSC 0079De acordo coma secretária Municipal de Educação, Ducilene Kestering, que também fez o cerimonial da Jornada, é dever do município incentivar e orientar os professores; pautar a sua atuação nos princípios da universalização do direito à educação, da gestão democrática, da política educacional e da inclusão social.

Durante os dias da Jornada Pedagógica de Sobradinho, entre os temas propostos, teve também apresentação do livro: “Livre, leve e solto”, de autoria de Karine Gualter, além de oficinas e plenária, com o tema: “PME na Meta Educação Ambiental Permanente. O ano letivo na rede municipal de ensino de Sobradinho tem início em fevereiro.

 

Por Paulo Carvalho/Redação

Fotos: Luiz Washington

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar