Situação do Rio São Francisco

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sobradinho

“Situação do Rio São Francisco é desesperadora”, alerta Lídice da Mata

DSC07925AA senadora Lídice da Mata (PSB-BA) fez, nesta segunda-feira (1º),  um alerta para a situação que passa o Rio São Francisco com as obras de transposição, iniciadas há sete anos e com atraso de pelo menos outros quatro. Nesta quarta-feira (3), serão realizados atos em favor do Rio em todo o Nordeste pela passagem do Dia Nacional em Defesa do São Francisco.  

Ao citar reportagem feita pelo jornal O Estado de Minas, Lídice comparou o Velho Chico a um paciente agonizante em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Com problemas como poluição e assoreamento, o rio agoniza em praticamente todos os estados por onde passa. Recentemente, uma mancha escura surgiu em trechos da Bahia e Sergipe, comprometendo o abastecimento em algumas regiões.

Para a senadora, o Governo Federal tem que – mesmo com ajuste fiscal – viabilizar recursos para a recuperação do Velho Chico. “É preciso entender que o São Francisco é prioridade. Não da para empurra esse problema com a barriga. A situação é desesperadora”, disse Lídice da Mata.

Segundo trecho da reportagem do jornal O Estado de Minas, “o São Francisco definha a uma velocidade que surpreende os mais pessimistas e a transposição, apresentada como panaceia para matar a sede no Nordeste, não apenas avança a passos trôpegos, como zomba de sertanejos, ao lhes negar acesso até à pouca água que tinham antes do início da obra”.

Os repórteres do periódico percorreram 3.500 quilômetros entre Minas, Bahia e Pernambuco, para uma série de reportagens que será veiculada ao longo dessa semana.

“São milhares de famílias agonizando junto com o rio, perdendo suas pequenas lavouras e deixando animais e até os filhos com sede”, contou a senadora.

Projeto de autoria de Lídice prevê revitalização da Bacia do Velho Chico

Lídice é autora do Projeto de Lei do Senado (PLS) 86/2015, que institui normas para a revitalização da bacia hidrográfica do Rio São Francisco. Um dos itens é a criação de um fundo para a recuperação do Velho Chico.

Além da recuperação do rio, Lídice está estudando um outro projeto, com a sugestão de criação de um corredor ecológico ao longo do São Francisco, como forma de preservação ambiental e como forma de estimular o turismo.

Lídice disse ainda que em 2014 foram aplicados R$ 136 milhões, quando o total previsto era de R$ 245 milhões. “O programa existe, mas suas ações se mostram insuficientes para dar conta da realidade que vemos hoje”, disse a senadora.

 
Gabriel Carvalho
Jornalista

Campeonato Sobradinhense

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sobradinho

Campeonato Sobradinhense de Futebol movimenta o Apolônio Sales

DSC 0440O Campeonato Sobradinhense de Futebol está movimentando o comércio no Estádio Apolônio Sales, que além de palco da competição esportiva, está também possibilitando a venda de diversos produtos pelos comerciantes informais.

Durante as partidas, os ambulantes faturam com a venda de lanches e bebidas, aumentando a renda familiar.

Eles demonstram satisfação com a iniciativa da Prefeitura de resgatar o campeonato e revitalizar o estádio.

Satisfação também para os dirigentes das equipes, jogadores e torcedores que estão comparecendo aos jogos nas tardes de sábado.

Através de uma parceria com a Rádio São Francisco FM as partidas estão sendo transmitidos, ao vivo.

"Fizemos esta parceria para divulgar ainda mais nosso futebol, valorizando a prata da casa.  A transmissão dosDSC 0442 jogos pela rádio agregou muito ao campeonato e o torcedor que não puder comparecer ao estádio, pode acompanhar as partidas e comentários dos locutores na comodidade de casa. Mas convidamos os amantes do futebol para irem ao Apolônio Sales, que já se transformou em um ponto de encontro aos sábados", ressaltou Téo Mossoró, Secretário de Turismo, Esporte e cultura.

No último sábado jogaram: São Paulo 02 x 01 Flamengo e São Caetano 02 x 0 União.

As finais do campeonato acontecerão no dia 28 de junho.

 

Ascom

Grupos debatem as lutas por Terra

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sobradinho

Grupos debatem as lutas por Terra e Território na Bacia do São Francisco

IMG 7329Na tarde do segundo dia (29 de maio) do IV Encontro Popular da Bacia do São Francisco, foram realizadas rodas de conversa sobre Terra e Território, um dos eixos de atuação da Articulação São Francisco Vivo.

Quatro grupos debateram as experiências de algumas comunidades no processo de retomada de seus territórios e lutas por permanência em suas terras.

O primeiro grupo relatou as experiências do povo indígenas Kariri-Xocó, de Alagoas, que lutam há 10 anos pela sua terra e estão em processo de retomada e regularização de seu território, e do quilombo Brejo dos Crioulos, no norte de Minas Gerais, que tem parte de suas terras dominadas por latifundiários.

Outro grupo apresentou as experiências dos Caraíbas, comunidade localizada no município de Pedras de Maria da Cruz-MG e que foi expulsa por fazendeiros, Barra do Parateca, no oeste da Bahia, próximo ao município de Carinhanha, que têm o território em processo de regularização fundiária, e Brejão dos Negros, no município de Brejo Grande/SE aguardam demarcação e titulação do território.

Durante a discussão, os grupos apontaram que o Estado é um dos causadores da maioria dos conflitos e apontaram como propostas a ocupação de órgãos públicos.

A experiência dos pescadores de Sobradinho/BA, que sofrem com os impactos da construção de barragens e dos Fundos e Fechos de Pasto de Correntina/BA, que enfrentam a grilagem de terra e pistolagem, foi apresentada pelo terceiro grupo.

Já o último grupo apresentou a experiência e propostas das comunidades da Ilha do Jegue, território pesqueiro do Baixo São Francisco que conseguiu concessão de uso, mas não de moradia, e a comunidade de fundo de pasto Areia Grande, no município de Casa Nova/BA.

Os grupos reconheceram a contribuição da Articulação São Francisco Vivo no processo de conscientização da revitalização do Rio com a presença do povo, nas lutas de enfrentamento e resistência e na elaboração de oficinas que proporcionaram conhecimento acerca dos direitos dos povos e de como denunciar os abusos. Para os participantes da oficina, a SFVivo incentivou à consciência ambiental popular e proporcionou a troca de informações entre as comunidades.

De acordo com o coordenador da Articulação, Ruben Siqueira, um dos grandes papéis da SFVivo é justamente favorecer o intercâmbio entre as comunidades: “A Articulação é capaz de dar visibilidade e trabalhar a articulação política e a formação política, mas enfrentamos um problema na intermediação das comunidades com as autoridades”, disse.

Os outros eixos de atuação da Articulação como Enfrentamento a Projetos do Capital, Revitalização e Consolidação da Articulação serão discutidos nos próximos dias do Encontro, que vai até o dia 31 de maio, no Centro de Treinamento de Líderes, em Bom Jesus da Lapa/BA.

Leia mais:

Henrique Cortez faz análise de conjuntura da bacia do Rio São Francisco

 
Lidiane Borges/DRT-BA 3375
Articulação Popular São Francisco Vivo
Assessoria de Comunicação


Exploração Sexual de Adolescentes

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sobradinho

Prefeitura de Sobradinho mobiliza a comunidade para o enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

954857 1072453762783653 5911206901104099807 nNas escolas municipais, estaduais e particulares de Sobradinho, a linguagem teatral conscientiza os alunos sobre o abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.  

Através da arte, de forma prazerosa e lúdica, a Companhia de Teatro "Gestos e Ações” vem abordando o tema e chamando atenção para a importância da denúncia e o engajamento de toda sociedade no combate a este grave problema que atinge crianças e adolescentes, dentro e fora de casa.

Com o tema “Cuidando do Futuro do Brasil", a abordagem teatral foi montada em duas versões: para o público de adolescentes e para crianças, obedecendo cada faixa etária e sob orientação do serviço de psicologia da SEADS. 

A ação "Teatro na Escola" vai até o dia 29 de maio, quando a campanha será encerrada e é a aberta a toda família e comunidade.

O ponto alto da campanha aconteceu nas ruas da cidade, com uma mobilização coordenada pela SEADS e que contou com a participação de alunos da rede municipal que comandaram a ação de sensibilização à comunidade. Crianças e adolescentes abordaram comerciantes, consumidores, pessoas que transitavam pelas ruas da cidade com uma mensagem de paz e de encorajamento para a necessidade da denúncia. Através de panfletos informativos e música, os alunos passaram dados sobre esta problemática no Brasil e informaram sobre os riscos para o desenvolvimento da infância e da juventude, penalidades, perfil dos agressores e diferenças entre abuso e exploração sexual.

" Esta mobilização foi muito produtiva, principalmente porque foi feita por crianças e adolescentes que puderam levar uma mensagem de paz e um apelo para que toda comunidade se envolva e enfrente esse problema grave que deixa sequelas na nossa infância e juventude, atingindo toda sociedade. O apelo foi feito. Precisamos proteger, defender nossas crianças e adolescentes, garantindo um desenvolvimento pleno e saudável. A campanha mobiliza, mas é no dia a dia que este trabalho de enfrentamento deve ser feito. Nossa equipe tem essa questão como uma das suas prioridades. Fazemos nossa parte. Convocamos a sociedade a fazer a sua também, declarou Fernanda Sanjuan, Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social.

ASCOM

Luiz Vicente com o Comandante da PM

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Sobradinho

 Luiz Vicente se reúne com o Comandante geral da PM para discutir segurança pública no município

DSC03890O prefeito Luiz Vicente Berti participou de uma reunião, na sexta- feira, 15, com o comandante geral da Polícia Militar da Bahia, Coronel Anselmo Brandão, para dialogar sobre a segurança pública em Sobradinho e também nos municípios que fazem parte do Consórcio Sustentável do Sertão do São Francisco, do qual é presidente.

Acompanhado de oficiais auxiliares, o chefe maior da PM no Estado, ouviu os pleitos do gestor, que relatou as últimas ocorrências policiais registradas em Sobradinho, que estão gerando temor e insegurança à população.   

Luiz Vicente expôs a realidade da segurança pública em Sobradinho e nos municípios consorciados, que apresenta falta de estrutura e de efetivo, deixando as populações descobertas.   

"Segurança publica é dever do estado. Nós, dos municípios, somos parceiros  e, mesmo passando por dificuldades, oferecemos o suporte necessário e possível para a realização do trabalho das polícias. Pleiteamos uma ação mais efetiva do estado para que a comunidade possa viver com mais tranquilidade. A vinda do comandante geral nos anima e sinaliza melhorias para a segurança da sociedade. Estamos confiantes de que esta visita terá resultados positivos ”, declarou o Prefeito Luiz Vicente. 

“A reunião foi muito proveitosa. Logo iremos anunciar o novo comandante da Rondesp para  a Região. Nossa meta é uma maior aproximação com as pessoas, mostrando a polícia nas ruas e dando continuidade ao trabalho em parceria com os municípios. Meus oficiais estão em harmonia com nosso objetivo e imbuídos em prestar o melhor serviço a sociedade. Saímos com a esperança de que os resultados sejam positivos para Sobradinho e região”, anunciou o Comandante.

Para o comandante do CPRN, Tenente Coronel Neves, encontros como esse são muito importantes para consolidar as ações de prevenção e combate a criminalidade. “A presença do nosso comandante geral foi muito importante e nos motiva a realizar novos atos, novos procedimentos nos municípios. E isso vai melhorar o policiamento e a população da nossa região pode ter certeza de que a polícia militar vai estar 24h cuidando e protegendo as pessoas. Também é preciso que a sociedade participe nos apoiando para que juntos possamos melhorar cada vez mais a segurança pública ”, ressaltou o Tenente Coronel Neves.

Ascom