Curtas & Boas 16/10

Publicado em Curtas & Boas

Foram entregues na semana passada, pelos advogados, informações sobre os bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ex-primeira-dama Marisa Letícia, que morreu em fevereiro deste ano. As informações, parte do inventário de Marisa, apontam um patrimônio declarado que soma R$ 11,7 milhões. As informações são do site da Revista Época desta segunda (16).

A lista entregue apresenta 20 bens e imóveis, carros e aplicações financeiras. Entre os mais valiosos estão duas aplicações na previdência privada, que alcançam R$ 9 milhões. O levantamento não possibilitou o acesso a todas as aplicações financeiras e foi preciso solicitar junto a Caixa Econômica Federal, no Banco do Brasil na Bolsa de Valores extratos e posições consolidadas. Leia abaixo a relação de bens do casal:

1 – Apartamento residencial no Edifício Green Hill, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 602.435,01

2 – Apartamento residencial, número 92, no Edifício Kentucky, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 179.606,73

3 – Apartamento residencial, número 102, no Edifício Kentucky, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 179.606,73

4 – Fração do Sítio Engenho da Serra, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 413.547,57

5 – Direito de aquisição de uma fração do Sítio Engenho da Serra, em São Bernardo do Campo
Valor: R$ 130.000,00

6 – Automóvel Ford Ranger 2013/2013..... e vale!
Valor: R$ 104.732,00

7 – Automóvel Ômega CD 2010/2011 e vale!
Valor: R$ 57.447,00

8 – Conta-corrente no Bradesco
Valor: R$ 26.091,51 (posição de fevereiro/2017)

9 – Crédito junto à Bancoop referente a sua demissão do quadro de sócios
Valor: R$ 320.999,20 (posição de fevereiro/2017)

10 – 98 mil cotas sociais da LILS Palestras, Eventos e Publicações
Valor: R$ 145.284,91

11 – Poupança na Caixa
Valor: R$ 126.827,43

12 – Poupança no Itaú
Valor: R$ 21.438,70

13 – Poupança no Bradesco
Valor: R$ 2.946,69

14 – Aplicação financeira Invest Plus, no Bradesco
Valor: R$ 16.605,25

15 – Aplicação financeira LCA, no Banco do Brasil
Valor: R$ 98.378,89

16 – Renda Fixa, no Banco do Brasil
Valor: R$ 191.926,45

17 – Renda Fixa, no Banco do Brasil
Valor: R$ 52.709,96

18 – Renda Fixa, no Banco do Brasil
Valor: R$ 39.929,24

19 – Previdência Privada VGBL, no Banco do Brasil
Valor: R$ 7.190.963,75

20 – Previdência Privada VGBL, no Banco do Brasil
Valor: R$ 1.848.331,34

Total: R$ 11.749.806,36 (Fonte: Diario do Poder)

Curtas & Boas 06/10

Publicado em Curtas & Boas

Nacional

O presidente Michel Temer sancionou nesta sexta-feira, 6, a reforma política aprovada pelo Congresso e vetou dois pontos da lei. Foram retirados do texto o artigo que poderia levar à censura prévia nas redes sociais - que foi alvo de intensas críticas - e o que revogava a regra atual que permite o financiamento de até 100% das campanhas com recursos próprios, o que beneficia candidatos ricos.

Com a sanção, as mudanças nas regras eleitorais estarão em vigor na disputa do ano que vem. As principais delas são a criação de um fundo eleitoral com recursos públicos - de R$ 1,7 bilhão - para financiar as campanhas e a cláusula de desempenho, que limita o acesso ao Fundo Partidário e ao tempo de propaganda na TV e no rádio.

Os vetos de Temer levaram em conta a repercussão negativa das medidas aprovadas pelo Congresso. Uma das emendas incluídas durante a votação do projeto na Câmara, na madrugada de quinta-feira, 5, autorizava a remoção de conteúdos da internet após uma denúncia de "discurso de ódio, disseminação de informações falsas ou ofensa em desfavor de partido, coligação, candidato ou de habilitado (à candidatura)". O texto não previa a necessidade de autorização judicial para a retirada de conteúdo, o que daria brecha para censura prévia.

A medida causou reação de diversas entidades. Em nota, Temer afirmou que o pedido para que o artigo fosse vetado partiu do próprio autor da emenda, deputado Áureo (SD-RJ), que ligou para o presidente hoje pela manhã.

Também em nota, Áureo disse que a sua "intenção foi de impedir que os ataques de perfis falsos de criminosos pudessem prejudicar o resultado das eleições". Ele também afirmou que não defende nenhum tipo de censura e que voltou atrás depois de ser "procurado por diversos cidadãos e instituições preocupados com o possível mau uso da proposta para suspender publicações legítimas".

Já no caso do autofinanciamento de campanhas, o veto de Temer corrigiu uma espécie de "barbeiragem" dos senadores ao aprovar o projeto. Embora a intenção dos parlamentares tenha sido liberar o candidato a patrocinar com recursos próprios o gasto total da campanha, eles acabaram impondo um teto a este tipo de doação.

Pelo texto enviado à sanção presidencial, candidatos estariam submetidos à regra geral para doação de pessoa física, ou seja, limitado a dez salários mínimos. Em 2018, este teto seria de R$ 9.690.

Temer, no entanto, vetou o artigo que limitava a doação de pessoas físicas aos dez salários mínimos, mantendo a redação da lei atual. Pela regra que valerá em 2018, candidatos poderão financiar 100% de suas campanhas e pessoas físicas terão o limite de doação de até 10% da sua renda bruta do ano anterior.

Curtas e Boas 03/10

Publicado em Curtas & Boas

Nacional
 
Um voo que pousou em Brasília na manhã desta terça-feira (3/10) trouxe uma bagagem com arma de fogo. O flagrante aconteceu quando policiais federais fiscalizaram as malas do avião que veio de Boa Vista (AC). Os agentes identificaram o responsável pela bolsa. Segundo a corporação, a pessoa alegou que comprou o revólver de outra que passava por dificuldade. Além da arma a PF encontrou R$ 42.908 em dinheiro e 38 gramas de ouro
 
De acordo com a PF, o responsável pela bagagem disse que estava vindo de um garimpo na Venezuela onde extraiu 340 gramas de ouro. Segundo ele, o produto foi vendido por R$ 40 mil. O suspeito foi preso e encaminhado a Superintendência da Polícia Federal.
Segundo a corporação, ele será mantido na carceragem até a audiência de custódia e, depois, vai ser encaminhado ao Complexo Penitenciário da Papuda.
...........................................................................
Por 50 votos a 21, os senadores decidiram, na noite desta terça-feira (3/10), adiar a votação sobre o afastamento do senador Aécio Neves para o dia 17 de outubro. A determinação de retirar o senador tucado de suas funções é do Supremo Tribunal Federal (STF).
O plenário do Senado passou a tarde inteira em discussão. A decisão de afastar Neves havia sido tomada ainda na última terça-feira (26/10), por três votos a dois, pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal. Os ministros determinaram também que o político mineiro ficasse em recolhimento domiciliar noturno. Ele é acusado de corrupção passiva e obstrução de Justiça.
Para a defesa de Aécio, a imposição de medidas cautelares contra o tucano não é justificável. Os advogados argumentam que o STF "nunca teve a oportunidade de analisar os fatos" que são imputados ao senador no âmbito da delação da J&F, destacando que ainda não foi recebida pela Corte a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o tucano.
Em maio, quando a delação da J&F veio à tona, Fachin determinou o afastamento de Aécio Neves das funções parlamentares ou de "de qualquer outra função pública". Também impôs à época duas medidas cautelares ao tucano: a proibição de contatar qualquer outro investigado ou réu no conjunto de fatos revelados na delação da J&F; e a proibição de se ausentar do País, devendo entregar seu passaporte.

Casa Nova

Desafiou em programa de rádio

Já se pode ter uma ideia de como vai ser a campanha de deputado na região do vale. O Pré-candidato a deputado estadual, TUM, desafiou num programa de rádio em Petrolina, os deputados votados em Casa Nova, mostrarem uma obra conseguida por eles para a cidade e citou como exemplo seus dois principais concorrentes em 2018, Adolfo Viana Neto e Roberto Carlos.

Mesmo sem mandato

Enquanto ele, o TUM, mesmo sem mandato, disse que já consegui através do seu prestigio com os amigos deputados, em Brasília, mais de cinco milhões de reais em emendas para o melhoramento das estradas do município, para a reforma do Hospital, estrada da AABB e outras. Entretanto, os que só aparecem em Casa Nova nas eleições, não conseguiram nada.

Só de PROJETOS

Certa vez o deputado Edson Duarte disse que em Brasília, o que mais tem são recursos e o que precisa para conseguir é só de PROJETOS e força de vontade.

Jovem eleitora

Hoje, tá de um jeito que para levar o voto do eleitor, tem de mostrar serviço. Semana passada, conversando com uma jovem eleitora de 18 anos, ela me dizia que vai investigar a vida política dos candidatos, para ver quem vai merecer o seu voto e espera que todos os eleitores façam a mesma coisa.

Votar em corrupto

“Se alguém lhe pedir o voto, pergunte o que ele já fez por sua cidade. Nunca vote em alguém, sem antes, saber o seu passado. Esse é o momento de passar a limpo. Votar em corrupto, nem pensar”, disse a jovem.

Quem não ouve conselho

O mês de Setembro em Casa Nova foi um mês de muitos acontecimentos. O ex-vereador Zé Eduardo, para manter a tradição, resolveu fazer sua vaquejada em Pau a Pique, com a cara e a coragem, e parece que se deu mal. Os amigos que poderiam ter colaborado, muitos deles nem sequer compareceram. E não foi por falta de conselho. Teve gente que chegou a dizer pra ele: Zé, Zé desiste disso!

Mais uma confusão por causa de uma foto

O ex-vereador Leonardo Silva ao fazer a Convenção do seu Partido, O PSD, foi criticado pelo fato do ex-prefeito Wilson Cota ter marcado presença no evento e saído numa foto que está no www.facebook.com/anoticia. dovale, feita pelo Jornal A Notícia do Vale.

Bolsonaro

Vejo que se providências não forem tomadas, daqui a uns dias vai ter gente querendo proibir A Notícia do Vale de registrar os fatos, mesmo antes de Bolsonaro ser presidente.

Alex de Santana

Ainda em Casa Nova, o vereador Alex de Santana, que vinha sendo cobrado para decidir quem ele ia apoiar para deputado estadual, Alex usou a tribuna da Câmara, semana passada, para dizer que resolveu continuar com o Deputado Roberto Carlos.

Não foi surpresa

Alex, além de ser eleitor de Roberto há muito anos, é também o presidente do PDT em Casa Nova. Foi uma decisão que todos já esperavam, portanto, não foi surpresa. Enganou-se quem pensou que a decisão seria outra.

Não sei se vale a pena brigar por causa de politica

Estava lembrando aqui do dia em que o vereador João Honorato, à época, precisou ligar para o Deputado Marcelo Nilo, então presidente da

Assembleia Legislativa da Bahia, pra pedir ao deputado que ligasse para a polícia para lhe garantir segurança, pois estava sem poder sair do Plenário da Câmara, ameaçado pelo colega vereador, Ademir Cota. Hoje, os dois estão navegando no mesmo barco, um colaborando com o outro.

Já dizia Brizola

Para ganhar a eleição, já dizia Brizola, a gente engole até sapo. Todas essas brigas aí na política de Casa Nova e em todas as cidades do Brasil é só uma questão política mesmo, mas se preciso for, para ganhar uma eleição, se junta todo mundo. Tô mentindo?

Curtas e Boas 27/09

Publicado em Curtas & Boas

Nacional

Lideranças da cúpula do DEM se reuniram com o apresentador Luciano Huck para discutir a possível filiação do global de olho nas eleições de 2018. Entretanto, o apresentador confirmou que participou da reunião, mas negou que tenha discutido sua entrada no partido.

O DEM deverá anunciar em meados do próximo mês a refundação da sigla, com a troca de nome (Mude, Centro ou Centro Democrático são as alternativas) e a apresentação de um novo manifesto. Nesse processo, o partido está em busca de um elenco novo de candidatos para 2018, entre eles, uma candidatura própria para a eleição presidencial. Para disputar uma vaga de deputado federal, um dos novos filiados será Kim Kataguiri, do Movimento Brasil Livre (MBL).

Há quem avalie no DEM que Huck pode vir a ser um “excelente” candidato a vice, caso o partido não tenha candidato próprio. “Mas primeiro precisa convencer o Huck a ser vice”, brincou um dirigente democrata.

Huck confirmou ao GLOBO a reunião com o DEM na semana passada no Rio, mas negou que tenha tratado de filiação com a sigla. “O Luciano segue conversando com todos que queiram trocar ideias de como podem influenciar positivamente o debate eleitoral do ano que vem. Mas, não está filiado e nem discutiu o assunto com ninguém nas últimas semanas”, informou a assessoria de imprensa do apresentador.

Até o momento, não há nada fechado, sobre a filiação de Huck. O prazo de filiações para candidatos no próximo pleito termina em abril. Fonte: Época

...........

Petrolina

Com destaque no grupo de oposição do governador Paulo Câmara (PSB), o senador Armando Monteiro Neto (PTB) aparece como uma opção para a disputa pelo o Governo de Pernambuco, em 2018. Para vice de Armando, o nome indicado seria o do ministro Fernando Filho.

Segundo informações, mesmo com a decisão do PMDB de ter candidato próprio, o mais provável é que o partido componha a chapa majoritária do conjunto oposicionista indicando o candidato a vice-governador. Nos bastidores, já se diz que o senador Fernando Bezerra, que deve assumir as rédeas do PMDB, indicaria o seu filho, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, para vice de Armando. Fonte: blog do Magno.

.....................

Juazeiro

Através de Audiência Pública e atendendo ao dispositivo constitucional disposto no parágrafo 4°, artigo 9°, da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) de 4 de maio de 2000, o secretário de finanças da Prefeitura de Juazeiro, Gilson Araújo, apresentou, nesta terça-feira (26), na Câmara de Vereadores de Juazeiro, os números do segundo quadrimestre de 2017.

Os vereadores apreciaram os números correspondentes às receitas, despesas do exercício, contratos, que compõem a execução orçamentária. O secretário apresentou as receitas totais, no período de Janeiro a agosto de 2017, com um previsto de R$ 525.000.000,00 e realizado de R$ 342.353.712,87 e as despesas estimadas em R$ 525.000.000,00 e realizado R$ 332.796.658,56.

 

Curtas & Boas 16/09

Publicado em Curtas & Boas

Uma fonte nos informou ontem que um vereador de Juazeiro, acompanhado do pai, esteve em Casa Nova, num jantar, para juntos oferecerem o PSD, atualmente presidido por Dani Guerrira, ao empresário e possivel candidado a prefeito em 2020, Galdino, para em troca ter seu apoio à candidatura a deputado estadual do filho do atual presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, deputado Coronel.

Quem não deve ter gostado desse jantar foi o deputado Zó que certamente estava contando também com o apoi de Galdino, já que o mesmo Galdino deve apoiar Isaac para deputado federal... É cobra engolindo cobra.

O que se sabe é que muitas águas, mesmo o rio secando, ainda vão rolar daqui para 2018. Tudo em troca do voto. Ninguem se surpreendas do que vai acontecer daqui pra lá!

Rui Costa teve em Juazeiro e em determidado momento disse que só falará de eleição, ano que vem. Ele reconhece que muitas mudancas hão de acontecer, ainda. Por enquanto não dá pra saber quem será candidato. Até porque as reformas ainda estão por ser votadas, se é que vão votar.

Ele não disse, mas segundos comentários, Rui (PT) seria candidato a reeleição com o Coronel (PSD) na vice; João Leão (PP) e Jaques Wagner (PT) senadores.

O concorrente de Rui deve ser mesmo ACM Neto. Comenta-se que Geddel tem uma lista dos provaveis nomes que receberiam fatias dos cinquenta e um milhões. Se for verdade e Geddel apresentar esta lista à justiça, muda tudo.

Enquanto isso o eleitor, coitado, continua sendo usado para os grandes acordos.