Curtas & Boas 31/01

Publicado em Curtas & Boas

Casa Nova

Prefeituras baianas terão R$ 300 milhões para terminarem obras da educação. Municípios baianos terão um reforço de R$ 300 milhões para terminar obras na área de educação em 2017. No entanto, o montante será direcionado aos que pelo menos já tem 50% dos trabalhos adiantados. Segundo a Coluna Tempo Presente, do A Tarde, os recursos virão via Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), confirmados pelo presidente do órgão, o baiano Sílvio Pinheiro.

*****

No estado, são 483 obras na situação, 414 de responsabilidade das cidades e 69, do estado. Em relação aos municípios que estão com obras com menos da metade realizada, o fluxo de caixa será menor. Para estes casos, receberá mais recursos quem primeiro executar as obras.

*****

Na Bahia, são 805 obras de educação tocadas pelas prefeituras com recursos do FNDE. A lista inclui construção e ampliação de escolas, creches, quadras poliesportivas, coberturas de quadras.

*****

Tomara que a cidade de Casa Nova seja contemplada com parte dessa verba para terminar as obras, pelo menos das creches, uma delas no Loteamento São Francisco.

*****

Falando em Casa Nova, o novo secretário de saúde disse para Curtas & Boas que as tais reformas feitas pela gestão passada, nas escolas, vão ser preciso ser refeitas considerando que há muitas infiltrações e as empresas responsáveis pelos serviços serão intimadas.

*****

O secretário de educação disse ainda que não está sendo fácil resolver tantos problemas deixados pela gestão passada. É carro sem pneu, sem baterias e pra dificultar ainda mais não foi feita a transição como prevê a Lei. “A vantagem é que temos uma equipe competente”.

*****

O secretário disse ainda que foi instalada uma auditoria para detectar os problemas e tentar resolve-los na medida do possível.

*****

É interessante informar que a mesma auditoria está sendo instalada em todas as secretarias e órgãos da prefeitura. A cobra vai fumar e quem for podre que se quebre!

*****

A secretaria de educação continua fazendo o recadastramento de todos os funcionários. “Os que não comparecerem terão seus salários suspensos”. Avisa o gestor.

Juazeiro

O Jardim São Paulo está entre os 12 bairros contemplados com as obras de drenagem, saneamento e pavimentação do Projeto de Intervenção da Poligonal Urbana que integra o Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2. E dia 27 recebeu a visita do prefeito Paulo Bomfim para um diálogo com os moradores e lideranças comunitárias sobre o início das obras.

*****

"Dentro do projeto a previsão é de que nove ruas do bairro sejam beneficiadas com pavimentação asfáltica. Na próxima semana, a equipe do SAAE e da topografia começam os trabalhos para que possa ser iniciada a execução do corte e terraplanagem das primeiras vias", explicou o gestor das obras do PAC em Juazeiro, Anderson Fonseca.

*****

Para o titular da SEDUR, Anderson Alves, a chegada da pavimentação no Jardim São Paulo é mais um degrau alcançado rumo ao desenvolvimento urbano de Juazeiro. "Nossa missão à frente da secretaria de obras é trabalhar para a melhoria da infraestrutura e do desenvolvimento urbano. A cada frente de serviço de pavimentação iniciada estamos diminuindo o déficit acumulado", destaca o secretário.

*****

Durante a visita o prefeito aproveitou para explicar a obra e tirar dúvidas dos moradores. "Nosso governo tem como mote a mudança e o que nos move é trabalhar para que essa mudança aconteça cada vez mais. Estamos aqui honrando nossa promessa e na próxima semana as obras serão iniciadas no bairro. Já discutimos com a equipe de engenharia e vamos fazer uma passagem sobre o canal Malhada, para ligar o bairro e assim promover mais mobilidade", declarou o prefeito.

Petrolina

Em reunião, o Vereador Paulo Valgueiro, do PMDB, foi aclamado Líder da Oposição na Câmara Municipal de Petrolina, tendo como Vice-Líder a sua colega de bancada, a Vereadora Cristina Costa, do PT.

*****

Paulo Valgueiro e Cristina Costa recebem essa nobre missão de representar a bancada de oposição, comprometendo-se a fazer uma oposição responsável, coerente, com argumentos transparentes, buscando o diálogo sempre que possível, mas endurecendo o discurso quando se deparar com erros e injustiças, pois o povo de Petrolina merece ser respeitado e bem representado na Câmara, que é de fato a casa do povo.

Não restam dúvidas de que essa dupla tem preparo e disposição para os embates que virão ao longo desta legislatura.