Curtas & Boas 31/03

Publicado em Curtas & Boas

Com apoio da Frente Brasil Popular, de vereadores, estudantes e populares, os professores da rede municipal e estadual de ensino participaram na manhã desta sexta-feira (31) em Juazeiro do Dia Nacional de Luta como preparativo para a greve nacional que ocorrerá no mês de abril.

Ao Blog o professor Gilmar Nery, diretor presidente da APLB que liderava o manifesto disse que “Os dias 08 e 15 de março abriram um cenário de resistência unificada e nacional contra a Reforma da Previdência, que obrigou Temer e o Congresso a recuarem. A classe trabalhadora brasileira mais uma vez mostrou a sua força quando em ação e Juazeiro está fazendo a sua parte”.

A manifestação desta sexta (31) teve como foco principal o protesto contra as reformas da Previdência, Trabalhista e contra a PL da Terceirização, que ainda precisa da sanção de Temer. “O que eles querem é sacrificar os trabalhadores e o futuro da nossa juventude em troca de dólares e o aumento da taxa de lucro para perpetuarem os seus privilégios” pontuou Gilmar Nery.

A manifestação iniciada com uma assembleia no auditório da APLB Sindicato, culminou com a interdição da Ponte Presidente Eurico Gaspar Dutra o que provocou enorme engarrafamento no trânsito de Juazeiro e Petrolina.

Antes os mototaxistas legalizados de Juazeiro realizaram uma manifestação pelas ruas centrais da cidade pela garantia dos direitos trabalhistas e contra o transporte clandestino de mototaxi no município. A concentração foi no contorno do Mercado do Produtor e o encerramento em frente ao Paço Municipal. (GJ)