Curtas e Boas 03/10

Publicado em Curtas & Boas

Nacional
 
Um voo que pousou em Brasília na manhã desta terça-feira (3/10) trouxe uma bagagem com arma de fogo. O flagrante aconteceu quando policiais federais fiscalizaram as malas do avião que veio de Boa Vista (AC). Os agentes identificaram o responsável pela bolsa. Segundo a corporação, a pessoa alegou que comprou o revólver de outra que passava por dificuldade. Além da arma a PF encontrou R$ 42.908 em dinheiro e 38 gramas de ouro
 
De acordo com a PF, o responsável pela bagagem disse que estava vindo de um garimpo na Venezuela onde extraiu 340 gramas de ouro. Segundo ele, o produto foi vendido por R$ 40 mil. O suspeito foi preso e encaminhado a Superintendência da Polícia Federal.
Segundo a corporação, ele será mantido na carceragem até a audiência de custódia e, depois, vai ser encaminhado ao Complexo Penitenciário da Papuda.
...........................................................................
Por 50 votos a 21, os senadores decidiram, na noite desta terça-feira (3/10), adiar a votação sobre o afastamento do senador Aécio Neves para o dia 17 de outubro. A determinação de retirar o senador tucado de suas funções é do Supremo Tribunal Federal (STF).
O plenário do Senado passou a tarde inteira em discussão. A decisão de afastar Neves havia sido tomada ainda na última terça-feira (26/10), por três votos a dois, pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal. Os ministros determinaram também que o político mineiro ficasse em recolhimento domiciliar noturno. Ele é acusado de corrupção passiva e obstrução de Justiça.
Para a defesa de Aécio, a imposição de medidas cautelares contra o tucano não é justificável. Os advogados argumentam que o STF "nunca teve a oportunidade de analisar os fatos" que são imputados ao senador no âmbito da delação da J&F, destacando que ainda não foi recebida pela Corte a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o tucano.
Em maio, quando a delação da J&F veio à tona, Fachin determinou o afastamento de Aécio Neves das funções parlamentares ou de "de qualquer outra função pública". Também impôs à época duas medidas cautelares ao tucano: a proibição de contatar qualquer outro investigado ou réu no conjunto de fatos revelados na delação da J&F; e a proibição de se ausentar do País, devendo entregar seu passaporte.

Casa Nova

Desafiou em programa de rádio

Já se pode ter uma ideia de como vai ser a campanha de deputado na região do vale. O Pré-candidato a deputado estadual, TUM, desafiou num programa de rádio em Petrolina, os deputados votados em Casa Nova, mostrarem uma obra conseguida por eles para a cidade e citou como exemplo seus dois principais concorrentes em 2018, Adolfo Viana Neto e Roberto Carlos.

Mesmo sem mandato

Enquanto ele, o TUM, mesmo sem mandato, disse que já consegui através do seu prestigio com os amigos deputados, em Brasília, mais de cinco milhões de reais em emendas para o melhoramento das estradas do município, para a reforma do Hospital, estrada da AABB e outras. Entretanto, os que só aparecem em Casa Nova nas eleições, não conseguiram nada.

Só de PROJETOS

Certa vez o deputado Edson Duarte disse que em Brasília, o que mais tem são recursos e o que precisa para conseguir é só de PROJETOS e força de vontade.

Jovem eleitora

Hoje, tá de um jeito que para levar o voto do eleitor, tem de mostrar serviço. Semana passada, conversando com uma jovem eleitora de 18 anos, ela me dizia que vai investigar a vida política dos candidatos, para ver quem vai merecer o seu voto e espera que todos os eleitores façam a mesma coisa.

Votar em corrupto

“Se alguém lhe pedir o voto, pergunte o que ele já fez por sua cidade. Nunca vote em alguém, sem antes, saber o seu passado. Esse é o momento de passar a limpo. Votar em corrupto, nem pensar”, disse a jovem.

Quem não ouve conselho

O mês de Setembro em Casa Nova foi um mês de muitos acontecimentos. O ex-vereador Zé Eduardo, para manter a tradição, resolveu fazer sua vaquejada em Pau a Pique, com a cara e a coragem, e parece que se deu mal. Os amigos que poderiam ter colaborado, muitos deles nem sequer compareceram. E não foi por falta de conselho. Teve gente que chegou a dizer pra ele: Zé, Zé desiste disso!

Mais uma confusão por causa de uma foto

O ex-vereador Leonardo Silva ao fazer a Convenção do seu Partido, O PSD, foi criticado pelo fato do ex-prefeito Wilson Cota ter marcado presença no evento e saído numa foto que está no www.facebook.com/anoticia. dovale, feita pelo Jornal A Notícia do Vale.

Bolsonaro

Vejo que se providências não forem tomadas, daqui a uns dias vai ter gente querendo proibir A Notícia do Vale de registrar os fatos, mesmo antes de Bolsonaro ser presidente.

Alex de Santana

Ainda em Casa Nova, o vereador Alex de Santana, que vinha sendo cobrado para decidir quem ele ia apoiar para deputado estadual, Alex usou a tribuna da Câmara, semana passada, para dizer que resolveu continuar com o Deputado Roberto Carlos.

Não foi surpresa

Alex, além de ser eleitor de Roberto há muito anos, é também o presidente do PDT em Casa Nova. Foi uma decisão que todos já esperavam, portanto, não foi surpresa. Enganou-se quem pensou que a decisão seria outra.

Não sei se vale a pena brigar por causa de politica

Estava lembrando aqui do dia em que o vereador João Honorato, à época, precisou ligar para o Deputado Marcelo Nilo, então presidente da

Assembleia Legislativa da Bahia, pra pedir ao deputado que ligasse para a polícia para lhe garantir segurança, pois estava sem poder sair do Plenário da Câmara, ameaçado pelo colega vereador, Ademir Cota. Hoje, os dois estão navegando no mesmo barco, um colaborando com o outro.

Já dizia Brizola

Para ganhar a eleição, já dizia Brizola, a gente engole até sapo. Todas essas brigas aí na política de Casa Nova e em todas as cidades do Brasil é só uma questão política mesmo, mas se preciso for, para ganhar uma eleição, se junta todo mundo. Tô mentindo?