Curtas & Boas 01/11

Publicado em Curtas & Boas

Curaçá

Chegamos ao fundo de poço em administração publica em Curaçá. Desta vez foi no legislativo que faz uma administração desastrosa, com alegação de falta de recursos para fechar a folha e pagar aos credores, o presidente consegue a façanha de nada mais que: Demissão das assessorias que só foi chamada no mês de março do ano corrente, e antes do término do ano já somos demitidos, assessoria que é prevista em lei, "lei 651/2014 de 31 de março de 2014" "Altera o Plano de Cargo e Salários do poder Legislativo do munícipio de Curaçá e dá outras providencias. " Dentre outras coisas prever  os cargo das assessorias. 

Pasmem! Isso depois de ter aumentado o Duodécimo para esta legislatura, de ter cortados gasto que outrora outras gestões conseguiam manter, inclusive, assessoria, foi cortado, alimentação dos legisladores, hospedagem, combustível assim como os carros locados para atender as necessidades dos legisladores.    

Isso de fato é um retrocesso histórico já mais visto!!!!

Curaçá 30 de outubro de 207 

Assessores parlamentares

CONFIRA O DECRETO COM AS EXONERAÇÕES

....................................................................

Salvador

Uma longa fila se arrastava pelo lado de fora do auditório da Faculdade de Direito da UFBA, em Salvador. Eram estudantes, jovens, adultos, idosos... Todos querendo garantir lugar dentro do espaço, com capacidade para cerca de 100 pessoas. Ciro Gomes chegou e logo foi conduzido pelo deputado estadual Roberto Carlos e por uma comitiva ao memorial da Faculdade de Direito da UFBA, onde todos conheceram o riquíssimo material preservado no espaço.

Após serem recebidos por Fátima Mendonça, ex-primeira-dama da Bahia nos anos de governo Jaques Wagner, Ciro Gomes, acompanhado pelo deputado Roberto Carlos, seguiu para o auditório. Assim como o amigo e parlamentar da Bahia, Ciro preferiu encarar aquele mar de gente para atravessar todo o auditório até a mesa organizadora.

Além de aplausos, Ciro ouviu o frisson do público ao ser anunciada a presença de Brizola Neto, ex-ministro e neto do lendário e saudoso Leonel Brizola, já falecido. O neto ouviu o coro da platéia pelo sobrenome do avô, numa carinhosa demonstração de saudade do público por um dos maiores políticos da história do país.

O deputado Roberto Carlos, em vez de sentar na mesa, preferiu curtir com a galera a palestra de Ciro. E que palestra. Com mais de duas horas, Ciro respondeu perguntas e sobre temas espinhosos, como a corrupção, entre outros. A comitiva em que o deputado Roberto Carlos esteve presente para receber Ciro incluiu os grandes nomes do PDT na Bahia, que celebraram a resposta da população e do partido.

Com informações da assessoria do Gabinete do deputado Roberto Carlos