Curtas & Boas 6/02

Publicado em Curtas & Boas

"Não tem capacidade de gestão, nem conhecimento jurídico", diz Lídice sobre indicação de Moraes para STF

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) disse, nesta segunda-feira (6), que a decisão do presidente Michel Temer de indicar Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal é extremamente equivocada. 

De acordo com a parlamentar baiana, Moraes já demonstrou - com a crise do sistema carcerário - que não possui capacidade de gestão e nem competência. Para Lídice, o atual ministro da Justiça também não tem conhecimento jurídico e nem compromisso com os Direitos Humanos. "É submeter o STF à vergonha de alguém que não tem a mínima condição para participar daquela corte", finalizou. 

Moro é alvo de protestos em universidade de Nova York; manifestantes são vaiados

O Juiz Sérgio Moro, responsável pela maior parte dos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, foi alvo de um protesto nesta segunda-feira (6) antes de fazer uma palestra na Universidade Columbia, em Nova York.

Ao se preparar para iniciar a fala, Moro recebeu aplausos do público. Depois que a plateia silenciou, à espera do início da palestra, manifestantes estenderam uma faixa e gritaram palavras de ordem contra o juiz.

Em seguida, o público passou a vaiar os manifestantes – seis deles foram retirados do recinto. Alguns manifestantes com cartazes contra Moro permaneceram, mas em silêncio.

Na palestra, Moro contestou a tese de que a Operação Lava Jato é uma forma de criminalizar a política.

"Ninguém está sendo processado ou condenado com base em suas opiniões políticas. São casos envolvendo propinas. Então, não é similar ao macarthismo, é complemente diferente", disse, ao responder a uma das perguntas da plateia.

Em sua fala, ele ponderou que, como o caso envolve propina a políticos, "inevitavelmente" haverá consequências políticas. "Mas isso acontece fora do tribunal e o juiz não tem controle sobre isso", ressalvou Moro.

"Alguns políticos também dizem que a Operação Lava Jato representa a criminalização da política. Mas para sermos honestos, a culpa não pode ser apontada para o processo judicial, mas para os políticos que cometeram os crimes. O processo judicial é somente uma consequência. O Judiciário não pode ficar cego diante desses crimes", completou em seguida.

Moro também disse que os juízes estão "apenas fazendo seu trabalho", "processando os casos baseados em provas" e que as ações estão sendo conduzidas conforme o "devido processo legal", com respeito aos direitos da defesa.

Relatoria no STF

Durante o debate, Moro também elogiou o ministro Luis Edson Fachin, novo relator da Lava Jato no STF, como um “grande jurista”. “Ele tomou importante decisões, que mostraram que age como um ministro independente”, disse o juiz federal.

Sobre a morte de Teori Zavascki, afirmou que foi um “trágico revés” para a Lava Jato. “Isso foi muito triste, não apenas por causa da tragédia por uma vida humana, mas porque ele era um juiz muito hábil e teve atos de grande independência em suas decisões”, disse.

Instabilidade e economia

Questionado sobre a instabilidade política causada pela operação e seus reflexos na economia do país, Moro disse que a longo prazo os resultados serão benéficos.

“A economia é importante e eu penso que provavelmente a maioria das pessoas concordam que no longo prazo, Brasil vai se tornar um país mais competitivo no mercado. Os custos dos contratos públicos vão ser reduzidos. Essa luta contra a corrupção vai atrair investidores”, afirmou, admitindo a instabilidade no curto prazo.

“Se nós não fizermos nosso trabalho, a coisa certa sobre esses crimes – claro, quando há provas sustentando as acusações – nós vamos perder confiança no estado de direito, na democracia e isso seria danoso para o Brasil”, finalizou.

Fonte:G1

Curtas e Boas 02/02

Publicado em Curtas & Boas

Casa Nova

Tum escreveu: "Hoje recebemos o engenheiro Jorge, servidor do Derba que está cedido para Seinfra e por solicitação do prefeito Wilker do Posto, veio a Casa Nova para fazer a medição das estradas de Pau a Pique e Bem Bom para orçamento e início da licitação desse trecho. #Casa Nova pra frente #Governodamudança."

Alunos de Petrolina receberão gratuitamente carteira de estudante

Os alunos do Ensino Fundamental II e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), matriculados na Rede Municipal de Ensino de Petrolina em 2017, receberão, gratuitamente, a carteira de identificação estudantil. Quase 10 mil estudantes serão beneficiados pela parceria entre a Secretaria de Educação e a União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESP).

A distribuição será uma ação efetiva da Secretaria que, junto aos gestores das unidades escolares, vai viabilizar para que todos os alunos recebam o documento até o final abril, como se comprometeu a UESP. A carteira, que terá validade de um ano, garante a identificação dos estudantes para a meia-entrada em eventos culturais e pode ser utilizado como comprovação para recarga de meia-passagem em transporte urbano.

A reunião com a secretária da Pasta, Maéve Melo, contou a presença do presidente estadual da UESP, Evandro José; da presidente da União dos Estudantes Secundaristas de Petrolina, Larissa Vanessa; e da diretora de entidade, Camila Rique, que destacaram a importância da parceria com o Município. “Esse elo é muito importante para os estudantes e para a luta estudantil. Com essa abertura podemos dialogar os avanços que precisamos”, pontuou Evandro.

Além da parceria para a confecção das carteiras, a Secretaria de Educação e a entidade de representação estudantil firmaram uma mesa permanente de conversas para a realização de atividades, como congressos e festivais. “Sempre fui ligada a representação estudantil. Participei do movimento que lutou e conseguiu meia-passagem em Petrolina e sei da importância da organização dos estudantes. Vamos construir essa ponte com a UESP, ouvindo, dialogando e avançando”, ressaltou Maéve Melo

O governo baiano assinará um novo contrato de empréstimo junto ao Banco Europeu destinado à recuperação de estradas baianas. Somados os dois contratos, um com o Banco Mundial e o outro com o Banco Europeu, os recursos totalizam R$ 1,5 bilhão para a aplicação em 2.732 quilômetros de estradas que serão recuperadas a partir deste ano na Bahia. Uma das obras que serão iniciadas em breve, segundo informação do governador Rui Costa, durante o discurso de abertura dos trabalhos legislativos na Alba, é a duplicação da rodovia que liga Itabuna a Ilhéus. Rui lembrou também do início das obras da Ponte do Pontal, em Ilhéus.

 
Políticas de inclusão social reduziram impacto da crise econômica na Bahia
 
A crise econômica grave do país, na avaliação do governador Rui Costa, também vem afetando a Bahia, mas com muito menos intensidade em razão das políticas sociais implementadas pelo governo federal a partir de 2003, e, a partir de 2007, no estado baiano, com ações orientadas para a inclusão social. No discurso de abertura dos trabalhos legislativos na Assembleia Legislativa, Rui afirmou que essas políticas “foram fundamentais para aliviar o impacto da retração econômica sobre a população baiana”. 
 
A extrema pobreza, em 2001, citou, que representava 20% da população baiana, foi reduzida para apenas 6,4% em 2015. “Isso representou a maior redução em termos absolutos, no Brasil, de pessoas que deixaram as condições de pobreza ou de extrema pobreza somadas”, lembra Rui. O governador defendeu a necessidade de adoção de políticas de redução das desigualdades e melhor distribuição de renda como solução para a crise. Outro indicador apontado por Rui no estado foi a queda da taxa de analfabetismo, que saiu de 22,7% em 2001, caindo para 13% em 2015. “Tenho muito orgulho de dizer que no nosso Estado, mesmo diante da crise, nesses dois últimos anos conseguimos quase que universalizar o ensino, garantindo a frequência escolar de 98,3% dos jovens de 6 a 14 anos”. Leia a mensagem do governador Rui Costa na íntegra: http://bit.ly/2jZlYC8
 
Roberta Arraes participa da solenidade de posse da Mesa Diretora e de reuniões na Alepe
A deputada Roberta Arraes, do PSB, participou ontem (01), da solenidade de posse da Mesa Diretora da Alepe, e de abertura dos trabalhos da casa, que terá como presidente mais uma vez, Guilherme Uchôa, do PDT.
Na ocasião, discursou o Secretário da Casa Civil, Antônio Figueira, o líder do governo Isaltino Nascimento, e o líder da oposição, Silvio Costa Filho.  
Ainda ontem, no final da tarde, Roberta participou do encontro da bancada do governo, onde foi indicado nomes para as presidências das comissões e discutido demais assuntos, como demandas que terão para os próximos dois anos.
"Foi um dia bastante proveitoso, estou empenhada e cada vez mais disposta a somar o meu trabalho aos demais colegas parlamentares, e juntos, alcançarmos conquistas para a nossa população", finalizou a deputada.
               

Curtas & Boas 31/01

Publicado em Curtas & Boas

Casa Nova

Prefeituras baianas terão R$ 300 milhões para terminarem obras da educação. Municípios baianos terão um reforço de R$ 300 milhões para terminar obras na área de educação em 2017. No entanto, o montante será direcionado aos que pelo menos já tem 50% dos trabalhos adiantados. Segundo a Coluna Tempo Presente, do A Tarde, os recursos virão via Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), confirmados pelo presidente do órgão, o baiano Sílvio Pinheiro.

*****

No estado, são 483 obras na situação, 414 de responsabilidade das cidades e 69, do estado. Em relação aos municípios que estão com obras com menos da metade realizada, o fluxo de caixa será menor. Para estes casos, receberá mais recursos quem primeiro executar as obras.

*****

Na Bahia, são 805 obras de educação tocadas pelas prefeituras com recursos do FNDE. A lista inclui construção e ampliação de escolas, creches, quadras poliesportivas, coberturas de quadras.

*****

Tomara que a cidade de Casa Nova seja contemplada com parte dessa verba para terminar as obras, pelo menos das creches, uma delas no Loteamento São Francisco.

*****

Falando em Casa Nova, o novo secretário de saúde disse para Curtas & Boas que as tais reformas feitas pela gestão passada, nas escolas, vão ser preciso ser refeitas considerando que há muitas infiltrações e as empresas responsáveis pelos serviços serão intimadas.

*****

O secretário de educação disse ainda que não está sendo fácil resolver tantos problemas deixados pela gestão passada. É carro sem pneu, sem baterias e pra dificultar ainda mais não foi feita a transição como prevê a Lei. “A vantagem é que temos uma equipe competente”.

*****

O secretário disse ainda que foi instalada uma auditoria para detectar os problemas e tentar resolve-los na medida do possível.

*****

É interessante informar que a mesma auditoria está sendo instalada em todas as secretarias e órgãos da prefeitura. A cobra vai fumar e quem for podre que se quebre!

*****

A secretaria de educação continua fazendo o recadastramento de todos os funcionários. “Os que não comparecerem terão seus salários suspensos”. Avisa o gestor.

Juazeiro

O Jardim São Paulo está entre os 12 bairros contemplados com as obras de drenagem, saneamento e pavimentação do Projeto de Intervenção da Poligonal Urbana que integra o Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 2. E dia 27 recebeu a visita do prefeito Paulo Bomfim para um diálogo com os moradores e lideranças comunitárias sobre o início das obras.

*****

"Dentro do projeto a previsão é de que nove ruas do bairro sejam beneficiadas com pavimentação asfáltica. Na próxima semana, a equipe do SAAE e da topografia começam os trabalhos para que possa ser iniciada a execução do corte e terraplanagem das primeiras vias", explicou o gestor das obras do PAC em Juazeiro, Anderson Fonseca.

*****

Para o titular da SEDUR, Anderson Alves, a chegada da pavimentação no Jardim São Paulo é mais um degrau alcançado rumo ao desenvolvimento urbano de Juazeiro. "Nossa missão à frente da secretaria de obras é trabalhar para a melhoria da infraestrutura e do desenvolvimento urbano. A cada frente de serviço de pavimentação iniciada estamos diminuindo o déficit acumulado", destaca o secretário.

*****

Durante a visita o prefeito aproveitou para explicar a obra e tirar dúvidas dos moradores. "Nosso governo tem como mote a mudança e o que nos move é trabalhar para que essa mudança aconteça cada vez mais. Estamos aqui honrando nossa promessa e na próxima semana as obras serão iniciadas no bairro. Já discutimos com a equipe de engenharia e vamos fazer uma passagem sobre o canal Malhada, para ligar o bairro e assim promover mais mobilidade", declarou o prefeito.

Petrolina

Em reunião, o Vereador Paulo Valgueiro, do PMDB, foi aclamado Líder da Oposição na Câmara Municipal de Petrolina, tendo como Vice-Líder a sua colega de bancada, a Vereadora Cristina Costa, do PT.

*****

Paulo Valgueiro e Cristina Costa recebem essa nobre missão de representar a bancada de oposição, comprometendo-se a fazer uma oposição responsável, coerente, com argumentos transparentes, buscando o diálogo sempre que possível, mas endurecendo o discurso quando se deparar com erros e injustiças, pois o povo de Petrolina merece ser respeitado e bem representado na Câmara, que é de fato a casa do povo.

Não restam dúvidas de que essa dupla tem preparo e disposição para os embates que virão ao longo desta legislatura.

Curtas & Boas 28/12

Publicado em Curtas & Boas

Petrolina

Na última terça-feira (27), foi aprovado por unanimidade um Projeto de Lei para o aumento dos salários do prefeito, vice-prefeito e secretários, na Câmara de Vereadores Plínio Amorim.

A iniciativa causou espanto, por não constar na pauta do dia e pela falta de divulgação. Para o vereador Zé Batista, quem em 2017 assume o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, o ajuste é proporcional ao potencial da cidade.

“Viver em uma cidade complexa como Petrolina com quase 350 mil habitantes, com mais de 100 bairros que tem problemas para serem enfrentados. Um secretário não vai se deslocar de Recife ou mesmo de Petrolina, onde está trabalhando, para ganhar 8 mil reais. É uma questão de coerência”.

A lei aprovada começa a valer a partir de 2017. A nova gestão contará com os seguintes salários: prefeito R$ 18 mil, a vice-prefeita R$ 14 mil e os secretários passarão a receber R$ 12 mil reais. O projeto foi elaborado por iniciativa própria da Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim.

 

 

Curtas & Boas 24/12

Publicado em Curtas & Boas

Sobradinho

Em solenidade bastante concorrida na manhã da sexta-feira (16), no Fórum Hamilton Pereira de Souza Filho, a Justiça Eleitoral diplomou o prefeito reeleito Luiz Vicente Berti (PSD), o vice-prefeito reeleito Paulo Lima, 11 vereadores e 05 suplentes da cidade de Sobradinho.

A cerimônia de diplomação contou com a presença de diversas autoridades, de familiares dos empossados e de vários populares. Os eleitos tomarão posse no dia 1° de janeiro de 2017.

Ao chegar a Sobradinho nas dependências do Fórum Hamilton Pereira de Souza Filho para cobrir a diplomação dos eleitos da cidade, quem escreve Curtas & Boas chegou a perguntar ao ex-vereador Chico Mossoró se seria mesmo ali o evento de diplomação dos eleitos, e Mossoró respondeu, sim.

É que estava ali presente, praticamente todos os ex-aliados do ex-prefeito Genilson Silva do PT. (secretários, tesoureiro, coordenadores e mais umas duas dezenas de ex-companheiros de Genilson).

Ta vendo aí... Acabou aquela “coisa” que antigamente se chamava fidelidade. Ainda tem uns que morrem juntos, mas diante da crise, ninguém consegue mais ficar quatro e mais quatro anos fora do poder não, companheiro!

No final da diplomação, ouvimos pessoas comentando algumas ingratidões cometidas por uns três a quatro vereadores eleitos que agradeceram muito a Deus, à família, e até ao papagaio, mas se esqueceram de agradecer realmente àquele que tanto contribuiu financeiramente. Nem sequer, mandaram um abraço para o CARA! Daqui a quatro anos tem eleição de novo!

Teve um que agradeceu as filhas, aos genros (fez questão de citar nome por nome), aos netos, aos amigos e se esqueceu de agradecer à mãe das filhas. Ao chegar a casa, do jeito que mulher é, deve ter mandado-o dormido no sofá... kkkkkkkkkkkkk.

Brincadeira, gente. É que as vezes a empolgação é tanta que termina se esquecendo de quem mais contribuiu com a vitória!

Casa Nova

A Justiça Eleitoral de Casa Nova realizou no último dia 16 mais uma tarefa da Eleição 2016 diplomando os eleitos que tomarão posse dia 1º de janeiro de 2017.

Além dos eleitos, foram diplomados também os suplentes, entre eles o atual vereador Leonardo Silva, a ex-vereadora Valdeisa Pipiu e o nosso amigo e companheiro que não é do PT, mas é do PSB, Vadinho do Pipa.

O numero de vereadores de Casa Nova passou de 13 para 15 e a renovação foi quase 50%. Foram reeleitos 7 vereadores: Elber do Né, Ademir Cota, Vanderlin, João Pinto, Alex de Santana, Paulo Sérgio, Maria Regina.

Não conseguiram se reeleger: Gerlon Cota, João Honorato, Gilmar, Aldo da Saúde, Leonardo Silva e Zé Eduardo. Zé Eduardo foi candidato a vice de Wilson Cota.

Falando em Wilson Cota, o prefeito eleito Wilker do Posto disse em entrevista exclusiva para A Noticia do Vale, após a diplomação, que está bastante preocupado com a situação que vai receber a prefeitura no dia 1º de janeiro.

Ele acredita que só de folha de funcionário o valor deve ultrapassar 10 milhões de reais. Wilker está confiante que a justiça possa fazer alguma coisa no sentido de não deixar que isso aconteça, pois do contrário, “não vão ser fáceis os primeiros dias do nosso governo”.

Uma coisa que chamou à atenção no dia da diplomação dos eleitos em Casa Nova foi a presença de uma boa parte dos vereadores da possível oposição, presente ao almoço oferecidos aos convidados do prefeito Wilker na AABB.

Pelo que se pôde observar é que o prefeito eleito vai ter uma boa convivência com os representantes do Poder Legislativo local. Deus queira!

Solidário ao vereador Ademir Cota que enterrou o único filho um dia antes da diplomação, Wilker Torres ao usar a palavra após a diplomação, pediu um minuto de silêncio.

Despedida

A última sessão da Câmara de Casa Nova realizada terça-feira 20, foi de despedidas para os que não foram reeleitos. Zé Eduardo fez o maior de todos os seus discursos. Falou dos sete mandatos consecutivos, disse que João Honorato foi um dos maiores vereadores que teve o prazer de conhecer, falou que está envergonhado da situação como o prefeito está deixando o governo.

O vereador Seu Aldo foi elogiados por todos os colegas. Os reeleitos disseram que vão sentir muito a falta de Seu Aldo, por era um colega que se relacionava muito bem com todos os colegas.

O vereador Leonardo que aniversariou dia 19 de dezembro, um dia antes de ir embora da casa que ele fazia questão de comparecer praticamente todos os dias, despediu dos colegas, fazendo como sempre suas piadas que da tribuna fazia muita gente rir, mas com a voz trêmula e o coração partido aos pedaços, sorrindo para não chorar, porque o que ele mais gostava de fazer na vida era ser vereador.