Constrangedora a situação de Temer

Postado por Luiz Washington . Publicado em Notícias

AAiBjDgEm sua primeira aparição pública como presidente efetivo, Michel Temer foi recebido aos gritos de "Fora, Temer" por parte da arquibancada que acompanhou o desfile de 7 de Setembro, em Brasília.

O peemedebista abriu mão da tradição de usar o Rolls Royce da Presidência da República e optou por um veículo fechado para se dirigir até a tribuna de autoridades, de onde acompanhou o desfile com a primeira-dama, Marcela Temer. O presidente também deixou de usar a faixa presidencial.

Com uma capota conversível, o automóvel geralmente é usado nas posses presidenciais e em datas comemorativas. O Palácio do Planalto não explicou o que motivou a decisão de Temer.

Apesar das medidas para evitar protestos, ao subir à tribuna, parte do público começou a gritar "Fora, Temer" e "golpista". Pouco depois, outro grupo reagiu aos gritos de "a nossa bandeira jamais será vermelha", em referência ao PT.

Qualquer manifestação de cunho político foi proibida pela segurança da Presidência.

De acordo com a Folha de São Paulo, um homem com um adesivo escrito "Fora Temer" colado na camiseta foi obrigado a retirar o adesivo.

Já a estudante da USP Ariane Marques diz que teve sua bandeira com a palavra "golpe" escrita confiscada por um dos seguranças.

A PMDF calculou 25.000 pessoas na Esplanada dos Ministérios, sendo 500 concentradas na área destinada aos protestos.

A um custo de R$ 1,1 milhão, o desfile conta com cerca de 1,2 mil civis, incluindo estudantes da rede pública, e 3,3 mil militares.

O peemedebista também deixou de participar da cerimônia de encerramento da olimpíada com medo de vaias.

Constrangedora a situação de Michel Temer. A melhor coisa que ele deve fazer é convocar nova eleição ou, renunciar.

Foto: Divulgação

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar