Lugar mais perigoso da Terra é o preferido dos turistas

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Internacional

BBvMNaBTuristas de todo o mundo que buscam eternizar momentos ousados em fotografias estilosas sabem exatamente onde devem ir: no lugar considerado o mais perigoso do mundo! As informações são do site Updateoirdie.

Este lugar se chama Potato Chip Rock. Para chegar até lá o visitante deve ir até o cume do Monte Woods, em Poway. O percurso é de aproximadamente 10 km e não é recomendado para iniciantes. No caminho, há belos lagos e diferentes formações rochosas.

Os amantes da adrenalida vão de deparar com uma rocha, que tem a forma de uma batata frita e que parece estar localizada em um abismo enorme. Ela tem três metros de altura e passa a sensação de que cairá a qualquer momento.

Mas calma! É apenas um truque no ângulo das fotos. Quem já passou por lá, pode garantir.

Noticias ao Minuto/Foto: Divulgação

Estudo alemão realiza alinhador ortodôntico

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Internacional

AAeqgbOPara comparar o desempenho e o contentamento com o uso do aparelho fixo e do alinhador ortodôntico, pesquisadores da Universidade Johannes Gutenberg, em Mainz, na Alemanha, submeteram 100 pessoas aos tratamentos, divididas igualmente entre as duas modalidades. Foram realizados exames clínicos para verificar a saúde bucal dos pacientes antes e depois do tratamento, que durou cerca de seis meses. Ao contrário do aparelho fixo, que não pode ser retirado e tem metais fixados nos dentes, o alinhador é uma placa transparente levemente flexível.

Foi comprovado que o grupo de pessoas que usou o alinhador estava com a gengiva mais saudável e com uma quantidade menor de placa bacteriana dental. Os pacientes também responderam um questionário que avaliou a higiene oral, hábitos alimentares e a satisfação com o tratamento. Apenas 6% dos pacientes com alinhador reclamaram do tipo de tratamento. Entre os que utilizaram aparelho fixo, o índice foi de 36%. A pesquisa foi publicada na revista BMC Oral Health, em junho deste ano.

Com o alinhador, o tratamento é feito por etapas, e em cada uma delas a placa utilizada é substituída por uma mais apertada. O paciente tem que usar o alinhador cerca de 17 horas por dia, podendo retirá-ol para comer e higienizar a boca. Entretanto, o alinhador pode custar de 30% a 50% a mais do que o aparelho ortodôntico e levar entre 20% e 30% a mais do tempo para obter os mesmos resultados.

Jorge Faber, editor do periódico americano Journal of the World Federation of Orthodontists e professor de ortodontia da Universidade de Brasília, acredita que a pesquisa comprova o que já é percebido nos consultórios: o alinhador é mais confortável do que os aparelhos fixos. Isso porque, segundo Faber, o modelo de tratamento foi criado pensando mais no bem-estar do paciente do que na eficiência. “Em média, o uso de alinhador consegue corrigir entre 60% e 70% do problema”, afirma. Mas ele explica que isso normalmente não é um fator negativo para o paciente, já que 100% de eficácia muitas vezes é o ideal do dentista.

Segundo Faber, o alinhador é mais indicado para corrigir giro ou espaço entre dentes. Em casos de problemas de mordida e outros mais graves, é recomendado o uso do aparelho fixo. 

O que se sabe até agora sobre o ataque

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Internacional

BBunDt0Sete meses após os atentados em Paris, um novo ataque deixou pelo menos 84 mortos em Nice, na França. As vítimas - muitas delas crianças - participavam da comemoração da Queda da Bastilha, o feriado mais importante do país.

A França está em estado de emergência desde os atentados de novembro e a segurança está reforçada em todo o país. Serviços de inteligência já haviam alertado para o risco de novos ataques.

Veja o que se sabe sobre o ataque até agora:

Estado grave

O presidente francês, François Hollande, afirmou nesta sexta-feira que 50 pessoas feridas no ataque em Nice estão "entre a vida e a morte".

Hollande visitou a cidade no litoral sul da França onde recebeu as últimas informações sobre as investigações do ataque deixou 84 mortos.

Em uma entrevista, o presidente afirmou que entre as vítimas estão franceses e estrangeiros e há várias crianças entre os mortos e acrescentou que o ataque teve uma "natureza terrorista inegável".

Hollande visitou um dos hospitais onde as vítimas estão internadas e afirmou que o ataque foi realizado para "satisfazer a crueldade de um indivíduo, talvez um grupo".

Hollande continou a entrevista afirmando que as vítimas do ataque e todos os envolvidos no incidente vão ficar traumatizados pelo resto da vida e mesmo os que não ficaram feridos, ficarão marcados pelo que viram em Nice.

Além disso o presidente francês também elogiou as forças de segurança do país que conseguiram matar o motorista do caminhão.

Ele afirmou que eles investiram muito e se comprometeram, respondendo a todas as exigências feitas desde 13 de novembro de 2015 - quando atiradores e homens-bomba mataram 130 pessoas em uma série de ataques em Paris.

"Eu os saúdo e todos os outros envolvidos... o serviço de inteligência, os envolvidos no processo de identificação."

Segundo o presidente a França está "enfrentando uma luta que será longa".

Pânico em Nice

O pânico começou pouco após às 22h30 do horário local (17h30 no Brasil), logo após milhares de pessoas assistirem à queima de fogos na orla de Nice no 14 de julho, o principal feriado na França, que celebra a Queda da Bastilha.

Havia uma atmosfera de celebração e a multidão havia assistido a uma demonstração da força aérea durante o evento.

Enquanto as famílias caminhavam pela famosa via Promenade des Anglais, um grande caminhão branco avançou em alta velocidade em direção a elas. O veículo subiu no meio-fio e depois voltou para a pista, fazendo um zigue-zague por cerca de 2km enquanto o motorista avançava contra a multidão deliberadamente.

Centenas de pessoas foram atropeladas. Após 2km, a polícia finalmente conseguiu parar o caminhão perto do hotel de luxo Palais de la Mediterranee.

"Eu estava no Palais de la Méditerranée quando vi um caminhão em alta velocidade atropelando as pessoas. Vi com meus próprios olhos, as pessoas tentaram parar o veículo", disse uma testemunha.

O atirador abriu fogo contra a multidão, de acordo com relatos do local. A polícia atirou de volta e o motorista acabou sendo morto.

Imagens mostram o para-brisa e a parte da frente do caminhão atingido por balas. Autoridades do Ministério do Interior disseram que o atacante havia sido "neutralizado".

Até o momento, foram confirmadas 84 mortes entre elas dez crianças.

Quem estava dirigindo o caminhão?

O motorista foi identificado como o franco-tunisiano Mohamed Lahouaiej Bouhlel, de 31 anos, segundo promotor Francois Molins.

Molins informou que ele trabalhava como motorista e fazendo entregas. Era casado e tinha filhos. Sua ex-mulher foi detida pela polícia.

Bouhlel já tinha sido alvo de investigações policiais por conta de ameaças, uso de violência e furto cometidos por ele entre 2010 e 2016.

Em 24 de março deste ano, ele foi condenado a seis meses de prisão por uma agressão com uso de arma em janeiro passado. O serviço secreto francês disse não ter detectado sinais de que ele tivesse de radicalizado.

Arquivos digitais apreendidos e um celular encontrado no caminhão estão sendo analisados.

De acordo com uma fonte do setor de segurança da Tunísia consultada pelo serviço árabe da BBC e que pediu anonimato, Bouhlel é de uma família que mora em Msaken, perto da cidade de Sousse, no litoral tunisiano.

Os pais de Bouhlel são divorciados e moram na França.

Ele costumava visitar a Tunísia com frequência, segundo a fonte anônima, que acrescentou que a última visita ocorreu há oito meses.

Logo depois do ataque, os agentes de segurança em Nice encontraram armas e uma granada dentro do caminhão, mas depois disseram que elas eram falsas.

Os documentos de identidade de Bouhlel também foram encontrados dentro do veículo, que teria sido alugado dois dias antes.

Vizinhos que moram no mesmo prédio onde Bouhlel vivia afirmaram que ele não se relacionava com outras pessoas e nem respondia a cumprimentos nos corredores do prédio.

Como as autoridades reagiram?

Logo após o incidente, ficou claro que muitas pessoas haviam morrido, mas a escala do desastre não estava clara. Mortos e feridos foram levados ao hospital Centre Hospitalier Universitaire de Nice.

Na área no entorno de Nice, o alerta anti-terrorismo foi elevado para o nível mais alto.

O presidente François Hollande estava em visita a Avignon, mas voltou para Paris, onde se uniu ao primeiro-ministro Manuel Valls em uma reunião de emergência.

Quem está por trás do ataque?

Não demorou muito para o presidente Hollande dizer que "a natureza terrorista do ataque não podia ser negada".

Os promotores anti-terrorismo em Paris iniciaram um inquérito por homicídio e tentativa de homicídio como parte de um ataque terrorista.

Mais cedo, a agência de inteligência da França, o DGSI, havia alertado para o risco de ataques de militantes islâmicos com "veículos com armadilhas e bombas".

O grupo autodenominado Estado Islâmico não se responsabilizou pelo ataque. Os militantes do EI atacaram a França diversas vezes desde janeiro de 2015.

Horas antes do ataque em Nice, Hollande anunciou que o estado de emergência na França chegaria ao fim no final do mês. Após o ataque, ele anunciou que ele seria prolongado por três meses.

"Temos que fazer todo o possível para lutar contra este tipo de ataque", disse o presidente. "Toda a França está sob ameaça do Estado Islâmico."

line© Fornecido por BBC line/Foto: EPA

Seu cão, com certeza, adora um bate-papo

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Internacional

BBlGjssPesquisadores afirmam que informações emocionais e verbais podem sim ser decifradas pelos cães.

Os apaixonados por cães estão sempre conversando com seus peludinhos, mas será que eles realmente entendem o que falamos? A Universidade de Sussex, no Reino Unido, resolveu se debruçar sobre essa questão e iniciou uma vasta pesquisa sobre a compreensão dos cachorros, com resultados muito interessantes.

Pesquisadores afirmam que cães podem entender os sentimentos nas palavras

As pesquisas mostram que os cães não conseguem compreender o significado de cada palavra pronunciada, mas detectam as emoções por trás de cada pedacinho de nossa fala. Para os pesquisadores, o processo é similar ao de um estrangeiro que viaja para um país com idioma completamente diferente do seu. Apesar de não conseguir se comunicar verbalmente, ele é capaz de inferir pelo menos a intenção de fala dos nativos, só pela entonação e gestos.

Estudo analisou como informações são recebidas pelos cães


A pesquisa foi realizada com 250 cachorros de diferentes raças, tamanhos e idades. Os pets foram colocados em uma sala com alto-falantes ao lado de cada orelha. A partir daí, os cientistas reproduziram nas caixas de som expressões típicas de seus tutores, como "Vamos lá!" de três formas diferentes. No primeiro trecho, os cães ouviam o som distorcido e com a inflexão digitalmente suprimida, de forma que eles não pudessem detectar quem estava passando o comando, nem de que forma ele estava sendo passado. No segundo, as palavras foram completamente distorcidas, deixando apenas a entonação. No último trecho, os cães ouviam apenas estática.

A grande revelação para os cientistas foi ver que o cérebro dos cachorros funciona, pelo menos em algum nível, de forma parecida com o cérebro humano. No primeiro trecho (não sabiam quem falava, nem a emoção por trás da fala), os cães viraram a cabeça para a esquerda, o que indica que as informações foram processadas pelo hemisfério direito do cérebro, responsável pela razão. Quando ouviram o segundo trecho (apenas a inflexão, com o conteúdo das palavras distorcido), os pets viraram a cabeça para a direita, indicando que a informação foi processada pelo lado esquerdo, responsável pelas emoções. No terceiro teste, com estática, os bichinhos viraram a cabeça para os dois lados.

Cientistas afirmam que cães detectam informações verbais e emocionais

Os resultados das pesquisas mostram que os cachorros compreendem, em algum nível, o que as pessoas falam, mas a questão ainda é um tanto abstrata e precisa de mais testes. "Podemos dizer que, pelo menos, eles parecem estar recebendo tanto a informação verbal como a emocional, porque eles têm reações distintas em ambos os casos", afirma Victoria Ratcliffe, uma das autoras do estudo.

O projeto continua em andamento na Universidade de Sussex, mas já é possível afirmar que está liberado continuar conversando com o seu pet com a certeza que ele está adorando o bate-papo!

Pedigree/Foto: Divulgação

Daniel nega dever à fazenda espanhola

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Internacional

dani alvesO lateral brasileiro Daniel Alves, ex-jogador do Barcelona e que acaba de ser contratado pela Juventus, teria uma dívida de 1,3 milhão de euros (R$ 4,6 milhões) com a Fazenda espanhola. A revelação foi feita pelo jornal El Confidencial, que teve acesso a um documento supostamente obtido com o fisco.

Alves constaria na lista de inadimplentes da Agência Tributária, que recolhe dívidas e sanções dos contribuintes superiores a um milhão de euros.

A empresária de Daniel Alves, Dinorah Santana, negou a existência de qualquer pendência financeira com o fisco.

"Não tem nenhuma dívida. Vamos entrar com processo contra o jornal espanhol. Se houvesse dívida, ele estaria preso", disse Dinorah.

"A imprensa [espanhola] quer denegrir a imagem dele. O Daniel não tem nenhuma dívida", acrescentou.

Conforme apresentado pela imprensa espanhola, Dani Alves aparece nesta lista, que inclui dívidas com o fisco de 4.768 pessoas físicas e jurídicas por um importe superior a 15,7 bilhões de euros. Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (30), o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, comentou a situação do lateral direito, que deixou a equipe dias atrás. 

"Não sabia que Dani Alves estava na lista de inadimplentes. Não me surpreende em nada, sempre sai algo do Barça em todos os lugares. Não falei com Dani Alves. Iremos perguntar a ele se isto é certo ou não. Existe mais gente que deve para a Agência Tributária, mas parece que nós do Barça somos os únicos. A lista é pública? Olharemos se existe mais gente de outras equipes. Sei que os jogadores têm inspeções, mas não me consta mais nenhum atleta (nessas condições)", comentou Bartomeu. 

Além disso, se mantêm, com relação à primeira lista que apareceu em 31 de julho, outros esportistas como o piloto Dani Pedrosa com uma dívida de 7,85 milhões, assim como o ex-jogador do Zaragoza e do Barcelona Gabi Milito (1,83 milhão de dívida) ou o ex-presidente do Real Madrid Lorenzo Sanz (1,36 milhão).

Entre os clubes de futebol, a novidade é o Elche (com uma dívida de 9,46 milhões), o Recreativo de Huelva (13,5 milhões), o R.Múrcia (10,56 milhões) e o Racing de Santander (9,76 milhões).

Além disso, constam novamente clubes de basquete como o Joventut (3,97 milhões de dívida) e o Estudiantes (1,72 milhão), além de outros.

Por fim, na lista de inadimplente também constam os circuitos de Cheste (6,44 milhões de dívida) e de Montmeló (1,23 milhões), assim como o grupo Santa Mónica Sports (12 mil).

Uol Notícias