Restos mortais são encontrados em escavação

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

unnamed 4Restos mortais são encontrados em escavação para instalações de um posto de combustível na Curva do S em Barreiras.

Foram encontrados na tarde da ultima segunda feira 13/07, por homens que trabalhavam em uma vala cavada para a construção de um posto de combustível na Curva do S próximo a antiga delegacia já desativadavários restos mortais, tipo arcada dentária, pedaços de vestimentas, botões de um ser humano. 

Tudo leva a crer que no local em frente a antiga delegacia funcionava como cemitério clandestino.

Pelas fotos, demostram que o cadáver já tenha mais de cem anos que faleceu pois a arcadamatéria estava bastante deteriorada, só foi possível reconhecer que seria de um ser humano por causa do tecido, os botões e os dentes encontrados.

Fotos e informações do Ednilson Santos do Blog Ioeste.

(Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Bahia conquista Copa 2 de Julho de Futebol

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

Copa 2 de Julho de Futebol 1Em partida equilibrada na tarde deste domingo (12), no Estádio de Pituaçu, em Salvador, o Bahia superou o Atlético Mineiro e conquistou a Copa 2 de Julho de Futebol Sub-15, realizada pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). O placar foi 1 x 1, no tempo regulamentar, e 5x4, nos pênaltis. 


As duas equipes chegaram à final após vencerem sete adversários, cada. Para o meia Edilson, 15 anos, um dos destaques do tricolor baiano, o título foi resultado do empenho coletivo e do amadurecimento do grupo ao longo da competição. “Nós já jogamos há muito tempo juntos. Um respeita e confia no outro. Crescemos na competição porque jogamos com amor a camisa. Respeitamos os adversários, mas todos nós entramos em campo para vencer. Estou muito feliz com o resultado”. No total, 40 times participaram da Copa, que teve 95 partidas espalhadas em 15 municípios. 

O futebol apresentado pelo grupo tricolor correspondeu às expectativas do presidente do Bahia, Marcelo Sant’ana, que assistiu o jogo. Para o gestor, a Copa 2 de Julho contribui com os trabalhos que são feitos na divisão de base dos clubes. “Gostei muito do desempenho dos atletas. Eles souberam superar os limites. A Copa 2 de Julho proporciona aos jogadores se desenvolverem e um passo de preparação antes da profissionalização deles muito importante". 

A Copa 2 de Julho, que tem o apoio da Federação Bahiana de Futebol (FBF) e das prefeituras onde os jogos aconteceram, é considerada uma grande vitrine para garotos de até 15 anos de idade e potencializa a economia baiana. “Além do fomento ao esporte, que é muito importante, a competição proporciona a movimentação financeira de vários segmentos, como hotelaria, transporte, alimentação. Os ambulantes também ganham a oportunidade de aumentar as vendas”, enfatizou o secretário do Trabalho, Álvaro Gomes.

Infraestrutura de ponta 


O vendedor de salgadinhos, Marcelo Carvalho, foi um dos vendedores ambulantes que conseguiram aumentar a renda familiar durante o torneio. “Todo dia de jogo encomendava os salgados e ia para o estádio vender. Era muito requisitado pelos torcedores. Com isso, meu retorno passou a ser 30% maior do que nos dias comuns".

Segundo o treinador do Atlético Mineiro, Sérgio De Paula, a competição, que já é considerada uma das maiores competições de base do País, ofereceu uma infraestrutura de ponta aos clubes participantes. “Desde a hospedagem, a alimentação, até a recepção dos baianos, tudo foi de primeiro mundo. Todos nós nos sentimos em casa, bem recebidos e valorizados”. 


Secom /Fotos: Carla Ornelas GOV/BA

Dep. Galo lamenta a morte de Luiz Leal

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

unnameO deputado estadual Marcelino Galo (PT) lamentou a morte do ex-vereador e ex-deputado estadual Luis Leal, ocorrida na manhã desta quinta-feira (09), em Salvador. Em 2013, o político esteve na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), durante a terceira oitiva da Comissão Especial da Verdade, presidida pelo deputado, e relatou os bastidores do golpe que depôs o prefeito de Salvador, Virgildásio de Senna, e o presidente João Goulart, na década de 60. Em março do ano passado, Luis Leal teve seu diploma de deputado restituído simbolicamente pela Assembleia Legislativa, em sessão especial concorrida, graças a um projeto de resolução do deputado Marcelino Galo.

“Luis Leal foi um vereador dos mais dignos do nosso Estado. Não vou esquecer  nunca do seu depoimento na audiência da Comissão da Verdade, uma das mais significativas que tivemos”, afirma Galo, ao lembrar do relato do ex-vereador, que esclareceu os fatos obscuros que aconteceram nos porões da ditadura militar no Brasil e o processo que levou a cassação de mandatos de deputados contrários ao regime militar na Bahia.

Servidor público, datilocopista de Delegacia do Trabalho da Bahia e inspetor de emigração substituto, Luiz Leal foi chefe do Posto de Tracoma, de Brotas de Macaúbas, transferido para Senhor do Bonfim e depois para Santa Catarina, onde solicitou exoneração do serviço público federal. Eleito vereador pelo Partido Social Democrático (PSD) e suplente de deputado estadual pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), assumindo por diversos períodos.

“Que honra a minha em ter conhecido esse político que será lembrando sempre como um exemplo de pessoa íntegra, comprometido com a luta do povo trabalhador e pela democracia”, finaliza o petista.

Foto arquivo: Ascom Marcelino Galo

-- 

Maju é promovida à bancada do JN

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

Maju é promovida à bancada após comentários racistas na internet, diz jornal

noticia 767468 img1 maju globoMaria Júlia Coutinho, garota do tempo do 'JN', deve assumir o posto de âncora dos telejornais na escala de folgas e feriados dos apresentadores da Globo

Após ser vítima de racismo na web, a jornalista Maria Julia,apelidada carinhosamente de Maju por William Bonner, deve ser promovida de cargo na TV Globo. A ideia, que já existia e foi acelarada com a repecurssão e carinhos direcionados à jornalista, é que a garota do tempo do "Jornal Nacional" entre na escala de folgas e feriados dos apresentadores de telejornais. Sendo assim, ela assumirá o posto de âncora. As informações são da coluna "Zapping", do jornal "Agora São Paulo". Ainda segundo a publicacao, ela será testada à frente do "SP TV" e depois em rede nacional.

No Twitter, Maju respondeu um comentário agressivo de um internauta. Ela deu um reply e escreveu apenas: "Beijinho no ombro". O caso, no entanto, mobilizou os colegas de trabalho como Bonner e Renata Vasconcellos, que criaram uma campanha nas redes sociais em apoio à jornalista, com a hastag #somostodosmaju. Assim como aapresentadora Gloria Maria - primeira repórter negra da televisão brasileira - famosos como Camila Pitanga e Sheron Menezzes se solidarizaram com a causa.

Maju se disse feliz pela campanha de apoio a ela e de repúdio a insultos raciais postados na internet. No 'JN' de sexta-feira (3), ela agradeceu às manifestações de carinho. "Os preconceituosos ladram, mas a caravana passa", disse. Segundo informações do G1, a polícia de São Paulo identificou um adolescente de 15 anos, morador de Carapicuíba (SP) como um suspeito de ter publicado comentários racistas na internet e passará por medidas socio-educativas. O Ministério Público do Estado também instaurou inquérito para apurar o caso.

Paolla Oliveira já sofreu preconceito por ser bonita

E por falarem discriminação, Paolla também já foi vítima de sua própria beleza. A atriz, que será a vilã da próxima novela das seis da TV Globo, comentou a situação. "Fui discriminada por ser mulher, por ser atriz e por ser bonita ", disse ela, reforçando a importância da educação nessa batalha. "A gente não tem que se cansar de avisar quem está do lado de propagar uma palavra que seja boa. Eu acredito que é o boca a boca, o dia a dia e a educação que vão mudar isso"

(Por Camilla Gabriella)/Foto: Divulgação

Fórum debate maioridade penal

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

Evento em Salvador debate maioridade penal e socioeducação

ImageProxyO Fórum Nacional de Dirigentes Governamentais de Entidades Executoras da Política de Promoção e Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fonacriad) acontece, nestas quinta e sexta-feira (9 e 10 de julho), em Salvador, com o propósito de qualificar o atendimento socioeducativo e enriquecer os debates sobre a maioridade penal.

Com abertura nesta quinta-feira (9), às 9h, o evento é realizado pela Fundação da Criança e do Adolescente do Estado da Bahia (Fundac), vinculada à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). O local do encontro é o Salão principal do Sol Barra Hotel, na Avenida Sete de Setembro, 3577, Porto da Barra, e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. 

Gestores que atuam no atendimento socioeducativo de todo o País vão discutir o fortalecimento das ações voltadas para a defesa dos direitos humanos dos jovens, que são atendidos pelo sistema socioeducativo nacional. Segundo a gerente de Atendimento Socioeducativo da Fundac, Marília Dantas, o Fonacriad foi planejado para ser um marco no desenvolvimento de políticas públicas e na troca de experiência entre os gestores de todo o País.

Participantes 

No primeiro dia do evento acontece um ato público contra a redução da maioridade penal, com a participação de representantes do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), do Ministério Público, da Defensoria Pública do Estado da Bahia, além de representantes do movimento social organizado, a exemplo do Conselho de Entidades Negras (CEN). 

Durante o encontro, organizado para o debate em mesas-redondas sobre socioeducação e qualificação profissional do atendimento socioeducativo, haverá reuniões com os gestores e palestra do professor Alfredo Gomes da Costa. 

Também está confirmada a presença da Secretária Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Angélica Goulart, do titular da SJDHDS, Geraldo Reis, da diretora-geral da Fundac, Regina Affonso de Carvalho, e do criminologista e professor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Ricardo Cappi, entre outras autoridades. 

 

Secom