Voluntárias Sociais realizam 6º encontro do Programa Mais Infância

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

AlbertoCoutinhoGOVBA3Para qualificar professores de creches escolas comunitárias de Salvador, as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA) promoveram, neste sábado (12), o do 6º Encontro de Formação Pedagógica dos Professores de Creches Comunitárias, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), localizado na Avenida Paralela, em Salvador. As aulas acontecem por meio do Programa Mais Infância, que tem o objetivo de preparar, até o final deste ano, cerca de 400 profissionais para atender melhor as crianças de 0 a 5 anos, que são assistidas pelas creches.

Os encontros de formação são gratuitos e acontecem no segundo sábado de cada mês. O curso tem carga horária de 40 horas, com direito a certificação. De acordo com o diretor do Centro de Formação, Manoel Calazans, o propósito é melhorar a infância no estado da Bahia. “Essas escolas desenvolvem um trabalho social fantástico, e aqui estamos dando a oportunidade para que os professores expandam seus conhecimentos e potencializem suas habilidades para desempenharem um papel pedagógico cada vez melhor".

Ao longo do ano, os professores serão qualificados em temas pedagógicos voltados para a educação infantil. Neste sábado, eles participaram de oficinas de prestação de contas e de literatura infantil e de um bate papo interativo. Para o palestrante Francisco Torres, o objetivo é fazer com que as creches tenham uma maior transparência na utilização de recurso. “É importante que as pessoas responsáveis pelas creches tenham mais conhecimentos contáveis para elaborar uma prestação de contas nítidas para a sociedade”.

A professora Sara Brás já participou do encontro duas vezes e deseja aproveitar o conhecimento adquirido para no futuro poder ter a própria creche. “Certamente tem me ajudado a adquirir mais experiência na área que eu pretendo seguir, que é educação. Minha avó tem uma creche e eu pretendendo dar continuidade ao trabalho que ela tem feito, e aqui eu posso melhorar minhas noções de administração e contabilidade. Além disso, é sempre bom aprender mais e esses encontros têm sido um chance para isso”. 

O programa foi desenvolvido pelas VSBA para aprimorar a qualificação dos educadores que não podem realizar cursos específicos voltados para as áreas em que atuam. O lançamento do Programa Mais Infância aconteceu no dia 10 de março deste ano, na Fundação Luis Eduardo Magalhães (Flem), em Salvador, com a participação da primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais, Aline Peixoto, e autoridades estaduais.

 

Fotos: Alberto Coutinho/GOVBA

Lógica do ‘distritão’ anula os partidos políticos, diz Daniel Almeida

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

Daniel Almeida Janine Moraes Agencia Camara1 e1297723721442 341x375A reforma política é uma das principais pautas na Câmara dos Deputados, desde a volta dos trabalhos legislativos do segundo semestre. Na última quinta-feira (10/08), a comissão que analisa a matéria na Casa aprovou uma emenda ao texto-base da proposta para incluir um novo sistema eleitoral, que vem sendo chamado de ‘distritão’, para acabar com as eleições proporcionais já a partir do ano que vem.

Se aprovado, o sistema ‘distritão’ considerará a votação majoritária para a eleição de deputados – federais e estaduais - e vereadores, eliminando a possibilidade de distribuição dos votos dos candidatos mais votados entre o partido ou coligações. Na avaliação do deputado federal Daniel Almeida, o sexto mais votado na Bahia em 2014, o sistema é prejudicial aos partidos.

“Nós combatemos [esse sistema] de forma veemente porque o ‘distritão’ é justamente para anular os partidos políticos e reforçar o personalismo, não permitindo uma aglutinação em torno de ideias, em torno de programa, dificultando até a governabilidade”, defendeu Daniel. Apesar das críticas, o modelo é o que tem ganhado mais força entre as mudanças da reforma.

No entanto, Daniel acredita que, apesar das mobilizações em torno da pauta, “é possível derrotá-la e derrotar o [distritão] misto, que é um outro sistema que tentam importar, tendo como referência o modelo alemão e que anula os partidos políticos e dificulta a distribuição de forma mais proporcional. Não acho que a matéria consiga os 3/5 dos votos necessários para ser aprovada”.

Além do distritão, a reforma política também pretende acabar com as coligações, estabelecer uma cláusula de desempenho para os partidos, criar um fundo público para o financiamento de campanhas (intercalado com doações de pessoas físicas de até dez salários mínimos) e instituir a Federação de Partidos Políticos.                        

Erikson Walla

Humberto critica cortes na Caixa e diz...

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

thumbnail 36440238196 9fbecf5e5b z...que Temer  age para sucatear o serviço público.
 
Os cortes na Caixa Econômica Federal levaram o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), a falar sobre o tema no plenário. O governo de Michel Temer (PMDB) anunciou o fechamento de 312 agências em todo o País e a extinção de 11 das 16 Gerências de Filiais do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço ( Gifug). Cerca de 1,2 mil servidores da Caixa Econômica Federal serão atingidos pelas medidas, que terão também impacto no atendimento à população.
“Falamos de uma instituição indutora do desenvolvimento e que beneficia efetivamente as classes mais pobres, atrás de seus programas de enorme alcance social. Hoje, para se ter uma ideia, 66% do mercado imobiliário dependem diretamente da Caixa, inclusive por causa da importância do FGTS no financiamento da casa própria. E o que faz Temer, a mando do capital financeiro? Reverte a lógica, enterra qualquer possibilidade de inclusão social e age para sucatear tudo aquilo que foi conquistado no País pelos seus trabalhadores”, disse Humberto.
Segundo o senador, as medidas terão impacto direto na economia da Região. “Ao fechar agências e postos de trabalho no Norte e no Nordeste, o presidente sem voto e manipulado pelos homens da Fiesp e pelo PSDB faz com que a renda seja ainda mais concentrada onde já existe, retirando das regiões mais carentes a oportunidade do desenvolvimento e da fuga da fome e da miséria”.
Humberto também rechaçou o argumento do governo de que os cortes seriam para melhorar a situação econômica do banco. “Segundo o relatório da própria Caixa Econômica Federal, o primeiro trimestre deste ano foi fechado com um lucro líquido de R$ 1,5 bilhão, mais de 81% de aumento em relação ao mesmo período de 2016. Outro número que desmente a tese da falta de recursos para justificar cortes de pessoal e de serviços: os ativos do banco somaram R$ 2,2 trilhões, dos quais um saldo de R$ 505,8 bilhões é do FGTS”, esclareceu.
Na próxima semana, o líder deve se incorporar a Frente Parlamentar Mista em Defesa das Empresas Públicas, que está sendo organizada para denunciar e combater o desmonte de várias entidades. “O governo ilegítimo e não votado de Michel Temer está se especializando em ações nocivas contra o povo trabalhador brasileiro. É uma verdadeira máquina de produzir atos criminosos de lesa-pátria. O que vemos hoje é praticamente uma dessas ações daninhas por dia. Temer e seus ministros estão passando de todos os limites quando o assunto é pungar as conquistas obtidas pela classe trabalhadora”.
 
 
Natália Kozmhinsky

Estado realiza leilão de bens públicos no mês de agosto

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

deoseulance2Lotes estarão abertos a visitação de 21 a 24 e estão avaliados em quase R$ 1 milhão

A Secretaria da Administração (Saeb) realiza no dia 25 de agosto, em Salvador, o quinto leilão de bens públicos do Estado. Ao todo serão alienados 243 lotes, compostos por móveis, máquinas, materiais de informática, eletrônico e hospitalar, sucata e veículos, entre outros, estimados em quase R$ 1 milhão. O edital do leilão, publicado nesta quarta-feira (9), está disponível no Comprasnet.ba ( www.comprasnet.ba.gov.br ), o site oficial de compras do Estado, e no endereço www.cravoleiloes.com.br.

De acordo com o edital, os lotes poderão ser visitados de 21 a 24 de agosto, das 9h às 12h e das 13h às 17h. Os itens estarão distribuídos em 20 diferentes locais de visitação, alocados em Brasília/DF e mais treze cidades baianas: Salvador, Brumado, Caetité, Paulo Afonso, Euclides da Cunha, Serrinha, Conceição do Coité, Guanambi, Itaberaba, Alagoinhas, Camaçari, Mata de São João e Simões Filho. Os endereços dos locais de visitação também estão disponíveis no edital.

O leilão será conduzido pelo leiloeiro Viriato Domingues Cravo, no auditório do Hotel Sheraton da Bahia, na Avenida Sete de Setembro, 1537, bairro do Campo Grande, em Salvador. O lote mais barato é composto por materiais de escritório, disponível em Paulo Afonso e avaliados em R$ 150. Já os lotes mais caros, avaliados em R$ 20 mil cada, estão disponíveis para visitação em Salvador: um veículo Ford Ranger, alocado no Ministério Público, e materiais hospitalares, no Almoxarifado Central do Estado.

Neste leilão, o maior número de bens públicos a serem leiloados são veículos, um total de 176 unidades, avaliados em R$ 754,5 mil – mais de 80% do total estimado de arrecadação. Vale ressaltar, ainda, que os itens que serão leiloados são bens públicos que estavam sem uso ou pertencentes a órgãos públicos extintos.

 

A participação no leilão é aberta a qualquer pessoa física ou jurídica, podendo ser pública ou privada no caso da segunda hipótese. A exceção é dos servidores públicos, que são vedados de celebrar contrato com a administração pública. O cidadão comum ou entidade de pessoa jurídica precisam se credenciar para participar do leilão e ofertar lances.

Antes da abertura da sessão pública do leilão, os interessados precisam apresentar cópias dos documentos de identidade, CPF e comprovante de residência, ou cartão do CNPJ. Os documentos poderão ser apresentados em original, cópia autenticada ou cópia simples acompanhada do original. O cadastro é feito de forma antecipada, durante a visitação ou antes da realização do leilão.

Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com a Diretoria de Materiais da Secretaria da Administração, situada na 2ª Avenida, nº 200, 2º andar, sala 216, Centro Administrativo da Bahia - CAB. Também podem contactar o setor pelos telefones (71) 3115-3191 / 3117-8613, no horário das 8h30 às 18h.

Assessoria de Comunicação Social

STF exclui Daniel Almeida da Lava Jato

Escrito por Luiz Washington . Publicado em Nacional

daniel almeida 1O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da Lava Jato no tribunal, determinou, na última segunda-feira (07/08), a retirada do nome do deputado federal Daniel Almeida (PCdoB-BA) dos processos relacionados à operação. No entendimento do magistrado, o parlamentar baiano não tem relação com as fraudes investigadas no âmbito da Petrobras.

Através da assessoria, Daniel Almeida comentou a notícia e considerou ‘justa e correta’ a decisão. A Comissão Política Estadual do PCdoB (CPE) também se manifestou sobre a exclusão do nome do deputado do processo, reafirmando o posicionamento que já havia tomado quando da inclusão do nome de Daniel no processo pela Procuradoria Geral da República na Lava Jato, no final do ano passado.

Abaixo, a íntegra da nota da Comissão Política do PCdoB-BA:

SOBRE A EXCLUSÃO DO DEPUTADO DANIEL ALMEIDA DOS PROCESSOS DA LAVA JATO

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, decidiu pela retirada do nome do deputado federal do PCdoB, Daniel Almeida, de todos os processos vinculados à chamada Lava Jato. Entendeu o ministro que o deputado não tem relação alguma com as fraudes investigadas na Petrobrás.

O PCdoB reafirma o que publicara em nota pública quando da inclusão do nome de Daniel Almeida no processo pela Procuradoria Geral da República na Lava Jato: os deputados comunistas pautam sua atuação no Congresso Nacional na defesa dos direitos trabalhadores, da soberania nacional e da democracia; que estamos firmes na resistência contra o desmonte das conquistas trabalhistas e previdenciários do povo brasileiro.

Ao tempo em que reafirmamos neste momento nossa plena confiança na honestidade e seriedade do deputado, que era presidente da legenda no período que originou a falsa denúncia, conclamamos a todos e todas a intensificar a luta pelo Fora Temer e Por eleições Diretas Já, única forma de restaurar a democracia brasileira e apontar um novo caminho de desenvolvimento e estabilidade.


Erikson Walla/Foto: Divulgação

Comunicação PCdoB-BA