Representantes de 9 países vão conhecer...

Publicado em Casa Nova

uvaencontro...a diversidade da produção brasileira no setor de frutas, começando pela Fazenda GrandValle em Casa Nova (BA).

Com visitas técnicas a propriedades, fazendas, órgãos e projetos de fruticultura irrigada, o Programa de Intercâmbio AgroBrazil - do Sistema CNA/SENAR/ICNA - teve início nesta segunda-feira (24) pelo Vale do São Francisco. Pelo menos 10 representantes de 9 países vão conhecer, até a próxima sexta-feira (28), a diversidade da produção brasileira no setor de frutas. Nesta terça (25), a programação foi iniciada pela Fazenda GrandValle - localizada em Casa Nova (BA).

Segundo a superintendente de Relações Internacionais do CNA, Lígia Dutra, a ideia não é apenas promover o agronegócio brasileiro e promover sua imagem entre representantes de mercados consumidores, mas também dispor de novas opções de abertura de mercado.

"A fruticultura é um setor importante, que gera emprego e renda, com enorme impacto social e que na nossa pauta exportadora está expandindo com grande valor agregado. Com isso, conseguimos diversificar nossas exportações que são atualmente concentradas em 10 produtos do agro. Começar aqui - em uma região com produtos que já vêm ganhando mercado, com tradição exportadora, mas que ainda pode diversificar mais - foi a melhor estratégia. Precisamos de produtos com esse impacto", explicou Lígia.

De acordo com Lígia, os estrangeiros ainda têm uma visão equivocada sobre a produção agrícola do Brasil. "Pensa-se que ainda se pratica uma agricultura do passado, que não preservava o meio ambiente e não mantinha nenhuma integração com as comunidades. E aqui, na fruticultura irrigada do Vale, essa percepção pode ser modificada e podemos acabar com estereótipos. Ao passo que fazemos isso, aproximamos as pessoas e expandimos nossa produção para abrir novos mercados", destacou.

No cronograma do Programa de Intercâmbio AgroBrazil estão desde propriedades menores até áreas já consolidadas, como as vinícolas da região e própria GrandValle. "Inserimos a fazenda em nossa agenda por ser uma exportadora que participa de vários projetos e possui métodos de produção certificados, referenciados nacional e internacionalmente. Mas também queremos mostrar aos embaixadores e cônsules as propriedades menores, que ainda não chegaram lá; para entender os desafios, apoios necessários e como têm se beneficiado desse aumento comercial que a fruticultura tem registrado", complementou.

O grupo visitou todas as áreas produtivas da propriedade. Atualmente, o volume de produção da GrandValle é de cerca de 5 mil toneladas de manga e 3 mil toneladas de uva. Já a produção de suco de uva é de, aproximadamente, 300 mil litros por ano, enquanto o plantel de ovinos de corte gira em torno de 1500 cabeças.  "Fazer parte do roteiro do Programa de Intercâmbio AgroBrazil é uma grande oportunidade de apresentar aos representantes de países parceiros o trabalho que desenvolvemos com o mais altos níveis de tecnologia, aliado à sustentabilidade e ao bem estar dos nossos trabalhadores. A troca de informações e experiências também é muito bem vinda", destacou a diretora administrativa da GrandValle, Lara Secchi.

A cônsul do Uruguai em Salvador (BA), Lorena Garcia, visitou o Vale pela primeira vez e considera a ação da CNA de extrema importância para estreitar os vínculos entre Bahia, Pernambuco e Uruguai. "Hoje tivemos acesso a uma realidade que desconhecíamos. Geralmente a fruta já chega pronta para consumo à mesa e desconhecemos a origem, seu processo de produção. Ver que tudo é feito com transparência, muito trabalho e esforço, dedicação e, principalmente, com amor, é o mais importante. O resultado é um produto muito bom", disse.

Também participam da comitiva integrantes do Sistema CNA/SENAR/ICNA, além de Toto Riyanto (Embaixador da Indonésia), Changqing Bai (Primeiro Secretário da Embaixada da China), Jaime Hernan Zurita Serrano (Adido da Embaixada do Equador), Jose Luis Gonzalez Uribe (Conselheiro da Embaixada do México), Marta Olkowska (Chefe da Seção Política e Econômica da Embaixada da Polônia), Pedro de León Garrido (Trade Advisor da Delegação da União Europeia), Raymond Okechukwu Nebo (Ministro Conselheiro da Embaixada da Nigéria), Seyed Abolhassan Mobasher (Conselheiro da Embaixada do Irã) e Sudarsono Soerdirlan (Economic Affairs da Embaixada da Indonésia).

Após a parada no Vale, o grupo segue para Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, em 16 de julho, para visitar mais três cidades.

Ascom

Começa hoje em Casa Nova o novenário do santo padroeiro São José

Publicado em Casa Nova

Igreja Matriz de S.José operárioÓ São José Carpinteiro Operário e Lavrador. Hoje tu és tão bendito. Criaste quem te gerou! Ajuda-nos a cuidar da Casa Comumcaatinga.

Começa hoje (21), com uma procissão da imagem e a bandeira de São José conduzida em uma carreta, saindo do aeroporto às 17:00h com a participação de motoristas, motoqueiros e ciclistas. As 19:30h será dado inicio a solenidade de abertura da festa com o hasteamento da bandeira pelos capitães da festa, benção dos transportes e a Missa presidida pelo  Bispo Dom Carlos Alberto.

O novenário que começa hoje dia 21 vai até o dia 1º de maio, sendo que dia 30 de abril haverá um grande show na praça de eventos com Joana, Padre João e Celione.

 

 

 

Aguarde programação completa/Foto: Divulgação

Confirmada a morte de Lindolfo Nunes

Publicado em Casa Nova


PN DF6B4T58B4F5N4GNGNGN0Foi encontrado na zona rural de Casa Nova-Ba na manhã dessa quinta-feira (20) o corpo de Lindolfo Nunes da Silva vulgo Dolfinho. Cena forte clicar aqui 
 
Dolfinho era um dos acusados de participar da morte das jovens Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha no distrito industrial da cidade de Petrolina-Pe no dia 05 de setembro de 2016. Dolfinho como era conhecido, tinha sido sequestrado na tarde de ontem (19) no bairro Jardim Amazonas por dois homens embarcados em uma Hilux de cor branca. 
O corpo de Lindolfo Nunes que respondia em liberdade foi encontrado no distrito de Santana do Sobrado crivado de balas e os dedos quebrados. O rabecão da cidade de Juazeiro-Ba foi até o local e removeu o corpo por vota das 15:00h de hoje, para o setor de necropsias(IML).
 
 
(Por Lailson Itinerante // Vale em Foco/Foto: Divulgação)
 

Umas das irmãs de Lindolfo, no IML, onde estava aguardando a liberação do corpo, disse que mataram um inocente, reconhecido pela própria justiça, que o liberou por falta de provas no crime.

 

Savana se prepara para novos voos

Publicado em Casa Nova

thumbnail savana 1Renovação da política baiana, Saney Savana se prepara para novos voos e projetos para Casa Nova.

Aniversariante da semana, a empresária casanovense, Saney Savana, afirma que continua atenta às demandas de Casa Nova, município do Norte baiano. Savana disputou as eleições municipais de 2016 como candidata a vice-prefeita na chapa encabeçada por Anísio Viana. 

Jovem e com muita vontade de trabalhar por sua terra, nesta semana em que comemora idade nova, Savana fala de sua vontade em fazer muito por sua terra. Ela tem estado atenta e observando como andam os bastidores políticos em sua cidade, região, estado e País.

Savana diz que virão novidades, mas ainda não pode adiantar. Ela faz é questão de dizer que estará sempre perto dos que acreditam nela e que sabem de sua vontade e coragem para trabalhar por Casa Nova. 

“Independentemente de estar ou não em época eleitoral, sou uma pessoa que está pronta para ajudar a cada momento. Levar minha força, coragem e luta a todos e todas que precisarem”, afirma a empresária que tem no seu carisma o seu principal dom para conquistar a admiração e o carinho das pessoas.

Novos voos

Saney Savana tem sido revelação na política baiana. Empresária, mãe, mulher de fibra, como ela gosta de se definir, tem na política uma de suas paixões, por saber que através dela pode fazer muito pelos conterrâneos casanovenses. Antes de entrar para o desafio de integrar uma chapa majoritária, Savana já tinha sido candidata à vereadora em 2012. 

A vontade é continuar para mostrar a força feminina na política baiana e de Casa Nova e do que é capaz para melhorar a vida, especialmente dos que mais precisam.

“Não fiz uma campanha de vice, mas sim de muita responsabilidade que chamei pra mim. Se seria vice novamente numa eleição futura? Afirmo que não. Tenho trilhado meu próprio caminho, aprendido um pouco a cada dia, com o homem do interior, com as pessoas da sede, que o nosso município precisa de um governo justo, para o povo. Não acredito que o dinheiro seja o ponto principal para se ganhar uma eleição, mas projetos e responsabilidade para com o município e as pessoas. A cada dia me preparo mais”, assinalou.

Savana conta que tem caminhado, conversado com o povo da cidade, do interior, dando um passo de cada vez. “Venho me preparando e sei que o nosso dia vai chegar”, concluiu a empresária que é um dos bons quadros da renovação política do Norte baiano.  

Por Cinara Marques/foto: Divulgação                                                                     

Valério Rocha é o novo presidente do PT de Casa Nova

Publicado em Casa Nova

thumbnail IMG 20170409 WA0037

José Carlos Borges não  é mais o presidente do PT . Valério Rocha teve 103  votos e José Carlos, 73.

O domingo (09) na cidade de Casa Nova foi destinado para os petistas se dirigirem a urna no Colégio Getúlio Vargas e votar no candidato de sua preferencia, Zé Carlos Borges ou Valério Rocha.

Dos 180 votantes, Valério teve 103 votos, enquanto que Zé Carlos conseguiu somente 73 e o restante optou polo voto nulo e branco.

Diante do resultado,  Zé Carlos deixa o reinado e assume o seu lugar, o jovem Valério Rocha, que é ligado ao Gato e a Gata da APLB.

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Divulgação