Prefeito de Casa Nova discute reajuste para os Servidores

Publicado em Casa Nova

Em diálogo com sindicato, prefeito honra mais um das suas promessas de campanha.
 
IMG 20171106 WA0073O Prefeito Wilker Torres esteve reunido nesta segunda-feira com o SINDICAM onde a pauta foi pontuar os problemas dos servidores público e juntos definir soluções... Honrando com sua palavra empenhada na campamha o prefeito resolve que a categoria de vigilantes passará a receber o adicional de periculosidade em seus salários, um direto da categoria que nunca tinha sido reconhecido em nenhum outro governo, a determinação do prefeito foi recebida com muita satisfação pela categoria. AÇÃO DO GOVERNO DA MUDANÇA que em apenas 10 meses de governo concebeu o reajuste salarial da categoria do SAAE.
 
O prefeito discutiu também com o *SINDICAM* o reajuste salarial para outras categorias de servidores, firmou o compromisso de estudar uma proposta feita pelo sindicato garantindo que terá a contraproposta que será formulada com base nas condições de receitas do município e definiu um prazo até Janeiro de 2018 para consolidar o reajuste salarial para categorias de servidores.
 
Mais uma vez o prefeito se mostrou sensível aos problemas das categorias, um líder passível de diálogo, deu uma grande demonstração de que suas promessas de campanha não eram palavras soltas ao vento e mais uma vez deixa claro que na sua palavra o povo pode confiar. 
 
Ascom/Foto: Divulgação

Reforçada em Casa Nova equipe que incentiva associativismo

Publicado em Casa Nova

Barragem refeita a espera das chuvasQuem acompanhou de perto, neste sábado, as visitas da equipe que incentiva e promove o associativismo nas comunidades do interior de Casa Nova e que continuaram neste domingo (05/11) foi o prefeito Wilker Torres.

Acompanharam o Prefeito o Vereador Cacado e Vanderlin; Cosme Coelho, Chefe de Gabinete; o Secretário de Urbanismo, Vadinho, Valtinei representando o Secretário de Obras; Vagner Lima, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Cidão, Diretor do Sindicato.

Para o Prefeito, que participou da reunião com a Associação de Pintado e de Estreito, que ficam na região da Tiririca, Luiz Viana, “estar presente, ouvindo as demandas da população, escutando as lideranças comunitárias, como Manoel Bagagi e Adão, nos dá a certeza que estamos no caminho certo”.

“O Associativismo, a união das comunidades, dá muito mais força para reivindicar. Não é um morador que pede, é a comunidade que reivindica, que cobra, que escolhe suas prioridades. Com estas demandas, nos reunimos e decidimos em conjunto as parcerias, as ações que beneficiam as famílias. Esta  é uma forma nova de governar, ouvindo a comunidade. Vamos continuar fazendo isso” – garante o prefeito ao falar com a comunidade, expondo as dificuldades e colocando a máquina administrativa da prefeitura a serviço dos que mais precisam.

Wilker destacou ainda a parceria e apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Casa Nova, elogiando a ação e a disposição do Presidente Wagner Lima “ao estar sempre ao lado do trabalhador e das comunidades do interior”: “A parceria entre a Associação, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e prefeitura torna tudo mais fácil. Essa é a unidade que queremos fortalecer”.

A Equipe de Associativismo continuou neste domingo as visitas e reuniões. No domingo foi a vez da comunidade de Palmeiras, na região da Lagoa do Alegre. Reunião com a Associação e torneio de futebol local.

Ascom/PMCN

Começou a PIRACEMA, que vai até 28 de fevereiro

Publicado em Casa Nova

Materia atualizada.

CichoA Colônia de Pescadores de Casa Nova, através do seu presidente, Cícero Reis, informa que o INSS pede aos pescadores para aguardar mais uns dias para dar entrada nos seus pedidos do Defeso Pesca e que não precisa ninguém se preocupar porque os recursos já estão assegurados.

De 1º de novembro a 28 de fevereiro os pescadores só podem pescar no máximo e de anzol, cinco quilos e mais um peixe, só e exclusivamente para comer. Em compensação, eles vão receber um salário mínimo chamado de Defeso, durante quatro meses. Para isso, o pescador precisa estar em dia com o pagamento da Previdência Social e também das mensalidades da Colônia.

Segundo o presidente da Colônia, Cícero Reis, popularmente conhecido como Cicinho, são 3.500 pescadores aptos a dar entrada no Defeso, sendo cerca de 1.100 de Pau a Pique, incluindo as regiões de Barra da Cruz, Leite I e Leite II; 850 de Bem Bom; 150 de Santana do Sobrado e o restante da sede.

Por ser mais distante, a equipe da Colônia vai estar durante três dias em Pau a Pique e dois em Bem Bom, onde os pescadores dessas localidades vão poder fazer a entrega dos seus pedidos do Defeso.

Cicinho disse ainda que a partir do momento em que o INSS autorizar, uma equipe da Colonia estará indo ao encontro dos pescadores, mas aqueles que quiserem adiantar podem comparecer à sede da Colônia entre  8:00 e às 17:00h. Lembrando que o atendimento é feito com distribuição de senhas, são 100 fichas por dia.  Mas só quando O INSS autorizar

Da Redação/Foto: Luiz Washington

Solidariedade e combate ao câncer de mama marcam a Corrida Outubro em Casa Nova

Publicado em Casa Nova

Corrida Outubro Rosa 3Realizada na manhã deste domingo, dia 29 de outubro, na região central do município de Casa Nova, a Corrida e Caminhada Outubro Rosa cumpriu dupla missão: conscientizar as mulheres para a prevenção e detecção do câncer de mama e do colo do útero e ajudar a Casa do Oleiro, instituição que realiza a reabilitação de dependentes químicos, com a doação de alimentos.

Os cerca de 300 participantes, divididos entre homens e mulheres nas modalidades corrida e caminhada, percorreram cinco quilômetros pelas ruas centrais de Casa Nova. Cada inscrito assegurou a destinação de um quilo de alimento para a Casa do Oleiro. O evento, em sua primeira edição, é uma realização de Tum Produções e do grupo Bonecas de Ferro.

Para Marília Pereira, organizadora da corrida, a iniciativa já nasceu vitoriosa, “porque alerta às mulheres quanto à prevenção do câncer, estimula a prática de atividades físicas e contribui para o trabalho de recuperação de dependentes químicos”.

Doação – Logo após o fim do evento, tudo que foi arrecadado, cerca de 300 quilos de alimentos, foi levado para a Casa do Oleiro, instituição filantrópica de Casa Nova que se dedica à recuperação de dependentes químicos. Em funcionamento há quase dois anos, já abriga 22 pessoas e carece de doações para garantir o atendimento.

O empresário Tum, que percorreu os cinco quilômetros da caminhada e foi pessoalmente entregar as doações, fez uma avaliação positiva do evento. “Conseguimos mobilizar a nossa comunidade, atrair competidores de fora e, sobretudo, contribuir para a manutenção da Casa do Oleiro, instituição que precisa da atenção dos empresários e da população em geral”, afirmou Tum.

Pódio – No masculino, o grande vencedor foi Welton Ribeiro, com Edmilson Macedo em segundo e Robson Santos em terceiro. Na feminina, Francisca Ribeiro foi a primeira a cruzar a linha de chegada. Em segundo lugar, ficou Frances Cláudia e Fabiane Moraes completou o pódio.

Ascom