IV CMAS discute garantias de direitos e elege delegados à CEAS e m Casa Nova

Publicado em Casa Nova

4 Secretario acompanhou discussoes da CMAS

A IV Conferência Municipal de Assistência Social - CMAS, realizada nesta quarta-feira em Casa Nova “alcançou plenamente” os objetivos propostos foi o que garantiu o Secretário de Ação Social, José Carlos Borges: “O Conselho Municipal de Assistência Social e a nossa secretaria, com apoio de todos os órgãos da prefeitura e do prefeito Wilker Torres, realizou uma conferência histórica” – comemorou José Carlos Borges – “Discutimos, com participação efetiva e ampla da sociedade a garantia de direitos no fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social. Elegemos delegados comprometidos com as políticas públicas de assistência social e antenados com as propostas que Casa Nova vai defender na Conferência Estadual”.

A Conferência com o tema central “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS”, foi realizada no auditório da Escola Alano Viana, estendeu-se por todo o dia, dividindo a plenária para discussão de temas específicos e terminou por aprovar 8 propostas que serão encaminhadas e defendidas pelos delegados eleitos em Casa Nova na Conferência Estadual. Para o vice-prefeito de Casa Nova, Carlos Gomes, que esteve presente à Conferência, representando o prefeito Wilker Torres, “a Conferencia mostra o comprometimento desta administração com políticas públicas capazes de melhorar a vida das pessoas”.

Foram eleitos os delegados titulares à Conferência Estadual de Assistência Social - CEAS: Bartolomeu de Jesus Souza, Bartinho do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, representando a sociedade civil; Jane Cleia Rodrigues da Silva, representando a administração municipal e como suplentes Marinalva da Conceição Oliveira e Júlio da Conceição Oliveira, representando, respectivamente, a sociedade e o governo.

Além das discussões, a Secretaria de Ação Social apresentou diversas manifestações culturais, como a dança de São Gonçalo, apresentado pelos idosos do SCFV e as crianças com apresentações de candomblé e capoeira e uma palestra ministrada pela pedagoga Lídia Lira, com o tema da Conferência .                

“O momento é de propor melhorias para as políticas do SUAS no município e também propor e deliberar propostas para o Estado” – reforça José Carlos Borges. Satisfeito com os resultados da Conferência. 

3 Juventude participou ativamente da IV CMAS

Ascom

 

Casa Nova: a cidade dos sanfoneiros

Publicado em Casa Nova

19248132 1305607879559583 8736738532635918278 nTodos os sábados pela manha, os sanfoneiros de Casa Nova se reúnem num cantinho da cidade para afinarem suas sanfonas. É la que eles ensaiam a voz para possíveis festas começando pelas de São Gonçalo onde o sanfoneiro Betinho, por exemplo, é um dos convidados para animar aos que dançam a tradicional roda de São Gonçalo.

No aniversario da cidade (20 de junho), quando completou 138 anos de emancipação politica, os sanfoneiros fizeram parte da programação dos artistas locais mostrando o seu trabalho para milhares de jovens e adultos, políticos e visitantes que se faziam presentes na quadra poliesportiva, no centro da cidade.

O prefeito Wilker Torres tem procurado valorizar omáximo que pode os artistas de toda natureza, indicando artistas comprometidos com a cultura local como ator Cláudio, que não mede esforços para atender aos apelos da classe artística.

 

Aguarde matéria completa

Secretário rebate críticas ao projeto de lei do concurso

Publicado em Casa Nova

18739766 1424371267608559 6610931989121245340 nA prefeitura de Casa Nova, em nota assinada pelo Secretário de Governo, Carlos Alves Costa (Carlos do Tigre), rebateu as críticas sobre os diversos salários colocados no anexo do projeto de lei que autoriza a realização de concurso público.

Para a prefeitura “uns poucos, que não querem se juntar à grande aliança”, criticam indevidamente por não querer entender que “os valores fazem referência à 20 horas para professor e 40 horas para as outras qualificações”.

Ainda na nota uma crítica aos que não perceberam que as eleições passaram e os palanques foram desarmados. Na nota a prefeitura deixa claro que “uns poucos”, “fizeram um estardalhaço pensando que o Povo de Casa Nova não entende quais objetivos eles perseguem. O povo entende tanto que já deu a resposta em outubro de 2016, nas urnas. ”

Abaixo a íntegra da nota:

Nota da Prefeitura de Casa Nova – Projeto Concurso

No início da semana (26/06), enviamos, com pedido de urgência, para apreciação e votação na Câmara de Vereadores um projeto de lei solicitando autorização para a realização de concurso público nas mais diversas áreas do funcionalismo municipal, que o prefeito ainda não sancionou.

Contemplamos a Educação, a Saúde e a Segurança. Queremos e vamos profissionalizar os serviços públicos oferecidos à população de Casa Nova e vamos exigir de nossos colaboradores o máximo de empenho para que estes serviços sejam cada vez melhores e no tamanho da demanda da população.

Ao mesmo tempo que a população de Casa Nova demonstra entender nossos propósitos; uns poucos, que não querem se juntar à grande aliança que promove a mudança, nos criticam por imaginária desvalorização do professor.

Não entendem ou não querem entender que os valores fazem referência à 20 horas para professor e 40 horas para as outras qualificações. Disso fizeram um estardalhaço, pensando que o Povo de Casa Nova não entende quais objetivos eles perseguem. O povo entende tanto que já deu a resposta em outubro de 2016, nas urnas.

Casa Nova, 29 de Junho de 2017

Carlos Alves Costa (Carlos do Tigre)

Secretário de Governo Prefeitura Municipal de Casa Nova

Governo da Mudança 

Vereadores de Casa Nova aprovam projeto do Concurso Publico

Publicado em Casa Nova

Prefeito cumpre promessa de campanha e encaminha projeto de concurso público

yyyy“Nenhuma dificuldade é maior que  a do prefeito que ouve pedidos de emprego” -  comentou o Prefeito Wilker Torres na manhã desta quarta-feira (28/06), após o encerramento da votação do projeto que havia enviado à Câmara determinando a abertura de concurso público abrindo 411 vagas no quadro de servidores municipais, com uma despesa inicial, só de salários, de quase quinhentos mil reais; e completou: “Fiz um compromisso com o povo de Casa Nova: oferecer oportunidades iguais para todos e profissionalizar a prefeitura; criar condições de atração de novos investimentos e um ambiente favorável aos empreendedores, valorizar o pequeno produtor, facilitar o acesso e o transporte de nossos produtos, valorizar o turismo, a cultura e as tradições, tudo isso gera emprego e renda. Esse concurso é parte importante desse compromisso. Continuamos na batalha para alcançar todos esses objetivos”.

“A prefeitura não pode continuar sendo a grande empregadora. Nosso dever é criar condições de desenvolvimento e tudo o que fizemos desde o primeiro dia de mandato é nesse sentido: criar condições de empreendimento e capacitar os casanovenses” – Diz Wilker.

O projeto de lei aprovado nesta manhã aponta inclusive para a criação de novos serviços municipais, voltados para a segurança do casanovense: a criação da Guarda Municipal e a municipalização do transporte urbano.

“Contei com a inestimável contribuição e entendimento dos vereadores de Casa Nova. Quero publicamente agradecer a cada um” – completou o prefeito ao receber oficialmente das mãos do Presidente da Câmara, Vereador Paulo César, o projeto aprovado.

Ascom/PMCN

 

Polícia Federal suspende confecção de passaportes

Publicado em Casa Nova

PassaporteA Polícia Federal informou ontem (27) que suspendeu a confecção de novas cadernetas de passaportes opor conta de “insuficiência de orçamento”. Quem fizer sua solicitação a partir de hoje não terá confirmação de quando vai receber o documento.

Segundo a PF, “a medida decorre da insuficiência do orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem”. O órgão informa que alcançou o teto orçamentário para esse fim.

O agendamento online do serviço e o atendimento nos postos da PF continuarão funcionando normalmente, diz a nota. No entanto, não há previsão para entrega do passaporte que for solicitado “enquanto não for normalizada a situação orçamentária”.

Os usuários atendidos nos postos de emissão até esta terça receberão seus passaportes normalmente, dentro do prazo informado.

A Polícia Federal encerra nota afirmando que “acompanha atentamente a situação junto ao Governo Federal para o restabelecimento completo do serviço”.